Cena 1: Céus em Chamas

Página 13 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 11, 12, 13

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Qui 17 Ago 2017, 17:05

Vieirinha acata a ideia do sargento e enquanto caminham para a saída ele vai meio de lado, sem tirar os olhos dos nativos, afinal de contas, tem um armado e guerra é guerra...

"Porcaria sargento... Ta dando tudo errado desde que entramos em águas Francesas... Ô paisinho lascado esse viu! Tomara que tenhamos mais sorte daqui pra diante..."

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 83
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Blanchard em Sex 18 Ago 2017, 00:24

Ao escutar a reclamação de Boris, coloco novamente o dedo no gatilho e penso em atirar para o alto, mas temo pela reação do soviético e me contenho.

Quando Lotta joga o pó maldito cerro meus dentes e espero que ela enfaixe novamente (fr):
Odeio médicos, já me deixaram fora de corridas. São sempre uns filhos-duma puta.

Percebendo que a marcha vai se reiniciar, espero Lotta ir – pra ver sua bunda – e então me levanto lentamente. Ponho as mãos na cabeça, cansado. Mexo mais uma vez na arma e começo a andar.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:24       ABSORÇÃO:11      EF:13      KARMA: 07
EQUIPAMENTOS: Alaúde, estojo de higiene, estojo de jogos, roupa nobre, botas de couro, capa, cinto e luvas, 3 cantis, lanterna, roupa para inverno, Barraca de lona, Algemas, Giz, Pederneira, Fumo, Ferramentas para manusear armadilhas, 3 garrafas de vinho, mochila com jóias (17 p.o.), gema (manga rosa). Gládio e Escudo Grande. 
CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento
EXPERIÊNCIA: 36xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Blanchard

Mensagens : 672
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll] [roll="d20"]1[/roll]

Ficha do personagem
Nome: Daniel Blanchard
Posto: Partisan
Especialidade: Piloto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Sex 18 Ago 2017, 17:47

Sabão e Vieirinha

Vieirinha não consegue dar um passo atrás do outro sem olhar para trás desconfiado do sujeito com a espingarda. No fim, os moradores daquele vilarejo desapareceram entre muros de pedra e galhos de árvores. Vocês conversam muito pouco no caminho, talvez pela tensão do momento, talvez por puro cansaço.

Quando vocês se sentem seguros entre as árvores apertadas e folhosas, examinam seus arredores para garantir que não foram seguidos e colocam as posses no chão para trocar fardas por roupas de serviço do campo. Vocês já estavam sem as botas e as camisas quando escutam um galho seco se partindo no chão, ali próximo. Vieirinha já corre a mão na arma, põe a primeira bala na agulha e aponta na direção do ruído antes mesmo de ver o alvo.

Era a mesma garota de cabelos loiros que vocês viram a pouco, acompanhando os homens. Ela observava vocês detrás de um muro de pedras arruinado, a uns poucos metros, numa posição um pouco mais elevada. Quando ela se vê descoberta, já se adianta em levantar as mãos e a arranhar alguma coisa meio em francês, meio em inglês, assustada.

- Eu quero ajudar! Ajudar! Não atirem! Eu vim ajudar! - foi o que deu para entender do que ela dizia.

Sabão ordena que Vieirinha baixe a arma, ação que ele hesita em cumprir. Estava acostumado a caçar, não a ser observado feito caça. Sabão inquiri em inglês para a garota sobre o que ela fazia ali, e ela tenta se acalmar para explicar:

- Meu avô, ele não sabe. Acha que estou no meu quarto, cuidando do meu irmão novo. Ele precisa de mim. Eu quero ajudar. Meu irmão, o outro mais velho, ele é soldado. Francês, como eu. Não voltou da guerra, não foi feito prisioneiro. Os alemães não dizem se ele morreu, mas eu sei que não! Ele teria ajudado vocês, eu sei que teria.

A garota está assustada e falando tudo embaralhado em francês no meio, mas ela não foge. Ao que parece, saiu escondida de casa para seguir vocês e não grita.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 696
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Sex 18 Ago 2017, 17:55

Boris e Daniel

A resposta de Lotta para Daniel, quando terminou de enfaixar, foi seca:

- Eles o mantem vivo. Podemos dar um jeito nisso se o incomoda tanto.

A Boris, ela dá uma explicação rápida, sem detalhes. Ela certamente não quer falar disso.

- A explosão me jogou contra o chão e eu fiquei desacordada. Quando recuperei os sentidos, os que sobreviveram ao anti-tanque estavam sendo executados pela infantaria que cercou o final da fila. Foi quando percebemos que vocês haviam tomado a metralhadora, e fugimos.

Boris deduziu que o fogo e os destroços possam ter encoberto a madame da sua visão, mas não abstrai nenhuma maneira confiável de como teriam escapado dos alemães se eles já estavam tão próximos.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 696
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Maedhros em Sex 18 Ago 2017, 20:12

Olho para a moça pensando:

[Ela tem mais coragem que os homens da família. O amor por uma pessoa nos faz fazer coisas corajosas e tolas.]

Depois falo a Vieirinha em português:

Vieira, tome estes papéis aqui. - Passo para ele então os documentos relativos a operação "Paiol à brasileira" - Quero que tome o mesmo cuidado com esses papéis como você teria com sua própria mãe! São eles que nos dirão se estamos vivos ou mortos. Procure algo de importante que o tenente Barca não nos deixou a par. Qualquer coisa mesmo. Vou lidar com essa situação aqui.

Depois converso com a moça em inglês:

Calma senhorita, como disse, não queremos mal nenhum. Estamos todos do mesmo lado. Não precisa justificar as ações de seu avô. Primeiramente vamos tentar nos ajudar mutualmente. Qual o nome e quando seu irmão "desapareceu"? Lembra alguma coisa sobre o seu pelotão ou coisa do tipo? Só preciso que fique mais calma e responda de maneira direta minhas perguntas. Infelizmente tempo é uma coisa que possuímos pouco. Aliás, soube de alguma coisa sobre o toque de recolher em Honfleur?

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

Inventário - Sabão
avatar
Maedhros

Mensagens : 290
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Seg 21 Ago 2017, 16:26

Vieira pega as folhas com uma cara de poucos amigos...

"Porcaria, esse sargento folgado ta achando que eu sou algum tipo de mula? Pega as bolsas, pega os papéis, pega as roupas... Vim pra guerra pra ser contínuo?! Cacete!"

Termina de se trocar e dá uns três passos dos dois rumo ao grupo mais denso de folhagens onde poderá se esconder e analisar os papéis com mais cuidado...

Olhando atentamente em volta, ali se abaixa e se concentra totalmente, sua visão fixada nos papéis mas sua audição viva no ambiente. Agora não poderíamos ser pegos de surpresa de maneira alguma e o aparecimento dessa moça deixou Vieira mais desconfiado que de costume, não é novidade pra ele que algumas pessoas usem a beleza de uma donzela pra desviar a atenção de alguém pra poder subjugá-lo.

Agachado sob as folhagens e com o rifle entre as pernas vieira passa a folhear os papéis e a ler rapidamente cada parte do texto de forma passada, seus olhos correm as linhas rapidamente lendo apenas o começo de cada palavra e atentando aos locais, nomes e indicações que poderiam ajudá-los a tomar um rumo, quando algo lhe chamava atenção voltava e lia com mais esmero... É claro que sempre tendo ao seu lado sua bolsa com as latas de óleo, as garrafas vazias enroladas em trapos para não fazerem barulho ao baterem se umas nas outras, estes mesmos trapos futuramente serão seus estopins... Bem como na cintura a pistola pronta para atirar

"Bom, vamos ver o que o idiota do Barca nos escondeu este tempo todo..."

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 83
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Seg 21 Ago 2017, 17:01

Sabão e Vieirinha

A garota faz sinal com as mãos tentando interromper Sabão e então tenta articular as palavras em inglês, com dificuldade:

- Não, não! Não há muito tempo, me escute. Meu irmão, Damien, está desaparecido. Mas se estivesse aqui, ele ajudaria vocês. Por isso eu quero ajudar vocês. Não há tempo.

Ela se vira de um lado para o outro tentando perceber se foram avistados. Ela faz sinal sugerindo que Sabão deva vestir uma camisa e se calçar.

- Sim, toque de recolher. Duas horas depois de escurecer, luzes apagadas, casas fechadas. Me escute, tem uma capela perto daqui. Ninguém reza mais ali. É pequeno, mas tem um teto e é seguro. Eu posso trazer água e comida escondida. Os cachorros não vão lá, não gostam de lá. Vocês vão me seguir?

Enquanto os dois tentam conversar, Vieirinha termina de trocar as roupas. As botas estão folgadas e a roupa fede a esterco. Está definitivamente irritado. Coloca tudo no lugar ao redor de si próprio e então começa a folhear os documentos. Uma primeira análise revelou palavras difíceis e termo complicados, típicos do alto comando, com os quais Vieirinha não está acostumado e não fazem muito sentido para ele. Fica óbvio para ele, contudo, que aquelas muitas folhas contém informações e instruções de uma missão, provavelmente secreta.

Qualquer análise dos documentos irá requerer tempo. Se não encontrarem um local que se sintam seguros, não conseguirão investigar os documentos.

Sabão deve, além de terminar de trocar as roupas, decidir se irão seguir a garota ou não.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 696
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Maedhros em Seg 21 Ago 2017, 17:13

Olho para a moça, pensando:

[Tempo nós já não temos. Na verdade, nem aqui devíamos estar. Vale-me meu São Cristóvão!]

Termino de colocar as roupas enquanto falo para Vieirinha em português:

Não sei se é a sorte ou a desgraça que está sorrindo para nós, mas é somente ela que temos para nos ajudar. Isso ou as raparigas lá em Honfleur. Espero que tenha confessado, vamos para a  igreja.

Depois começo a recolher as coisas e pego os papéis de Vieirinha para guardar comigo. Terminado, falo para a moça em inglês:

Vamos então a esse lugar.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

Inventário - Sabão
avatar
Maedhros

Mensagens : 290
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Vieirinha em Seg 21 Ago 2017, 18:40

Vieirinha entrega os papéis para o sargento e olhando pra ele diz em português...

"Beleza sargento, vamos ver onde isso vai dar... Mas assim, vá na frente com ela, eu vou um pouco mais atrás com o rifle escamoteado no paletó... Nada muito longe, mais ou menos a distância de um arremesso de pedra... Ainda to achando estranho essa galega estar nos ajudando ao invés de fugir com seu irmão mais novo, ta muito esquisito isso... Vai o senhor com ela, eu vou um pouco mais atrás"

Se levanta...

Quanto aos papéis, tem coisa graúda aí sargento, mas olhando assim de relance não vamos conseguir entender. Aliás... tem alguns termos que só vcs de patente mais alta vão conseguir identificar... Simbora?"

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 83
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 40
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Hugar em Seg 21 Ago 2017, 19:36

Sabão e Vieirinha

Sabão fica meio sem jeito de ter de trocar de roupas com a garota ali, apesar dela se virar de costas. Finalmente, vocês juntam suas posses e seguem a francesa. Vocês contornam todo o vilarejo por trás se escondendo em árvores e muros baixos de pedra. A capela fica numa curva da estrada, e não passa de uma casinha de tijolos de menos de 10 metros quadrados e sem janelas. Ao menos todas as quatro paredes estão de pé e o telhado está inteiro. O interior está repleto de poeira e teias de aranhas, e vê-se tocos de velas no pequeno altar com a imagem da Virgem Maria.

- Eu preciso voltar, meu avô já deve estar procurando por mim. Fiquem aqui dentro que ninguém vai ver. Assim que puder eu vou trazer água e comida. Eu preciso ir.

A menina desaparece com pressa e deixa a chave da única porta com vocês. O vilarejo está escondido atrás das árvores. Finalmente, este pode ser o local onde Sabão terá o tempo e a segurança para examinar os documentos da missão e Vieirinha terá tempo para preparar suas bombas incendiárias improvisadas. Tão logo vocês sentam nos bancos estreitos de madeira e encostam-se nas paredes frias, o cansaço e o sono bate.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 696
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 1: Céus em Chamas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 13 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 11, 12, 13

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum