Cena 1: Céus em Chamas

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Qua 24 Maio 2017, 22:57

Sabão e Vieirinha
Quando Vieirinha percebe a gravidade da situação, sua primeira situação é se esconder, e então, cuidadosamente, mover-se de abrigo a abrigo sem ser visto, de forma que pudesse observar os acontecimentos. Os praças se reuniram todos na ponte de comando, a estrutura mais elevada do navio e posicionada entre o centro e proa. Sabão encontra-se na casa das máquinas, e o Tenente Barca e outros dois praças estavam na proa do navio, em posição de sentido, apenas aguardando o fim da manobra de ancoramento.

Vieirinha se adianta em direção a proa e se oculta sobre a lona que cobre um contêiner no convés. A âncora baixa e o navio cessa movimento. Uma larga rampa de madeira e armada em metal é apoiada sobre a amurada do navio. O Tenente Barca e os dois praças se posicionam para receber os visitantes, um oficial nazista e dois soldados abordam pela rampa. Os dois oficiais começam a conversar, e Vieirinha se apruma no esconderijo na tentativa de entender o que dizem. Um dos praças está servindo de intérprete. Vieirinha perde o começo da conversa.

- Tenente Barca, sou o comandante interino do navio vapor brasileiro Itagyba, integrante do comboio de ajuda humanitária. - o Tenente Barca se apresenta ao oficial nazista - Éramos esperados no porto de Caen quando fomos danificados em mar por artefato-

- Nós recebemos suas transmissões de emergência, tenente - o oficial nazista interrompe o Tenente Barca, e é traduzido pelo intérprete.

- Nós perdemos os equipamentos de comunicação logo depois do acidente. Estivemos a deriva e a tivemos sorte de conseguir manobrar até este pequeno porto. - O tenente hesita, incerto do que dizer, e continua após um curto intervalo de silêncio - Não esperávamos sermos recebidos por uma tropa, o seu governo está ciente de nossa missão aqui-

- Ah sim, nosso governo está ciente de tudo, tenente. - Novamente, o oficial nazista interrompe o brasileiro. Vieirinha espia o sujeito por uma fresta na lona. O alemão tem um meio sorriso esboçado no rosto. - Recebemos seu sinal de emergência e devo dizer que despachamos um navio que estava nas redondezas para executar as buscas. Fiquei profundamente triste ao informar ao seu governo que encontramos os destroços do navio, vítima de mina naval, e ainda nenhum sobrevivente.

Tenente Barca esboça uma reação inesperada, e se volta ao intérprete, como se esperasse que aquilo fosse um erro de tradução. O oficial nazista dá meia volta e deixa o navio junto com os dois soldados, sem nenhum aviso.

- O que quis dizer com isso? - e antes que pudesse terminar de formular a pergunta, ouviu-se claramente a ordem do oficial à tropa nazista.

- Infanterie, feuer!

O Tenente Barca e os dois praças que o acompanhavam caem mortos imediatamente, alvejados por dezenas de tiros. A tropa nazista abre fogo contra os brasileiros sem aviso, e rapidamente avançam pela rampa. Uma metralhadora guarnecida por dois alemães abre fogo contra a ponte de comando, em apoio às tropas invasoras.

O Sargento Sabão escuta os sons de disparos da casa das máquinas. Ele se arrepia ao escutar as rajadas de metralhadora, cujos sons se propagam pelo metal quando os projéteis atingem o casco.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 25 Maio 2017, 00:29

Primeiramente um frio corre toda a espinha do soldado... Ele já havia sido caçado pela polícia mas estava em terreno conhecido e sempre tinha um plano B... Como de praxe, enquanto se escondia observava a melhor rota de fuga... Se ele não abrisse fogo ali os outros praças e o Sabão não teriam a menor chance de fuga... A metralhadora precisa cair primeiro, Vieirinha engatilha o rifle, procura o melhor ponto para o tiro, em meio a todo aquele barulho era a melhor hora pra dar um tiro certeiro de surpresa em quem operava a metralhadora... Em seguida seu alvo seria o maldito oficial... Caso desse tempo... Um sorriso aberto e olhos esbugalhados demonstram a satisfação daquele momento... "Vou arrastar o máximo de alemães pro inferno antes de me atirar no mar..."

Deixa eu ver se entendi
Meu ataque aqui será - Sorte + habilidade + surpresa e oportunidade
Então vai lá

[roll="D20"==]1[/roll]
avatar
Vieirinha

Mensagens : 45
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 25 Maio 2017, 00:30

[quote="Vieirinha"]Primeiramente um frio corre toda a espinha do soldado... Ele já havia sido caçado pela polícia mas estava em terreno conhecido e sempre tinha um plano B... Como de praxe, enquanto se escondia observava a melhor rota de fuga... Se ele não abrisse fogo ali os outros praças e o Sabão não teriam a menor chance de fuga... A metralhadora precisa cair primeiro, Vieirinha engatilha o rifle, procura o melhor ponto para o tiro, em meio a todo aquele barulho era a melhor hora pra dar um tiro certeiro de surpresa em quem operava a metralhadora... Em seguida seu alvo seria o maldito oficial... Caso desse tempo... Um sorriso aberto e olhos esbugalhados demonstram a satisfação daquele momento... "Vou arrastar o máximo de alemães pro inferno antes de me atirar no mar..."

Deixa eu ver se entendi
Meu ataque aqui será - Sorte + habilidade + surpresa e oportunidade
Então vai lá

avatar
Vieirinha

Mensagens : 45
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Samyaza em Qui 25 Maio 2017, 00:30

O membro 'Vieirinha' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' :
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 25 Maio 2017, 00:33

uhuuuuuull

Sorte (16) + Habilidade (rifle 5) + Surpresa (não sabiam que eu estava lá +1) + Oportunidade (flanqueados... enquanto atacavam pela frente foram alvejados pelo lado sem que esperassem)
Me corrija se estiver errado!
avatar
Vieirinha

Mensagens : 45
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 25 Maio 2017, 00:34

Se os outros correspondem a mais três D20 la vai
avatar
Vieirinha

Mensagens : 45
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 25 Maio 2017, 00:35

Vieirinha escreveu:Se os outros correspondem a mais três D20 la vai
avatar
Vieirinha

Mensagens : 45
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Samyaza em Qui 25 Maio 2017, 00:35

O membro 'Vieirinha' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' :
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Maedhros em Qui 25 Maio 2017, 23:35

Quando escuto os tiros, exclamo em alta voz:

Meu São Cristóvão!!! A cobra tá fumando!!!!

Corro para cima o mais rápido que puder. Assim que chegar lá tento entender a situação. Caso consiga, irei reunir quem for militar para fugir do navio comigo.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!
avatar
Maedhros

Mensagens : 264
Data de inscrição : 07/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Sex 26 Maio 2017, 00:03

Hans, Robert e Cristhian

Resultado dos Testes:
Pilotagem (Robert) 7+7 vs Artilharia 13+3. Falha.
Pilotagem (Hans) 8+7 vs Artilharia 9+3. Sucesso.
Investigação (Cristhian) 10+2 vs Dificuldade 11+3. Falha.

Hans discute as possibilidades com o piloto. Subitamente, uma nuvem negra se forma acima do planador e logo fica para trás, arremessando incontáveis fragmentos de metal contra o planador. O estilhaço atinge a fuselagem e abre alguns furos, porém ninguém se fere, por sorte. O piloto faz uma manobra evasiva súbita, no último momento, e Hans é jogado de um lado para o outro, desequilibrado.

- Merda! - o piloto xinga quando o planador é atingido de raspão - Descobriram a nossa altitude! Posso tentar pousar em qualquer lugar depois do Sena, senhor! Basta que fiquemos longe da água e das árvores! Mas sem iluminação, um pouso às cegas é muito arriscado! - o piloto responde rápido, com os dentes cerrados, fazendo o avião evadir dos flaks - Faça qualquer coisa senhor!

No outro planador, Cristhian tenta interpretar o mapa sob a luz parca do interior do planador e pressão como nunca sentiu na vida. Os colegas tentam ajudar.

- Aqui está Honfleur, para onde deve ser nosso destino após o pouso - diz um - Não, deveríamos nos encontrar neste farol neste vilarejo, é mais fácil de identificar - diz outro - Podemos nos esconder nas praias do Sena após o pouso, basta seguir ao Norte - diz um terceiro.

Mesmo na melhor das intenções, os palpites mais atrapalham que ajudam Cristhian a tomar uma decisão. É preciso mais tempo para tomar uma decisão lógica, ou ao menos segura. E na cabine, Robert discute com o piloto:

- Estou tentando o máximo que posso senhor. - O planador dá uma guinada súbita para a esquerda, evadindo de uma detonação da artilharia anti-aérea - Senhor, com todo o respeito, se não precisasse não teria um aí. - O piloto pega o rádio com uma mão e repete a mensagem para o outro planador, ainda sem obter resposta. Robert observa o outro planador evadindo das nuvens de estilhaços quando...

O para-brisa estoura em milhares de fragmentos. Uma saraivada de fragmentos de ferro perfura toda a cabine seguida imediatamente pelo som de uma explosão. Robert é arremessado pela pressão súbita do vento contra o interior da aeronave e se choca contra o equipamento de rádio. Não demorou para compreender o que ocorreu. Um projétil de alto-explosivo disparado por um canhão flak em solo detonou logo a frente do planador.

A fuselagem do bico do planador está inteiriça apesar de perfurada. O piloto tenta manter a estabilidade do voo. É quase impossível ouvir qualquer coisa além do ruído e da vibração do ar. Está muito difícil respirar para todos dentro do planador.

Um canhão flak 88mm disparando durante a noite.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Samyaza em Sex 26 Maio 2017, 14:15

Ponho a mão na testa e balanço a cabeça ainda com os ouvidos zunindo, forço a vista para olhar ao redor e tomar ciência da situação, o primeiro olhar é para Christian, em seguida para o piloto.

Falo com o soldado na metralhadora:
"Fogo contra os holofotes!!"


Se for possível, volto para a cabine para avaliar o estrago tomando cuidado para me segurar, no caminho faço para os soldados:
"Preparar para possivelmente saltarmos, não temos mais tempo Christian, escolha um ponto de encontro fácil de ser reconhecido e longe dos nazistas."

Se conseguir chegar na cabine, pergunto ao piloto: "Qual nossa situação? Ainda conseguimos pousar essa coisa?"
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Sex 26 Maio 2017, 22:41

Daniel e Boris

Resultado dos Testes:
Frieza (Boris) 11+6 vs Dificuldade 7+3. Sucesso.
Investigação (Boris) 7+0 vs Dificuldade 8+1. Falha.
Pilotagem (Daniel) 10+7 vs Atletismo (nazistas) 12+3. Sucesso.
Sorteio 2d6-2 = 7º caminhão.

Boris salta do caminhão, seguido por Serguei, seu subalterno, por Madame Lotta na cabine e pelos partisans na caçamba. Todos descem pela direita do veículo, o lado que não está exposto ao fogo inimigo, e se abrigam. Os dois soviéticos se arrastam pelo chão e se escondem embaixo do caminhão. A emboscada apavorou a todos, mas Boris é experiente no exército, não sendo dominado pelos instintos ou pelo medo. Em sua posição, Boris está protegido dos disparos dos rifles e metralhadora, porém a relva e os holofotes a frente bloqueiam e ofuscam sua visão, impedindo-o de ter uma visão completa do campo de batalha.

A frente, Daniel arrancou com o caminhão ao máximo que pode contra a posição da infantaria inimiga. O veículo sacoleja nos acidentes do terreno e tem a frente alvejada pelos disparos sucessivos dos rifles alemães. Daniel e Isabelle se encolhem na cabine, e o líder dos partisans exclama:

- Vai nos matar Henry! Henry! O que está fazendo?! VAI NOS MATAR!

O caminhão suicida avança contra os nazistas, que saltam por suas vidas, mas Daniel sucede em atropelar ao menos um dos malditos. Logo em seguida, o veículo para aos trancos, inclinado para o lado do motorista em um acidente no terreno, quase ao ponto de capotar. Neste momento, os soviéticos que estavam na caçamba saltam para o chão com suas armas prontas e fuzilam os dois alemães que tiveram a infelicidade de se separar do grupo. O caminhão é alvo novamente dos alemães, e agora os partisans saltam da caçamba para se abrigar junto com os três soviéticos na vala rasa. Isabelle, que sangra por um corte na cabeça, empurra Daniel aos berros para fora do veículo pelo lado do motorista.

O caminhão inutilizado é agora o único obstáculo entre os sobreviventes da infantaria nazista e, há uns duzentos metros na mesma direção, da metralhadora. Boris se esforçou para assistir aquilo tudo, mas as rajadas da metralhadora são incessantes. Seus soldados estão presos por culpa do maldito francês, e qualquer tentativa de correr em campo aberto os deixaria expostos à metralhadora alemã. Entre um xingamento e outro em russo, o sétimo caminhão da fila explode subitamente vítima de um projétil de alto-explosivo do anti-tanque. Os partisans morreram na hora e o fogo se espalha. Serguei agarra o uniforme de Boris e grita para ser ouvido:

- Se o anti-tanque mirar em nós, estaremos mortos senhor!

Nota: vocês ainda não conseguem perceber tudo que se desenvolve na cena. Mapa quase em escala.



Última edição por Hugar em Sex 26 Maio 2017, 22:52, editado 1 vez(es)

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por †_Junior_† em Sex 26 Maio 2017, 22:45

Sinto o solavanco forte quando somos atingimos e penso que tudo se acabará nesse instante. Quase largo o mapa no impacto e simplesmente não escuto mais nada. Xingo em grego:

GAMIMÉNOS! (porra em grego)

Olho para o mapa mais uma vez e tento colocar a cabeça para funcionar corretamente. Faço uma ultima tentativa naquele caos de pensar no melhor lugar possível.

†_Junior_† efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:6       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro, gládio, 20 metros de corda e escudo pequeno.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
†_Junior_†

Mensagens : 308
Data de inscrição : 06/10/2013
Idade : 23
Localização : Recife PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por arabedoido em Sex 26 Maio 2017, 23:23

Levanto o mais rápido que puder e estendo a mão para o piloto para que me dê o rádio. Digo para ele: Vou tentar algo. Pode ser que não os convença inteiramente, mas pode nos dar alguns minutos. Estamos na frequência deles?

Então, começo a falar no rádio em alemão, tentando parecer puto da vida com eles:

- O que pensam que estão fazendo? Querem comprometer o sigilo desta missão? Aqui fala o Comandante Schmidt e estamos retornando de uma missão confidencial. Tratem agora de desligar os holofotes ou juro que com um rádio meu e garantirei que todos enfrentem o Fuehrer em pessoa. E deem-se por felizes se ele não os mandar passar umas férias em Aushwitz. Agora suspendam fogo e mantenham silêncio do rádio. Este é meu primeiro e último aviso.

(falei Schmidt, mas a intenção é usar um sobrenome alemão comum para fazer com que eles pelo menos titubeiem antes de perceber algo).

Considerando que o alemão é uma língua com uma sonoridade agressiva e fiz por onde parecer danado da vida, comento com os outros:

- Calma, está tudo bem. Alguém tem uma lanterna, para mandar uma mensagem em Morse para os outros? Falei para os inimigos que era para manterem silêncio de rádio para não comprometer a missão confidencial. Melhor avisá-los de uma forma que não seja o rádio, senão minha mentira será descoberta mais rápido. A não ser que alguém de lá também fale alemão.

Depois, enquanto alguém aparece, peço para o piloto colocar de volta na frequência que estávamos usando com o outro. Comento com ele:

- Para dar mais credibilidade. Espero que eles recebam o Morse e façam o jogo, senão estamos mortos.

Falo então em alemão na frequência do outro planador:

- Já os avisei que devem ter nos confundido com o inimigo e fui obrigado a falar de nossa missão. Mantenham silêncio do rádio e vamos seguir nossa rota.

Ao fim, volto a falar com todos:

- Bom, vamos ver agora. Mesmo assim, preparem-se. Assumam o armamento e se os holofotes não se desligarem, vamos responder fogo.

E para o piloto:

- Faça o que julgar necessário. A Legião sempre cumpre sua missão, custe o que custar.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por arabedoido em Sex 26 Maio 2017, 23:26

Antes que esqueça, fico junto do piloto ouvindo o rádio e se possível ciclando entre a nossa e a frequência dos alemães para ver o que vai rolar.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Samyaza em Sex 26 Maio 2017, 23:54

Teste do soldado que está guarnecendo a metalhadora do planador de Robert, o objetivo é acertar um dos holofotes que persegue este planador.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Samyaza em Sex 26 Maio 2017, 23:54

O membro 'Samyaza' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' :

Resultado :
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vercenorax em Sab 27 Maio 2017, 11:05

Vendo a possibilidade de sermos incinerados e já tendo analisado a situação em que nos encontramos eu digo a Serguei (russo):
Saia de debaixo do caminhão! Vamos até a lateral um pouco a frente do caminhão onde a relva nos encubra e atiramos nos holofotes mais próximos! Em seguida eu conto quantos são os inimigos e tomo as próximas decisões!

Grito a Lotta em quanto me movo:
LOTTA! DIGA AOS HOMENS QUE TOMEM UMA ATITUDE! PEGUEM OUTRRRO CAMINHON E SIGAM RRRETO PARRRA DESTRRRUIRRR OS HOLOFOTES LÁ ATRRRÁS! NO ESCURO TEMOS VANTAGEM! ATRRROPELEM TAMBÉM ALGUNS CÃES DO INFERRRNO NO CAMINHO! NON PODEMOS COM TUDO SE NON COOPERRRARRREM!

Investigação.
Vercenorax efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

Disparos.
Vercenorax efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 334
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vercenorax em Sab 27 Maio 2017, 11:13

Disparos Serguei.
Vercenorax efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 334
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Blanchard em Sab 27 Maio 2017, 22:24

Quando Isabelle me empurra para fora, rastejo até os corpos dos nazistas fuzilados, jogo seus rifles para meus aliados e tento achar uma pistola em seus corpos. Caso ainda consiga, busco abrigo, como todos, deitado. Se estiver com uma pistola, miro para um dos lados do caminhão.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:24       ABSORÇÃO:11      EF:13      KARMA: 07
EQUIPAMENTOS: Alaúde, estojo de higiene, estojo de jogos, roupa nobre, botas de couro, capa, cinto e luvas, 3 cantis, lanterna, roupa para inverno, Barraca de lona, Algemas, Giz, Pederneira, Fumo, Ferramentas para manusear armadilhas, 3 garrafas de vinho, mochila com jóias (17 p.o.), gema (manga rosa). Gládio e Escudo Grande. 
CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento
EXPERIÊNCIA: 36xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Blanchard

Mensagens : 654
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Blanchard em Dom 28 Maio 2017, 17:44

Tentativa de proteger-me enquanto miro

Blanchard efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:24       ABSORÇÃO:11      EF:13      KARMA: 07
EQUIPAMENTOS: Alaúde, estojo de higiene, estojo de jogos, roupa nobre, botas de couro, capa, cinto e luvas, 3 cantis, lanterna, roupa para inverno, Barraca de lona, Algemas, Giz, Pederneira, Fumo, Ferramentas para manusear armadilhas, 3 garrafas de vinho, mochila com jóias (17 p.o.), gema (manga rosa). Gládio e Escudo Grande. 
CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento
EXPERIÊNCIA: 36xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Blanchard

Mensagens : 654
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Dom 28 Maio 2017, 23:28

Sabão e Vieirinha

Resultado do Combate:
Poder Ofensivo = Sorte (16) + Rifle (6) + Surpresa (2) = 24.
Poder Defensivo = Blindagem (0), Exposição Parcial(5), Visibilidade Parcial (5), Alcance Eficaz (0) = 10.
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (24) / Poder Defensivo (10) = 2.

Atirador da metralhadora recebe 2 Lesões e continua em combate.

A metralhadora abre fogo contra a ponte de comando. As balas estouram os vidros em milhares de fragmentos e perfuram a lata. Os praças brasileiros se abrigam e não tem chance de retornar fogo, acuados pelas rajadas letais da metralhadora alemã. Vieirinha tenta comprar uma chance para seus compatriotas escaparem e prepara seu rifle. Ele não pode abandonar a cobertura das lonas, porém seu campo de visão está parcialmente obstruído, além do ofuscamento dos holofotes. Seu alvo se encontra umas dezenas de metros a sua frente, agachado e coberto parcialmente pela grande arma. Vieirinha mira na cabeça do miserável e puxa o gatilho. O som do disparo foi ocultado pelas rajadas do inimigo, e a bala seguiu trajetória livre até o alvo...

No ombro! Vieirinha quase mordeu a língua de raiva. Não era possível que esse tempo todo limpando seu rifle e ajustando a massa de mira tivessem lhe falhado! Estava mesmo era enferrujado depois de tantos dias de maresia. A dupla da metralhadora acusam o disparo de um caçador, e o oficial nazista sai correndo, protegido pela infantaria. Um tiro no maldito seria eficaz, porém muito difícil agora. Esta seria a única chance de um tiro de Vieirinha antes que o oficial desapareça de vista. Por outro lado, seu disparo foi insuficiente e a metralhadora continua atirando. O flash na boca do cano do rifle pode ter indicado sua posição. Se não procurar outro abrigo, o próximo tiro será o último de Vieirinha antes de ser descoberto.

Enquanto isso, Sabão deixa a casa das máquinas para ver os corredores do navio tomados de civis apavorados. Eles correm de um lado para o outro, algumas crianças choram e suas mães tentam protegê-las. Os mais desesperados pulam nas águas escuras do mar. Os sons de combate são assustadores, rajadas de metralhadora e tiros de rifle cortam o ar vindos do convés superior. Sabão sobe as escadas metálicas com as mãos protegendo a cabeça. O navio está sob ataque e todos os militares estão na ponte de comando. Ele lança um olhar para o alto e vê as grandes vidraças quebradas, os cacos acumulam-se aos seus pés. O sargento vê a porta da cabine privativa do Tenente Barca debaixo de um lance de escadas que leva para a ponte.

Se todos estivessem na ponte, Sabão pensa, estariam acuados sob o fogo supressor da metralhadora, e nada poderiam fazer a não ser esperar a própria morte. E o tenente? E aquele maluco do Vieirinha? Os disparos vêm pela parte da frente do navio, direção na qual Sabão se recusa a ir. Estariam os inimigos a bordo? São perguntas demais atormentando a mente pequena do sargento.

Vieirinha: teste Camuflagem para continuar sem ser visto.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Dom 28 Maio 2017, 23:41

Dificuldades dos Testes:

Dificuldade do teste de Metralhadora do planador de Robert:
Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

Dificuldade do teste de Investigação de Cristhian:
Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

Falha automática no teste de Intimidação de Hans.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Maedhros em Seg 29 Maio 2017, 00:07

Por um momento fico perdido com tanta coisa acontecendo.

[MEU SÃO CRISTÓVÃO!!! O QUE EU FAÇO?! O QUE TA ACONTECENDO?!]

Dou um tapa na própria cara e começo a falar comigo mesmo:

Francisco!!! Calma! Lembra o tenente Divino falava, "Não é só atirar, seu bisonho!!! Você tem que pensar e ter controle de si, preto desajeitado!" - paro e continuo - Se a gente ta tomando chumbo é que eles de certo os alemão descobriu. Então eles não pode saber mais que a gente. O que significa... - Olho para a cabine do tenente Barca e entro correndo. Irei tentar pegar todo tipo de papel que achar importante e até o que estiver a vista. Irei colocar aonde der: dentro do casaco, calça, bota, nem que amasse, mas não posso deixar isso para os alemães.

[Você virou sargento, por causa de duas coisas: sabe atirar bem e é um pretinho esperto. Além de... liso igual Sabão. Tenha controle e vai sair vivo, Francisco.]

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!
avatar
Maedhros

Mensagens : 264
Data de inscrição : 07/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Seg 29 Maio 2017, 00:35

Robert, Cristhian e Hans

Resultado dos Testes:
Metralhadora (Robert) 8+6 vs Dificuldade 12+3. Falha.
Investigação (Cristhian) 9+2 vs Dificuldade 11+4. Falha.

Após o baque, Robert se levanta e vê Cristhian segurando o mapa firme com as duas mãos. Ele está bem preso pelos cintos e o planador balança instavelmente. É muito difícil respirar e ouvir qualquer coisa agora que os vidros se foram. O tenente então avança para a cabine e vê o piloto curvado sobre as pernas, segurando o manche com apenas uma mão. Quando ele recosta novamente no assento, Robert vê manchas rubras no casaco do aviador. O tórax do piloto foi perfurado em dois pontos e mais um no abdômen.

- Estamos caindo... rápido... demais. - Robert precisa se dobrar e aproximar o ouvido da boca do piloto para conseguir escutar o que ele dizia. O soldado da metralhadora recebe a ordem de abrir fogo, e o piloto confirma que está ciente de seus arredores - Inclinar o planador... para... enfrentar o inimigo.

O soldado que guarnece a metralhadora abre fogo. Os primeiros disparos engasgam, mas ele libera a arma e atira em longas rajadas sucessivas. Os disparos incandescentes riscam os céus e atingem o solo com ferocidade. O intenso barulho da arma sobrepõe ao do vento, obrigando os passageiros a tamparem seus ouvidos. Incontáveis cartuchos saltam da metralhadora e rolam pelo chão do planador. Apesar de todo o esforço, está sendo difícil demais acertar os holofotes. O piloto não consegue manter o planador estável, os holofotes estão longe demais e corrigir a trajetória é sofrível. Tudo isso aliado ao flak que detona em nuvens mortais cada vez mais próximas e ao ofuscamento na visão.

O piloto respira com dificuldade e não deve viver muito tempo. Cristhian se esforça, mas ele sequer consegue colocar os pensamentos em ordem com todo aquele barulho. Ele pode sentir os fragmentos de flak atingindo a fuselagem, cada vez mais intensos. Além disso, a pouca luz e as correntes súbitas de vento o impedem de enxergar adequadamente o mapa em suas mãos.

No outro planador, Hans faz uma longa transmissão, porém o rádio mantem-se mudo mesmo após a transmissão para o planador de Robert, cujo recebimento não foi confirmado. Um dos legionários usa uma lanterna para enviar uma mensagem em morse para o outro planador, mas estão ficando longe demais e é improvável que no meio da artilharia de flak alguém tenha recebido os sinais. O piloto fala com Hans:

- Silêncio de rádio, senhor. Os inimigos mudaram de canal ou estão usando telefone. Com todo o respeito senhor, acho que encontrar a nova frequência é inútil. - ele então observa o outro planador e diz - Eles foram atingidos no bico, senhor. A aerodinâmica está prejudicada, estão caindo mais rápido que nós.

O legionário que ocupa a metralhadora confirma:

- Arma pronta senhor, aguardando ordens.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 629
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum