Décima primeira parte - O prefeito é ferido

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Décima primeira parte - O prefeito é ferido

Mensagem por Samyaza em Ter 08 Out 2013, 22:48

Enviado por: †_Junior_† - segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 0:25:30
Fico relativamente alheio as discussões, apenas confirmando com um aceno de cabeça ou um sinal positivo com a mão ao que os meus amigos falam. Depois de um tempo, digo:

- Quando a mim, acompanharei mestre Connor aonde este for. Se ele for investigar isso, estarei lá ao lado dele!

Quando o soldado chega e fala sobre o ataque, seguro meu gládio e falo:

- Mais inimigos para enfrentar? Estou exausto.


Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 8:48:27
À menção de um ataque, comento:

Não sei se posso sobreviver a mais uma luta, principalmente se for como aquelas da caverna.

Se ele ainda estiver na barraca, pergunto ao soldado:

Com licença, mas quem é que está atacando?

Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 8:55:11
Quando um ataque é mencionado levanto-me e saco meu machado dizendo - Sam, Dona Pammala... Acompanhem-me. Quanto a vocês - Olho para Benjen, Glóin e Derin - Essa luta não é nossa. Vamos sair pelos fundos e ir para cidade, lá teremos um pouco mais de proteção - Junto minha mochila e começo a sair da barraca a procura de cavalos ou uma saída segura, caso não estejamos cercados.

Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 14:52:52
Me levanto e vou pela porta para observar lá fora, dizendo ao soldado:
Quem nos ataca?

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 15:54:26
TODOS:
Ardras saca a sua espada enquanto aproxima-se da saída da barraca e olha pro lado de fora e fala com o soldado:
Como assim acho? Quem está nos atacando? E onde estão os outros homens?Só tem mais dois soldados lá fora

O soldado responde assustado e tentando adentrar mais na cabana, porém, é segurando por Ardras:
Era hora da troca de turnos, eu e mais 3 fomos render os outros que estavam cada um numa direção, quando cheguei no local em que eu deveria render meu companheiro não o encontrei, e vi-o deitado, achei que estava dormindo e me abaixei para acordá-lo,quando mexi no corpo e notei que havia um furo, de faca provavelmente, antes que me levantasse quase fui alvejado por uma flecha. Voltei correndo, e fiquei sabendo que fui o único a voltar, presumo que os quatro que estavam de guarda e os outros três que também foram fazer a rendição tenham sido mortos!

SAM:
Quando vc fala, o soldado olha pra vc com uma expressão de susto e incomodo, por vc simplesmente dizer que está cansado.

PAMMALA:
Num tom de impaciência, ocultado por uma etiqueta forçada ele diz:
Como disse minha dama, não sei quem matou os soldados e se ficasse pra descobrir, seria pouco provável que estivesse aqui para avisardes.

CONNOR:
Quando vc menciona fugir, Jacus levanta-se com pressa enquanto diz:
Esperem e quanto a mim? Eu sou o regente!

GLOIN
Quando vc faz a pergunta, Rarurg e Náin se levantam com um sorriso e Rarurg diz:
Ora meu bom e velho amigo e desde quando faz diferença quem vai estar do outro lado do nosso machado?Vamos acabar com eles!

Segurando Jacus pelo braço Rarurg diz:
acalme-se homem! Não vá molhar as calças na frente dos outros! Eu e Náin garantiremos sua segurança!

TODOS:
Vardem, que até agora estava calado diz:
Talvez possamos conversar e negociar, podem ser ladrões, podem ter reconhecido Jacus e armaram uma emboscada de olho no resgate que ele valeria. E eu vou acompanhá-lo regente.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 16:10:48
Vejo o desespero nas palavras do prefeito e lembro da sua postura altiva da primeira vez que eu o vi. Depois desvio a atenção para as palavras de Vardem e digo - Se é assim, está tudo decidido. O prefeito vem comigo, juntamente a Sam e Pammala - Aponto com o machado para Ardras e digo - Você e o outro guarda também virão, para ajudar na proteção do prefeito - Viro para os anões e pergunto na língua deles - Wie Sie zu untersuchen!? - Espero a resposta deles e então digo a Benjen e Derin - Quanto a vocês decidam com quem ficarão - Por ultimo digo a Vardem - Bem se acha que pode negociar vá em frente, siga com os anões e então poderá fazer uso de sua lábia. Pelo menos nos dará algum tempo!

Enviado por: Ares - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 16:18:20
Falo ao ouvir sobre serem ladrões.
-Como assim ladrões em um tipo de sequestro?Estão matando quem estiver por perto e atirando flechas nestes.Matamos um elfo embaixo nas minas,me digam então quem são os melhores arqueiros que se tem conhecimento?
"Cada problema que me aparece,pelo menos vou poder treinar para matar o infeliz que atacou meu mestre"
Ao que Connor fala.
-Eu não ficarei aqui,então se deseja sair deste lugar seguirei.Mais devemos ser rápidos e eles provavelmente nos seguirão.
Arrumo meus itens e fico com o punhal e o gladio em mãos.

Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 16:32:48
Faço o que Connor sugeriu e fico perto de Sam e de Jacus.

Quando Varden fala em ir negociar, Comento:

Me ocorre que também existe a possibilidade de serem os sombrios que atacaram. Imagino que já sabem que foram descobertos e agora vão querer silenciar a todos os que sabem seu segredo.

Pelo que já ouvi sobre eles, é melhor não tentar negociar. Não é o estilo deles. Lembrem-se que o da caverns só abriu o bico porque estava sob efeito de um encanto, senão provavelmente teria me atacado na primeira oportunidade, mesmo estando perto de morrer.

Acho melhor tentar fugir. Pelo que me lembro, a luz incomoda os olhos deles e a claridade pode nos dar uma pequena vantagem na fuga.

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 17:42:34
Vendo o decorrido me viro ao prefeito e digo:
Jacus, você irá com Connor e os outros que estão indo, sua proteção e a dos papéis é crucial.

Depois dizendo a Connor:
Sim. vá para onde julgue seguro e leve Jacus. Vos acharemos.

Me viro a todos e digo firme como rocha:
Os dois soldados da entrada da tenda irão com Jacus, Connor e os outros, Connor terá o comando deles, inquestionável. Pammala leve Röac, sabe o que deve fazer caso não voltemos. Você! Aponto ao soldado que avisou-nos. Leve-nos até onde seu precessor está morto. Ardras e Benjen virão conosco, e me refiro a nós ANÕES. Vardem também irá vir, vamos parlamentar. HAHAHAHAHAHAHAHA...

Saco me machado de guerra com a mão direita, e ponho a machadinha na esquerda.

Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 20:46:43
[Será que disse algo errado? O soldado me olhou tão estranho...]

Seguro firme meu gládio e faço um sinal positivo para Connor, dizendo:

- Tudo bem mestre Connor, irei com vocês.

Aguardo a partida.

Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 23:55:03
Pego o corvo e falo para Glóin:

Pode ficar tranquilo, cuidarei bem dele.

Deppois viro para os outros que vão comigo:

O que for para ser feito, é melhor que seja logo. Ainda consigo fazer algumas magias se for preciso dar cobertura. Vamos?

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 9:01:52
- Então o que estamos esperando!? Vamos! - Começo a sair pelos fundos atento a tudo, principalmente em Vardem.

Dados de Observar.

Enviado por: arabedoido77 - quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 9:18:19
Ao sair da tenda, vou também com atenção ao ambiente em volta para tentar perceber a presença de qualquer possível atacante.

Lançando um dado para Observar e outro para Escutar.


Enviado por: †_Junior_† - quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 11:01:51
Vou saindo junto com os demais. Falo para Pammala:

- Tome cuidado, nobre elfa.

Vou observando o caminho, a procura de potenciais inimigos.

[1d20]

Enviado por: Ares - quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012 12:29:00
Sigo os outros em silencio segurando com firmeza minhas armas e observando a volta.
Dados para observar e escutar

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 17:25:59
GLÓIN:
Indo para a saída da barraca uma densa névoa começa a cobrir o local. O soldados que lhes dera o aviso diz:
Encontrei o corpo seguindo a oeste, uns 200 metros daqui, mas aviso, nem ao menos vi de onde dia a flecha, acho que seremos presas fáceis.

Ardras:
Concordo com meu soldado, acredito estarmos indefesos e não acho cauteloso permitir que nosso regente vá com os demais, sem alguém de confiança entre eles.



DEMAIS:
Vc´s saem pelo fundo da barraca, seguindo em frente fica a estrada para a cidade, na direção contrária onde Glóin e os outros foram. A frente de vc´s apenas uma densa névoa cobrindo o caminho.
Jacus diz:
Não seria melhor se eu e a elfa e o pequenino ficássemos na barraca enquanto vc´s saem a procura dos inimigos, os matam e deixam o caminho seguro?



Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 17:39:22
De costas para eles digo:
Pois bem fiquem aqui vocês Pammala e Sam, e Jacus também, é de mais segurança. Connor e Derin, permaneçam também, são de minha confiança, e isto já basta!

Depois de dito isso penso mas a voz termina a frase:
... muito propício...


Me aproximo de Rarurg e lhe cochicho em seu ouvido:
Esta névoa é mágica, não haverá desculpa, existe um maldito mago entre nós e o fim da névoa.


Enviado por: Ares - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 17:47:43
Olho para o Connor e pergunto.
-Vamos ou não?Esta luta não é nossa e não ganharemos nada com ela.Além que temos que levar a elfa e o pequenino para serem cuidados.
Ao ouvir Jacus falar sobre irmos na frente e abrirmos o caminho respondo.
-E se estes seres passarem despercebidos por nós e atacarem vocês indefesos na barraca?O objetivo não é matar quem esteja atacando e sim chegar a cidade para termos uma posição estratégica melhor.Se quiser ficar na barraca fique,mais eu não vou "limpar caminho" para ter que voltar para pegar você e quanto voltarmos ao caminho os inimigos vão estar reorganizados e nós mais fracos.

Off:Cade os dois soldados que Glóin mandou nos acompanhar no post 712?Não vejo eles no mapa.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 17:54:01
Penso melhor e digo:
Poço paracer indeciso, mas é melhor que Jacus vá, temos dois soldados indo com ele, e Connor e Derin, mandam ver se as coisas apertarem pelo lado de Sam e Pammala. É minha decisão final.

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 19:11:45
Retiro meu segundo machado do cinto ainda caminhando e digo dando uma risada irônica - Ahhh... Se quiser volte sozinho prefeito e fique na barraca, afinal talvez você seja o alvo, e nós ficaremos a salvo. Sam e Pammala, os dois continuaram comigo! Quanto a vocês sou seu responsável apenas enquanto estão comigo, e se não querem me acompanhar façam o que quiser. Já perdi muito tempo aqui. Vamos apressar o passo, essa névoa esta me deixando nervoso - Continuo andando com passos rápidos mais atento.

Digo para Derin em resposta - Já estamos indo. Não vê?!

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 19:26:38
Observar.

Enviado por: Ares - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 19:35:32
Sigo Connor em silencio.
Observar,Escutar e Ações Furtivas se for preciso.

Enviado por: arabedoido77 - sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 22:14:43
Digo para Jacus, depois do que os outros disseram:

Acho que eles têm razão, senhor. Pode ser que tudo seja um plano para passarem pelas defesas e nos pegarem na barraca. Nossa única esperança pode ser tentar ir para o mais longe possível daqui e tentar sair desta névoa. E pelo que vi na caverna, eles são bastante capazes para manter nossa segurança. Meus ferimentos só aconteceram porque a aranha atacou por cima; as que vieram pelo chão foram vencidas com facilidade por eles.

Faço uma pausa rápida e continuo:

Vamos o mais rápido possível. Em movimento, somos alvos mais difíceis do que se estivermos todos parados aqui.

Enviado por: †_Junior_† - sábado, 4 de fevereiro de 2012 0:49:11
Falo para Jacus também:

- Eles têm razão senhor. Todos juntos é melhor que se nos separarmos.

Olho para a névoa e comento com Pammala:

- Nobre elfa, você não saberia se essa névoa é mágica? Ela me causa arrepios.

Enquanto andamos para fora da cabana, vou observando tudo.

(dado para observar e escutar)


Enviado por: Samyaza - sábado, 4 de fevereiro de 2012 14:28:24
DERIN, CONNOR, SAM, PAMMALA:
[1d20]
Vc´s caminham um pouco menos de 50 metros até encontrarem a margem da estrada que vai em direção à Lubliana, a névoa parece diminuir um pouco.
Antes de chegarem até a estrada, uma flecha vinda do meio das árvores passa próxima a vc´s.


GLOIN:
Logo que vc´s saem e se organizam, 3 flechas são disparadas na direção de vc´s, uma atravessa o pescoo do soldado que tomba no chão se debatendo em desespero e agonia, ele tenta falar e gritar, mas a flecha atrapalha e só é possível ouvir grunhidos roucos e desesperados enquanto o sangue vai aos poucos formando uma poça.
Ardras quase é atingido e a terceira flecha passa longe.



Se alguém combater, rolem a iniciativa

OFF:
desculpem a mancada, mas começei a digitar e tive que parar pra cuidar do meu filho, acabei enviando pra ver o resultado do dado e acelerar as coisas, mas acabou que vc´s postarem sem terem lido, vou cuidar pra não fazer isso de novo.

Enviado por: bcsaulo - sábado, 4 de fevereiro de 2012 14:29:15
[1d20]

- Vamos apressar o passo até sairmos da nevoa.

Enviado por: †_Junior_† - sábado, 4 de fevereiro de 2012 14:45:08
Faço um sinal positivo para Connor e digo:

- É, quanto antes fora dessa névoa, melhor.

[1d20]

Enviado por: Ares - sábado, 4 de fevereiro de 2012 14:56:06
Sigo os outros sem nada a dizer.

Enviado por: Samyaza - sábado, 4 de fevereiro de 2012 16:47:13

Enviado por: Vercenorax - sábado, 4 de fevereiro de 2012 17:28:01
Iniciativa. [1d20]

Vendo o homem tombar grito:
VERMES VIS, VENHAM A LUZ, COMBATAM A CLARIDADE E DEEM UM POUCO DE HONRA A SUAS MEDÍOCRES VIDAS, CANALHAS DA ESCURIDÃO!

De frente digo a Benjen:
Tente assintência a este homem! Nós damos cobertura.

Enviado por: Samyaza - sábado, 4 de fevereiro de 2012 18:03:23
GLOIN:
Benjen embainha sua espada enquanto arrasta o corpo do soldado pra dentro da cabana:
Grite se precisar, cuidarei dele!

Os outros se preparam para o combate.

Iniciativa:
Gloin
Ardras
Rarurg
Nain
Benjen
Demais opositores

Outras flechas são disparadas, 2 erram os alvos, que seriam Gloin e Nain, a outra acerta o ombro de Ardras.

A névoa vai sumindo, mas move-se como se fosse controlada magicamente.

Sua ação Glóin

Enviado por: Samyaza - sábado, 4 de fevereiro de 2012 18:12:00
CONNOR, SAM, PAMMALA E DERIN:
Como o grupo anda dividido, vou narrar em separado pra tentar acelerar as coisas e recuperar o tempo perdido, se forem entrar em combate rolem iniciativa, caso não. deixem isso claro numa postagem, ok?

Enviado por: Vercenorax - sábado, 4 de fevereiro de 2012 18:21:13
SACOS DE ESTRUME, VENHAM AQUI! SEJAM CORAJOSOS APENAS UMA VEZ NA VIDA, MOSTREM SEUS ROSTOS NEGROS E DEEM-NOS O COMBATE SINGULAR! SUSPENDAM SUAS ARTIMANHAS SUJAS E FURTIVAS!

Viro-me a Ardras e pergunto:
Vai sobreviver ao ombro meu caro?

Enviado por: Samyaza - sábado, 4 de fevereiro de 2012 18:33:11
GLOIN:

Enviado por: Vercenorax - sábado, 4 de fevereiro de 2012 18:41:38
Digo baixo a Rarurg:
Rarurg, temso que nos retirar, eles ficarão apenas nisso até que morramos, os malditos não virão ao nosso alcance, mas antes quero tentar algo.

Depois de frente a névoa digo:
Vardem, disse ue queria parlamentar, pois bem tente.

Enviado por: bcsaulo - sábado, 4 de fevereiro de 2012 19:49:39
Ao ver a flecha passando, grito - CORRAM, VOLTEM PARA A CIDADE. DERIN LEVE-OS EM SEGURANÇA. IREI DAR COBERTURA - Aponto para um dos guardas e digo - Você! Venha comigo - Avanço para cima do individuo que atirou a flecha.

Dado de iniciativa.

Enviado por: bcsaulo - sábado, 4 de fevereiro de 2012 19:53:50
Supondo que estou longe do alvo. Vou arremessar o primeiro machado ainda correndo no momento que eu avistar o alvo. O segundo ataque darei quando estiver próximo dele. Não usarei a manobra ambidestria.

Dados de ataque.


Enviado por: arabedoido77 - sábado, 4 de fevereiro de 2012 20:54:10
Respindo à pergunta de Sam:

Infelizmente, não conheço magia benhuma que dissipe esta névoa. Se pudesse ver o inimigo, poderia fazer algo ao menos para ajudar na fuga.

Depois que a flecha passa perto e recebemos a ordem de Connor para fugir, tento apertar o passo e chamo os outros para irmos mais rápido.

Vamos, há pouco que podsamos fazer agora. Se chegarmos à cidade, podemos trazer ajuda.

Enquanto fugimos, vou com atenção para ver se há inimigos por perto ou nos perseguindo. Um fado para Observar e outro para Escutar.


Enviado por: Ares - sábado, 4 de fevereiro de 2012 21:24:53
Ao ouvir a palavra correr não penso duas vezes e acelero a marcha.
-Vamos pelo lado de fora da estrada,seguindo ela pela lateral.Vocês que conhecem a região tem certeza do caminho?

Enviado por: arabedoido77 - sábado, 4 de fevereiro de 2012 23:38:53
Enquanto corremos, digo:

Acho que tive uma ideia que pode funcionar: se criar um foco de luz em um objeto que fique mais ou menos à nossa altura do chão, pode ser que os atacantes se confundam, achando que resolvemos parar e tentar enxergar melhor o caminho. Poderia nos dar tempo para pelo menos sairmos do alcance das flechas deles.

Enviado por: †_Junior_† - domingo, 5 de fevereiro de 2012 3:29:32
Começo a correr junto com os demais, tentando escapar das flechas.

(dado para alguma coisa)

[1d20]

Enviado por: Samyaza - domingo, 5 de fevereiro de 2012 12:56:28
GLÓIN:
Mais flechas são disparadas, quase acertando vc, Náin e Rarurg.
sob o ataque Rarurg diz:
Temos que nos proteger das flechas, ficar e esperar, vai no tornar um alvo fácil. Estou aberto a sugestões, a única que me vem a cabeça agora é a de adentrarmos na mata para evitar os disparos e avançar até que consigamos pegar um a um, eles não poderão disparar flechas contra todos nós ao mesmo tempo.

Náin complementa:
As flechas vêm de direções diferentes, se formos na direção de uma, poderemos com sorte evitar as outras.

Ardras:
Decidam-se logo, ou então vão nos furar até a morte, vamos para a cabana, lá eles não terão no ver e mirar.

Vardem diz indo pra dentro da cabana:
Parlamentar? Com flechas? Impossível meu caro!


CONNOR:
Na escuridão, vc tenta a sorte arremessando o machado guiando-se apenas pela direção da flecha. Avançando em desespero uma outra flecha passa próxima a vc. No meio das árvores, encostado numa dela, um elfo sombrio armado com arco apoiava a mão sob o peito bem no ponto onde há um rasgo. Sem pensar duas vezes vc desfere outro golpe no elfo indefeso, o elfo inutilmente tenta colocar o braço para aparar o ataque, o machado arranca o braço do elfo e ainda penetra fundo no seu ombro.
[1d20]
(Arremesso do machado: Sistema:L3-5=-2, tirou 18, vermelho, 75%,causou 18 pontos de dano)
(Golpe com o machado: Sistema: L3-5=-2, tirou 17, vermelgo, 75%, causou 18 pontos de dano)


PAMMALA, SAM E DERIN:
Jacus diz:
Eu cresci brincando por estas terras, é claro que sei qual é o caminho, vamos logo.

Vc´s correm por alguns minutos, seguindo paralelamente a estrada até quando vc´s ouvem um estrondo, um trovejar seguido por um raio qe atinje o peito do soldado que os acompanhava, ele grita em agonia enquanto um forte cheiro de carne queimada sobe.

Olhando para trás, vc´s notam apenas uma silhueta que executa gestos com a mã enquanto balbucia alguma coisa. Ao redor dela 7 outras figuras caminham lentamente na direção de vc´s.

Pammala teste Misticismo.


Enviado por: Ares - domingo, 5 de fevereiro de 2012 13:56:33
-Malditos.Pammala,faça o que eu falo.Enquanto eu estiver lutando contra eles jogue uma bola de fogo ou um feitiço elemental,o mais forte que puder.

Dou um sorriso e recuo para trás enquanto realizo um feitiço para minha proteção e me preparo para correr.

Após usar a magia Armadura Elemental 1(pagina 23 do livro de magias) corro em direção ao inimigos em direção a silhueta que havia realizado os gestos.

Com meu gladio posicionado acima do ombro faço um giro com a intenção de acertar o ombro do meu inimigo com um golpe diagonal e após fazer isto recuo o braço puxando o gladio e ficando com ele em posição para uma estocada,mas enquanto isto usando o punhal segurando ele com o polegar posicionado no pomo dele faço um giro na direção da cintura do inimigo e posicionando após isto o punhal encostado com a parte do pomo na minha cintura.

Minha segunda sequencia de golpes começa como uma continuação da primeira em que eu faço uma estocada com o gladio na diagonal enquanto giro a lamina dele com um pequeno movimento de mão e com o punhal reverto o movimento que havia feito anteriormente,mas desta fez mirando com a ponta e planejando acertar com esta e não com esta e não com a lamina.


Dados para iniciativa e os outros 4 cada um para uma arma.Usando a pericia ambidestria.

Enviado por: arabedoido77 - domingo, 5 de fevereiro de 2012 13:56:46
Vamos lá: Pray

[1d20]

Enviado por: Ares - domingo, 5 de fevereiro de 2012 13:58:12
(Off:Bosta de dados,vai ai a resolução da falha)
[1d20]

Enviado por: arabedoido77 - domingo, 5 de fevereiro de 2012 14:06:06
Sigo o que Derin falou. Bola de fogo no cara que gesticula.

Vamos ver se o inimigo gosta de receber um pouco de seu próprio remédio.

Enviado por: bcsaulo - domingo, 5 de fevereiro de 2012 14:28:31
Me aproximo do elfo e sem pestanejar arranco sua cabeça. Procuro meu machado próximo ao morto e rapidamente dou uma olhada em seus bolsos à procura de algo de valor. Sem mais demora sigo correndo na direção do grupo.

Dado de observar.

Enviado por: †_Junior_† - domingo, 5 de fevereiro de 2012 14:39:33
[Oh droga, são muitos inimigos... Connor, venha depressa!]

Seguro meu gládio firmemente e avanço na direção dos inimigos. Tento ser o mais furtivo e "invisível" que der, para me aproximar sem ser muito notado. Pretendo atacar as pernas da primeira pessoa que eu ver, tirando logo de combate.

(se for possível, uso ataque de surpresa, ou ataque oportuno, o que for possível usar)

(primeiro dado para ações furtivas, segundo dado inciativa, e mais dois dados de ataques)


Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012 11:11:30
Rarurg, devemos como disse Náin para a direção de uma das flechas, a cabana será um lugar onde eles certamente nos esperarão sair.

Viro-me aos outros e digo:
Para a floresta! Benjen traga o homem!

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 14:25:51
DERIN, SAM E PAMMALA:
O correto seria, rolarmos iniciativa agora, mas vou usar nessa rodada a sequencia de postagem de vc´s, após essa minha postagem, Derin, Sam e Pammala deverão rolar iniciativa para verificarmos a ordem de combate. Agora, estarei rolando já a iniciativa dos inimigos.

figura que usou a magia: [1d20]
7 vultos: [1d20]

DERIN:
Vc pega seu objeto usado como foco de sua magia e realiza uma curta prece pedindo as forças da natureza proteção contra seus inimigos, vc sente o ar ao seu redor ficar denso, pesado, quase palpável. Após encerrar a prece, vc abre o olhos e já protegido avança em direção ao inimigo.

OFF: Precisamos dividir suas ações, vc declarou 3 ações, que devem ser executadas em 3 turnos diferentes, vou usar a sequencia que vc postou, mas fique livre pra alterar as outras 2 últimas ações de acordo com os acontecimentos.
Sua iniciativa foi: 10 (8 + 2 / dado + agilidade)


PAMMALA:
VC tenta compreender o que mago estaria conjurando a partir dos versos balbuciados, porém, apesar de conseguir ouvir algumas partes, o feitiço utilizado parece não ser do seu conhecimento. Ainda exausta pelo cansaço, vc se enche de determinação e mais uma vez assume a postura de um combatente que precisa defender a si mesmo e seus amigos. Recitando seus cânticos de poder vc começa a evocar o karma ao redor de vc, até o pnto onde ele se condensa numa bola de fogo que voa com violência em direção ao seu inimigo. a bola de fogo o atinge com força fazendo-o cambalear para trás.

Citação:
Sistema: na verdade vc precisaria rolar 1d20, para verificar se vc acerta o ataque (manual de regras pg.93) então na próxima vez, role o ataque, o erro foi meu de não ter atentado pra essa regra antes, só percebi ela depois que o saulo me perguntou uma coisa, então, vamos nos adequar ao que está escrito, tudo bem?



CONNOR:
No meio da escuridão vc leva um tempo esquadrinhando o local até encontrar o machado. As únicas coisas de valor com o sombrio são seu arco e sua aljava de flechas, além claro, da armadura de couro leve que ele carrega consigo.


SAM:
Vc se embrenha na escuridão e avança pela mata até um dos vultos, ao se aproximar vc percebe que é um dos soldados que protegiam Jacus, porém, sua aparência está estranha, a pela reluz um azul quase mágico, seu corpo se move lentamente e seus olhos preenchidos por um vermelho, parecem olhar o vazio enquanto ele geme e caminha.
Sem pensar duas vezes vc ataca as pernas dele.

Citação:
Sistema:L8-5, coluna 3, tirou 11, amarelo, 25% do dano, causou 5 pontos de dano



GLOIN:
Diante de suas palavras todo o grupo avança pra dentro da mata, ao sairem da cabana, uma nova saraivada de flechas é disparada. Duas flechas por pouco não acertam Náin pelas costas, a outra, que veio de na direção oposta a seu grupo passa longe até que há alguns passos, vc´s vêem começando a correr, fugindo de vc´s enquanto grita alguma coisa num idioma desconhecido para vc´s.

VULTO MAGO:
Após se recobrar da bola de fogo de Pammala o vulto volta a recitar suas palavras, o som de faíscas elétricas podem ser ouvidos de suas mãos quando ele aponta para Derin que avançava em sua direção, um raio sai na direão de Derin.
O raio atinge em cheio o peito de Derin, que por pouco não cai, mas curva-se de dor.
Citação:
Sistema, coluna 4, tirou 10, 25%, causa 7 pontos de dano


ZUMBI ATACADO POR SAM:
Após receber o corte na perna o zumbi olha pra vc com seus olhos de morte e movimenta o braço de baixo pra cima golpeando-o. O golpe acerta-lhe bem no rosto, arremessando-o alguns metros a frente, seu gládio cai longe de vc, e vc não possui forças para se levantar, os ferimentos e o cansaço o levaram a exaustão e vc estará fora de combate.

Citação:
Sistema: L5-5, coluna 0, tirou 19, 100% do dano, 12 pontos


TODOS:
Notei uma coisa no forum que é perigosa, não pode-se EDITAR uma postagem pra mudar o resultado do teste, mas, quando rola-se muitos dados de uma vez, eu poderia EDITAR a postagem de forma a reorganizar as ações declaradas, escolhendo onde colocar o melhor resultado, por exemplo, inicialmente eu rolo 3d20 e declaro que são, iniciativa, ataque e o uso de uma habilidade. Após enviar a postagem e conferir os resultados, verifico que saiu: 20, 9, 16, pensando em colocar o 20 como o resultado do ataque, eu edito a postagem de forma que fique declarado assim: ataque, iniciativa e uso de habilidade.

Não sei se to falando bobagem e existe um sistema de verificar se alguém faz isso ou não, se houver e vc´s conhecerem por favor me avisem, caso não exista vou pedir que rolem apenas um dado por postagem, se tiver que rolar mais de um dado, peço que façam em postagens separadas e declarando o que está sendo rolado na PRIMEIRA POSTAGEM, ok?

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 14:29:12

Ordem:
Iniciativa do proximo turno do vulto mago
iniciativa do proximo turno dos demais vultos
primeira flecha no grupo de gloin
segunda flecha no grupo de gloin
terceira flecha no grupo de gloin
ataque com magia do vulto mago
ataque fisico do vulto em sam

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 14:40:35
[Ah meu machado! Até que enfim o achei] - Junto meu machado e deixo o corpo decapitado junto a seus pertences, seguindo atrás do grupo o mais depressa que minhas pernas podem correr.

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 14:52:07
CONNOR:
Já role sua iniciativa pra quando vc chegar no grupo.

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 15:01:30
Iniciativa.

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 16:08:02
Agora, a ação vai depender do cenário que se formar.

Caso Derin chegue perto dos inimigos a ponto de ser ferido pela bola de fogo, então não me resta muito além de voltar a correr junto com o prefeito e os outros (a não ser que eu saiba que a armadura elemental o protege do fogo).

Caso ainda seja seguro para Derin, faço nova invocação do poder do fogo e lanço outro ataque, ainda no mago.

Ainda bem que ele não me tomou como um perigo imediato. Espero ajudar com mais esta. Melhor inutilizar o mais fraco primeiro.

Se precisar, iniciativa e no próximo, o ataque.


Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 16:09:07
Ataque.

Ai... Preciso rolar a falha desastrosa da magia?

[1d20]

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 16:22:05
Off: De acordo.

Vendo que o vulto corre digo:
Maldito imundo! Ardras (ou Vardem, não sei quem tem a besta) dispare, DISPARE!

Depois me aproximo de uma árvore dizendo:
Vamos ficar aqui, a árvore nos dará uma certa proteção. Caso venha a se complicar arrancamos a machadadas parte da árvore e nos defendemos usando-as de escudo. E se piorara teremos de irmos.

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 16:24:17
Vai aí a resolução do crítico se for preciso.

[1d20]

Enviado por: Ares - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 16:47:52
(Off:O dano do raio foi absorvido pela Armadura Elemental?Pois dai eu teria recebido só um ponto de dano e teria ficado sem a armadura dai em diante.E certinho ai.)
Continuo atacando como pensado de forma quase suicida,minha proteção havia acabado e só me restava matar aquele mago o mais rápido que pude-se.
Segue os ataques como antes planejados.

Enviado por: †_Junior_† - terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 18:57:37
(off: Samyaza, da pra perceber claramente quando alguém está tentando "burlar" o sistema, pela ordem das ações declaradas. Num combate, é bem óbvio que a ordem, numa mesa de jogo, seria: iniciativa e depois ataque. Caso haja alguém falando "dados na sequência: ataque e depois iniciativa", é bem claro que está tentando se favorecer. e também pela lógica das ações. Se uso uma habilidade e depois ataco, os dados devem ser: habilidade, iniciativa [se for necessário] e depois ataque. Mas se quiser, seguimos como você falou. Só vai meio lotar o tópico de postagens...)

[argh, que dor... estou zonzo, minha visão está embaçada... droga...]

Começo a me arrastar para longe, tentando sair o máximo possível de perto do combate. Enquanto me arrasto, tento observar a situação que estamos.

(sei que não tem como usar habilidade no estado que estou, mas apenas interpretando, tem como eu ter uma visão (mesmo embaçada) da situação?)


Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 14:48:40
ORDEM DAS INICIATIVAS:
Nome iniciativa (resultado do dado + agilidade)
Pammala 20 (19+1)
Zumbis 20 (20+00
Vulto mago 16 (14+2)
Sam 14 (10+4)
Derin 13* (11+2) *não achei sua rolagem de iniciativa então fiz uma média com as iniciativas do grupo, na proxima, considerarei o resultado no dado como zero,ok?
Connor 7 (5+2)


Eu prefiro que vc´s aguardem que cada um poste sua ação na ordem da iniciativa, porém, isso não é uma obrigação.

PAMMALA:
Vc concentra novamente o karma ao redor de si e se prepara para conjurar outra bola de fogo em direção ao vulto, porém a visão de Sam sendo atingido e nocauteado pelo zumbi fazem com que se desespere e perca o controle durante a conjuração da magia, o karma já concentrado ao redor de si acaba sendo dispersado de forma errada e a atinge, sua pele começa a esquentar e a arder pela dissipação equivocada do Karma. Seu corpo se contorce todo e vc vai exausta no chão.
Citação:
Sistema: magias de ataque tem que ser roladas para verificar se acertam e possuem coluna de resolução igual a nivel na magia (1), vc rolou uma falha desastrosa, e na verificaão conseguiu um 17, vermelho, que de acordo com a tabela de falha, causa 25% do dano em si mesmo, a bola de fogo causa 12 pontos de dano no total ou 3 no caso de 25%



ZUMBIS:
Derin, os zumbis começam a se mover em sua direção formando um círculo, eles ignoram Sam, alguns até pisam nele para chegar a vc.
Citação:
sistema: usarão a ação apenas para se mover e alcançá-lo, para não terem redutores no deslocamento.



VULTO MAGO
O vulto começa a proferir um cântico numa lingua estranha e vc´s reconhecem uma voz feminina e rouca, enquanto a maga canta uma esfera feita de pura escuridão sai de cima de sua cabeça e começa a tomar o local, impedindo a visão de todos vc´s.


SAM:
Como vc só pode falar, sua ação é livre. Se arrastando pelo campo, de um lado vc vê Pammala se ferir sozinha pelo acumulo de magia ao seu redor, do outro, Derin, que avançava em direção à maga é cercado por zumbis. A maga por sua vez recita versos e torna tudo ao redor uma grande escuridão.


DERIN:
OFF: realmente, eu esqueci de descontar a absorção da magia, to corriigindo agora, ainda bem que vc´s são afiados com regras, desculpe o vacilo. VC só tomou 1 ponto de dano. Como a região está as escuras, vc pode alterar a sua ação se assim desejar, mas, responda, se mantem a tentativa de ataque à maga ou se vai mudar, não se esqueça dos zumbis.


CONNOR:
Quando vc chega onde deveria estar seus amigos, apenas um circulo de uma escuridão densa pode ser visto, vc pode ouvir sons lá e até reconhecer algumas vozes, porém, inicialmente vc não consegue identificar de onde ao certo.


GLOIN:
Ardras dispara a besta contra o Sombrio, mas o virote fica numa árvore e o Sombrio foge. Náin e Rarurg ficam de vigia, pelo menos uns 3 minutos, que pareciam décadas, se passam sem nenhum sinal de alguém por perto, no silencio absoluto, vc´s só escutam a respiração ofegante uns dos outros. Benjen, aproveita para verificar os feridos.

Enviado por: Ares - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 15:23:17
Off:A iniciativa não esta no post #746?De qualquer forma vou mudar a tática.
On:Vendo que estava sendo cercado resolvo recuar e ir para longe dos zumbis,uso a técnica de combate esquiva e tento me distanciar deles.
Dados para corrida curta,se for possível esta e para o que mais precisar.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 15:23:21
Entro dentro da escuridão aos gritos, atacando sempre a altura de meu abdomem quem estiver pela frente usando os dois machados - [Tomara que estejam vivos] AHHHH, AQUI VOU EU... FUJAM PARA SUAS TOCAS IMUNDAS NA ESCURIDÃO.

Dados de Ataque

Off: Vou usar carga e lutas as cegas. Quero passar derrubando tudo que estiver na minha frente até sair do outro lado da redoma escura! Só uma coisa não rola 1d10 para iniciativa? Eu posso rolar um dado aleatoriamente pra ver se eu acerto o mago?

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 15:27:06
Muito bem vamos aguardar um pouco, e daí iremos embora. Como estão os ferimentos dos outros Benjen?

Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 15:35:01
Quando os zumbis começam a passar por mim, me pisando e ignorando-me, começo a gemer de dor, mas penso: [Porque eles não estão me atacando? Estou aqui, semi-morto... Será que estão apenas tentando nos capturar?]

Continuo me arrastando para longe, dessa vez, em direção a Pammala.


Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 15:51:28
Quando caio ao chão, tento juntar as forças que ainda me restam e se o corvo não tiver fugido com minha falha, pego-o, e digo para ele, da forma como Glóin fez na caverna:

Precisamos de ajuda.

Então, solto o corvo e digo:

Vá.

Fico então no aguardo do desfecho do combate e na esperança de que o corvo chegue ao dono.

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 15:43:35
PAMMALA:
Exausta e no meio da escuridão vc escuta o corvo bem próxima de vc, tateando o chão vc o segura e pede a ajuda, vc consegue ouvir o bater de asas dele, lhe dando um fio de esperança.


ZUMBIS:
Os zumbis cercam Derin, tentando atacá-lo com os braços e alguns tentando segurá-lo.
Citação:
Sistema: L5-3-3*=-1, tirou 19, azul, 100%, 12 pontos de dano na EF / *defesa+esquisa/ os outros erraram



MAGA:
A maga continua a proferir palavras num idioma estranho. De repente, todos os envolvidos no combate escutam os gritos desesperados de Jacus que cessam tão rápido quanto começaram.


SAM:
Com muito custo vc esbarra numa coisa macia e leve, provavelmente o tecido do vestido de Pammala, ainda tateando, vc sente o cheiro dos cabelos perfumados dela.


DERIN:
Desistindo de qualquer ação ofensiva, vc consegue evitar a maioria dos ataques, porém, uma das garras de um zumbi acertam sua barriga, fazendo um rasgo em sua proteção, roupa e pele.


CONNOR:
Vc se infla de coragem e determinação e se prepara para entrar na escuridão.
Citação:
sistema: a tecnica carga exige que o personagem fique uma rodada "carregando" antes de usar a técnica.



GLOIN:
Vc aguarda junto aos demais quando Náin aponta para uma coisa que voa na direção de vc´s. Roac pousa em seu ombro gritando: Ajuda! Ajuda! Ajuda!

Benjen lhe diz:
Devem ser os outros, precisamos ir, os feridos vão sobreviver, mas é melhor não lutarem, sugiro que Vardem fique com eles enquanto nós quatro iremos.

Enviado por: †_Junior_† - quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 17:58:14
Ao perceber que me esbarrei em pammala, falo meio sofrido:

- Senhorita Pammala... Está tudo bem com você?


Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 18:20:19
Penso:
[Vardem aqui com o soldado e Ardras? Não sei, não me parece certo]

Estendo a mão para Röac, digo:
Vamos mas Ardras, virá conosco, dois podem se passar por um Vardem, e o soldado ficarão.

Enviado por: arabedoido77 - quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 20:01:36
Quando Sam chega, tateando e me faz a pergunta, digo tentando aparentar que não estou tão mal quanto pareço:

Estou bem, eu acho. Me queimei um pouco ao tentar lançar uma magia e me feri um pouco, mas vou melhorar. E quanto a você?

Espero que os anões recebam a mensagem que mandei pelo corvo, é nossa esperança. Eles são muitos, mas acho que o mago ficou bem ferido. Que Palier permita que os outros acabem com ele.

Ao ouvir o grito de Jacus, abaixo a cabeça:

Pegaram o Prefeito. Agora está nas mãos dos outros.

Enviado por: Ares - quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 23:35:43
Enquanto corro dou um grito de raiva ao ser acertado pelos zumbi.
-AAAAAAAAAAAAAAHH,MALDITAS ARANHAS,MALDITOS ZUMBIS E MALDITAS BRUXAS LANÇADORAS DE RAIOS.
Estava irado e ataco com tudo em direção ao zumbi,com os braços cruzados na frente do meu corpo giro ambos ao mesmo tempo em direções contrarias e tento acertar o zumbi com o punhal e com o gladio.
-QUE CRUINE DESPEDACE SUAS ALMAS E AS JOGUEM PARA OS DEMÔNIOS
Dados para iniciativa,punhal e gladio.

Enviado por: †_Junior_† - sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012 11:31:41
Respondo a Pammala:

- Não estou muito bem, mas vou viver, creio eu. O zumbi me bateu com força no rosto.

Ao escutar também o grito de Jacus, falo:

- Isso é ruim, muito ruim. Pegaram Jacus...

Enviado por: arabedoido77 - sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012 11:53:12
Ao menos enquanto os outros estiverem de pé, não seremos alvo. Espero que eles consigam, senão será o fim.

Enviado por: Samyaza - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 14:50:20
PAMMALA E SAM:
Enquanto vc´s conversam, vc´s percebem lentamente os gritos de Jacus sendo abafados até não serem mais ouvidos.

ZUMBIS:
Os zumbis rodeiam Derin tentando segurá-lo e amontoando-se encima dele. Um deles tenta agarrar Derin pela cintura, mas não consegue segurá-lo. Outro tenta segurar um dos seus braços torcendo-o. Os outros zumbis se amontoam encima de Derin que vai ao chão com os golpes dos zumbis. Vendo que ele cai, os zumbis se levantam e começam a se movimentar.

Citação:
Sistema (5): L5-3, 2, tirou 5, branco, falha.
Sistema (20/7): L5-3=2 tirou 20, critico 7, branco, 50%, 6 pontos de dano e paralisa por uma rodada
Sistema (11) : L5-3=2, tirou 11, amarelo, 25%, 3 pontos de dano
Sistema (15) : L5-3=2, tirou 15, laranja, 50%, 6 pontos de dano



DERIN:
VC cai com o ataque dos zumbis.


CONNOR:
Vc atravessa a escuridão, atacando como um louco com o machado, um deles só encontra o vazio, porém, com o outro machado vc sente o impacto no seu braço de ter acertado alguma coisa, ao atravessar a escuridão, vc vê ao longe, a maga, arrastando Jacus consigo.
Citação:
Sistema:L3-0=3, tirou 2 e 17, um erro ew vermelho, 75% do dano, reduz pra 50% pela ambidestria, 13 pontos de dano



GLOIN:
Quando vc chega ao local, vê um circulo de escuridão que não permite enxergar nada dentro e através dele, apenas um braço, estendido no chão pode ser visto, pelo tamanho, é o braço de Sam. próximo de vc´s, Connor, com os machados em mãos observa alguma coisa entre as árvores. Nitidamente, o círculo de escuridão parece lentamente se movimentar.

Enviado por: Samyaza - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 14:51:45
verificação do crítico [1d20]

Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 15:57:25
Pego o braço de Sam dizendo baixo:
Sam!? Sou eu Gloin, se Pammala ou Derin estiverem próximos a você traga-os para fora. Náin os ajudará.

Depois me aproximo de Rarurg dizendo:
A escuridão se move, ela é magica! Vamos ver para onde vai e a interceptamos, mas devemos ir pelo lado, vamos até Connor.

Chegando próximo a Connor digo:
O que está vendo? Deixe disso eu e Rarurg damos conta, ajude Náin e Benjen com o que der.

Depois vou seguindo pelo lado.

Enviado por: Ares - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 16:26:43
Parei de me mexer,nada mais poderia fazer e não conseguiria cumprir minha missão,falhará com meu mestre e nunca poderia me redimir com ele no mundo dos mortos.
-Espero que os deuses os amaldiçoem eternamente e vocês sofram pela eternidade as piores punições do mundo.
Me deito sobre o chão e espero sem nada poder fazer enquanto relembro da minha vida e da morte dos meus conhecidos enquanto lagrimas escorrem de meu rosto,finalmente iria me encontrar com eles,mas como os dirigirei as palavras.

Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 16:34:35
Vendo que não tinha tempo a perder me limito a dizer a Glóin - Estão levando Jacus! Derin está ali - Aponto para ele. Enquanto falo corro atrás da maga supondo que esteja sobrecarregada com o corpo de Jacus e quando estiver na distância do arremesso jogo o machado nas suas costas e quando me aproximar completo com outra machadada.

off: Thiago meu 50% é 5 pontos??? Essa conta nao ta errada?

Enviado por: †_Junior_† - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 18:58:44
Tomo um susto enorme ao ser segurado por Gloin, mas fico aliviado logo em seguida quando percebo que é o anão. Digo:

- Você quase me matou de susto mestre Gloin, mas estou muito aliviado ao ouvir você. Pammala está ao meu lado, irei segurar o braço dela, podem me puxar. Não sei onde Derin se encontra, da ultima vez que o vi, estava enfrentando vários zumbis.

Falo para Pammala logo depois:

- Segure meu braço nobre elfa, iremos ser puxados. Gloin e os outros chegaram!


Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 21:05:50
Sim, estou aqui. Pode puxar, mas acho que depois consigo me erguer para caminhar.

Estendo o braço e procuro pela mão de alguém.

Depois que sair da escuridão, digo para os anões:

Graças a Palier que consegui enviar Röac. Temia que ele não fosse me obedecer como obedece a seu mestre. Mas foi isso mesmo que o pequenino disse. Não sei o que houve, mas pelo que vi, é um mago e sete outros vultos. Derin foi enfrentá-los sozinho e também ouvi os gritos de Jacus. Acho agora que salvá-lo é o principal. Creio que ficaremos bem aqui..

Tento me erguer apoiando no cajado e começo a olhar em volta para ver se há algum lugar para nós que estamos feridos nos escondermos.

Dado para Observar.

[1d20]

Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012 21:09:47
Parece que deu problema. Lançando de novo. Caso o de cima saia, desconsiderar este.

[1d20]

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 10:40:47
Vendo que Connor está indo atás de Jacus digo:
Então vá!

Viro-me a Rarurg e digo a ele:
Vamos dar conta de alguns zumbis caro amigo, só temos de aguardar a escuridão passar. Não daremos sequer um fiapo de chance a eles.

Depois ajudo Náin e Benjen a puxar Sam e Pammala.

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 17:01:34
flechadas dos elfos sombrios

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 17:05:12
raio eletrico da maga [1d20]

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 17:18:26
GLOIN:
Rarug diz:
Os zumbis dos quais falaram estão dentro da escuridão, eu ei de segui-los e ver onde vão, eles nos levarão até o covil destes elfos e tiraremos eles de lá um a um, e a golpes de machado!!! Náin, venha comigo!!!Glóin é melhor que fique, veja o que aconteceu por temos nos afastados, 3 foram feridos e também não cuidamos tão bem dos nossos.

Ajoelhando-se para ver Derin, Benjen diz:
Derin está muito ferido e eu estou muito fraco, ou o curo ou tento afastar os zumbis.


DERIN:
Deitado no chão frio, vc cospe saliva e sangue tentando manter-se acordado, porém a dor e o cansao tomam o seu corpo e sua última visão antes de tudo escurecer novamente é a de Benjen abaixando-se e colocando a mão em seu rosto e dizendo:
Ainda não é sua hora de conhecer Cruine meu amigo...


CONNOR:
Vc corre e arremessa o machado, percebendo o ataque iminente, a maga sombria, tem tempo apenas de mover-se para o lado, por pouco evitando que o machado lhe atravessasse o corpo, nem percebendo que o arremesso mais serviu de distração para que vc se aproximasse rapidamente e tentasse atacá-la, dessa vez ela se abaixa e o machado acerta apenas seu cabelo e bate de raspão numa árvore.
Citação:
Sistema (arremesso): L3-2=1, tirou 11, amarelo, 25%,8 pontos de dano na EH
Sistema: (ataque comum):L3-2=1, tirou 11, amarelo, 25%,8 pontos de dano na EH

Off: sim eu errei, vi o dano do combate desarmado ao invés do machado, já corrigi a postagem.


PAMMALA:
O local está tranquilo para vc´s agora, os outros já chegaram e começam a ajudar os feridos, enquanto Glóin, Rarurg e Náin, seguem o circulo de escuridão que oculta os zumbis.


SAM:
Recordando-se do cuidado que vc costuma ter com Connor, vc se lembra que ele foi atrás da maga sozinho e vc viu o que ela fez com vc´s todos juntos, mesmo sozinha, ela parece ser ameaçadora.


ARQUEIROS SOMBRIOS:
Do meio da mata os arqueiros disparam contra Connor, uma flecha passa ao longe mas é suficiente para lhe chamar a atenção para as demais, ele se esquiva de uma com um salto, mas a outra atinge-lhe a barriga.
Citação:
Sistema: M4-4=0, tiraram, 4,12,14 falha, amarelo e laranja respectivamente, 25% e 50%, 4 e 8 na EH



SOMBRIA:
Segurando Jacus inconsciente com um dos braços e com ódio nos olhos ela olha para Connor enquanto diz algumas palavras. a eletricidade pode ser sentida na lâmina do machado antes de um raio sair de sua mão, o raio sem em disparada, mas é desviado e dissipado pelo machado caído no chão.


TODOS:
Vardem surge correndo com uma adaga em mãos em direção à Sombria.
Jacus! Jacus! Precisamos salvá-lo!

Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 23:52:08
[Droga, Connor deve estar precisando de ajuda!]

Seguro o braço de Gloin e falo:

- Mestre anão, por favor, vá ajudar Connor. Ele está enfrentando a maga sozinha, e ela parece ser muito perigosa, mesmo para o grandalhão do Connor. Por favor mestre Gloin.


Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 8:51:55
Ignorando os arqueiros ergo o machado sobre a cabeça e ataco a maga.

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 10:36:22
Digo a Benjen:
Cuide deles, não chegou o momemnto de partirem!

Vou ajudar Connor, mas antes digo a Rarurg:
Eu os alcançarei!


Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 10:45:54
[1d20]
Me aproximo de Connor e arremesso a machadinha no elfo arqueiro o qual esta a atirar flechas em Connor, depois corro em carga até ele (se possível), e então começo a atacá-lo.

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 10:49:51
Dado do ataque.[1d20]

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 12:52:04
CONNOR:
Furioso e determinado vc sabe que a maga é sua oponente mais perigosa e precisar dar um fim logo a ela. O machado desce violentamente sobre as costas da maga que ainda estava abaixada após o último ataque. O machado penetra fundo nas costas da maga que cai no chão, sobre Jacus inconsciente, em espasmos e gritos de dor.
Citação:
Sistema:L3-2=1, tirou 14, laranja, 50%, causou 18 pontos de dano, 4 na EH e 14 na EF



GLOIN:
Avançando de forma rápida e precisa, vc arremessa a machadinha, a força do arremesso faz o sombrio quase cair quando a machadinha penetra no seu ombro, desequilibrado e ferido foi fácil acertá-lo com o machado. O golpe derruba o sombrio no chão enquanto uma poça de sangue começa a se formar, ele ainda respira, mas parece não ser mais ameaça alguma.
Citação:
Sistema (arremesso): L4-5 = -1, tirou 19, 100%, causou 19 pontos de dano, 13 na EH e 6 na EF
Sistema (machado): L4-5 = -1, tirou 12, causou 8 pontos de dano na EF



PAMMALA, SAM, DERIN:
Enquanto vc´s são ajudados por Benjen e os demais, vc´s notam que a esfera negra desaparece subitamente revelando apenas o grupo de zumbis, andando a esmo, sem pestanejar Rarurg e Náin começam a desmembrá-los a golpes de machado. Nota-se também que os zumbis, eram os guardas que os escoltaram até as cabanas.

Com um ar sério, Benjen diz:
Cruine! Será uma noite longa para mim...

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 13:16:36
Agarro a elfa pelo pescoço com apenas um dos braços levando-a para minha frente (quero dar um mata leão com apenas um braço) forçando meu antebraço abaixo de seu queixo fazendo com que ela sufoque e não possa falar e realizar magias. Fico de pé e viro para os arqueiros elfos gritando e apontando com a a ponta da lâmina do machado na outra mão em direção a virilha da elfa sombria - PAREM OU RASGO A CADELA AO MEIO!!

Dado de CD para agarrar. Se precisar de mais testes é só dizer.

Enviado por: arabedoido77 - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 13:25:20
Depois que a escuridão se dissipa e a maga cai, tento andar na direção de onde estão os outros, me apoiando a custo no cajado. Comento com os outros:

Vou ali ver o que consigo encontrar. Pode ser que haja alguma informação a acrescentar em nossa investigação. E no mais, precisamos procurar o senhor Jacus, ele deve ter passado maus bocados, assim como nós.

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 15:56:59
Vendo que Rarurg e Náin dão conta dos mortos, Connor imobilizando a elfa moribunda, e este elfo que não representa mais perigos, me viro ao que está em cima da árvore e digo:
Venha aqui ou derrubo está maldita árvore!

Mas antes pego minha machadinha e arremesso nele.

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 19:01:36
flechas dos dois elfos na elfa

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 19:06:51
CONNOR:
A elfa tenta balbuciar alguma coisa mas é impedida devido a força do seu agarrão. Súbito, duas flechas rasgam o ar até encontrarem o corpo a elfa que estava indefesa. Ela espasma em seus braços antes de lentamente, começar a perder as forças.
Citação:
sistema: L9-0 = 9, tirou 6 e 19, amarelo e azul, 25% e 100%, causaram 4 e 16 pontos de dano na EF.

Após dispararem, ele se embrenham no meio das árvores.


PAMMALA:
Onde exatamente vc pretende procurar alguma coisa?


GLOIN:
Faça o teste de ataque por favor.

Enviado por: Ares - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 19:21:10
Off:Estou desmaiado ou algo do gênero?Já que no post 788 fala que a ultima coisa que vi foi Benjen.Mas no 794 meu nome é colocado,como se eu estive-se observando algo,sem dizer que acordava ou não.

Enviado por: arabedoido77 - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 20:10:32
Desculpa aí. Essa de escrever e depois tentar acertar o erro sempre dá problema.

Quero ir até os inimigos mortos, ver se há algum pertence com eles. Principalmente a tal maga, se já estiver morta quando eu chegar. Meu interesse maior é por informações. Se conseguir o livro de magias dela, ainda melhor.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 21:51:57
Quando as flechas perfuram o corpo da elfa jogo ela no chão e verifico o estado de saúde de Jacus, e então chamo a Benjen - Sacerdote, ajude aqui - Observo ao redor e então falo - Estão todos bem? Benjen faça os primeiros socorros nos feridos - Sem mesmo esperar as respostas passo a juntar as armas e armaduras dos guardas mortos.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 10:38:33
[1d20]
Ataco o elfo.

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 12:02:14
DERIN:
OFF: o erro foi meu, vc está inconsciente, foi mal.

PAMMALA:
Remexendo no corpo da sombria enquanto vc se pergunta o quanto esses seus irmãos foram seduzidos pelo poder ao ponto de matarem um igual desta forma, vc encontra alguns pergaminhos, um livro velho e cheio de mofo, alguns materiais sem importancia provavelmente usados como fetiches mas magias da sombria e o bastão de madeira negra que ela carregava.

CONNOR:
Benjen lhe responde com um tom frio e ainda ajoelhado no chão ajudando Derin:
É exatamente isso que estou fazendo guerreiro, aqueles que lutam ao meu lado eu considero como irmãos e a eles presto minha ajuda primeiro, além do mais, Jacus não aparenta ter ferimento algum. não tenho mais forças para tratar destes ferimentos de forma arcana e tudo dependerá agora dos meus conhecimentos em medicina e da própria resistência deles.

GLOIN:
Vc arremessa a machadinha, mas ela parece encontrar apenas o vazio, não há mais o menor sinal dos sombrios arqueiros.
Rarurg e Náin voltam abraçados, sujos de sangue e cantando alegremente uma canção anão evocando glórias em batalha.

TODOS:
Com todos reunidos, vc´s precisam decidir o que fazer.

OFF: Por favor, vc´s poderiam depois postar no topico de dúvidas o equipamento carregado de cada um?

Enviado por: †_Junior_† - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 12:06:23
Me aproximo de Benjen (me arrastando?) e pergunto:

- Derin irá sobreviver sacerdote?

Depois me viro para Connor e falo:

- Está tudo bem, mestre Connor? A maga sombria parecia uma oponente complicada.

Enviado por: arabedoido77 - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 12:19:14
De posse dos pertences que encontrei, fico um tempo olhando os corpos dos sombrios e pensando com certa tristeza: "Que Palier tenha piedade dessas pobres almas". Depois, começo a dar uma vista de olhos nos pergaminhos e no livro em busca de alguma informação importante. Apenas uma olhada rápida, mais para saber do que se tratam e se há algo imediatamente relevante. O bastão, gurdo para analisar melhor depois.

Depois da análise rápida, me aproximo de Jacus, passando perto de Derin. Enquanto passo, pergunto a Benjen, meio sem graça:

Por acaso foi minha magia que falhou que o atingiu também? Tudo o que vi foi uma explosão e depois aquele escuro.

Dou um tempo para que ele responda e então tento ver se Jacus está ferido ou se está apenas desmaiado e dependendo do caso, tento reanimá-lo.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 13:20:19
Vou até onde a machadinha caiu e a pego de volta. Voltanto começo a assobiar, e na direção de Rarurg e Náin, enceno uma dançinha anã. Depois paro perante os outros e digo:
Aqueles que estiverem vivos nós levaremos de imediato para a cidade, aqueles que estiverem mortos, amontoaremos e atearemos fogo. Nem mesmo os corvos, (Levo a mão até a cabeça de Röac) são capazes de comer lixo como este.

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 13:41:54
Arrasto o corpo de Jacus para perto de Benjen e no caminho respondo a Sam - Comigo sim, o problema não foi a magia da cadela e sim as flechas disparadas pelos chacais sombrios - Arranco a flecha que ficou presa na minha cota de malha e jogo no chão. Ao chegar até o sacerdote coloco o corpo de Jacus nos seus pés e digo com sarcasmo - Por gentileza, quando acabar com o elfo, faça o favor de verificar as condições do prefeito - Dou um sorriso forçado para Benjen. Observo ao redor a procura de Vardem e Ardras, verifico o que eles estão fazendo e então digo a todos - Irei voltar até o acampamento, enquanto Benjen socorre os feridos - Antes de seguir para o acampamento vou até os corpos dos soldados mortos e retiro suas armas, armaduras, moedas. Depois vou até o acampamento buscar algo de valor que ficara para trás seja armas, armaduras, etc.

off: Meus equipamentos q estao na ficha estão corretos! Acho que não recebi dano na EF, já que não zerou a minha Absorção certo? Só conferindo eu estou com meus dois machados!?

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 15:00:30
De fato Connor, vá e dê uma olhada no acampamento, no caminho deixamos um guarda ferido, ele NÃO ESTÁ MORTO, traga-o de volta.

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 19:06:34
SAM:
Vardem e Ardras ajudam a posicionar todos os feridos de forma mais confortável, seja deitados ou sentados.
Ardras:
Calma Sam, eu lhe ajudo, admiro sua bravura, não condiz com seu tamanho e com sua aparência jovem e inexperiente

Benjen, olha pra vc com uma expressão estranha e séria:
Sim Sam, ele vai sobreviver, é pra isso que estou aqui, mas deixe-me cuidar dele sim...


PAMMALA:
Os pergaminhos parecem se tratar de rituais e livro parece ser o grimorio da elfa.

Benjen irritadiço interrompe algo que parecia ser uma prece que ele balbuciava e diz:
Como falam vc´s!!! Não coloquei em dúvida as lâminas de Connor, Derin e Gloin, nem a astúcia e coragem de Sam e muito menos seus conhecimentos e magia, agora chega de duvidar de minhas capacidades sim? Deixe-me cuidar dele.


GLOIN:
Ao se aproximarem de vc, eles sacam uma garrafinha de alguma bebida e lhe oferecem juntando-se à sua dança.
Rarurg rindo para vc diz:
Náin, meu filho, demonstre a força e a disposição dos jovens e reúna os corpos, ok?

Náin. abandonando a dança contrariado:
Claro meu pai, como queira.


CONNOR:
Muito irritado com sua atitude, Benjen, deixa Derin de lado e com os olhos fixos em vc diz:
O lider ainda é Gloin, que eu saiba, vc não é ninguém para dar-me ordem homem do norte, tenha paciência e cuidarei de todos, muito mais rápido se puderem parar de me importunarem, se tivesse usando os milagres de Cruine, já não teria mais nenhum de tanto ser interrompido.

Vardem e Ardras estão ajudando os feridos, quando vc arrasta Jacus, Vardem se aproxima para ajudar a carregá-lo com mais dignidade. Depois de ajeitar Sam, Ardras se levanta:
Vou com vc Connor, os fugitivos podem estar a espreita.

No acampamento todas as posses estão lá, mas são, praticamente equipamentos de viagem, e um pequeno baú de no máximo 2 quilos, não há sinal do outro guarda que Gloin falou. No acampamento Ardras diz:
Melhor trazer os outros pra cá, desmontarmos as coisas e voltarmos pra segurança da cidade, antes que os anões se embebedem demais e decidam caçar elfos a noite toda.

OFF: Cara, manda o topico discriminando o que é equipamento inicial seu e o que é todo o equipamento cedido por Jacus,

Enviado por: bcsaulo - sábado, 25 de fevereiro de 2012 10:25:22
Digo a Ardras enquanto abro o baú - Se ficarmos aqui os sombrios podem voltar, vamos levantar o acampamento e então voltamos para junto dos outros - Começo a desmontar as barracas, e juntar o material.

Enviado por: †_Junior_† - sábado, 25 de fevereiro de 2012 10:37:25
[Humm, Benjen parece irritado...]

Respondo a Benjen:

- Isso é bom. Mas não irei mais fazer perguntas, você precisa se concentrar.

Se fui deixado deitado, fecho os olhos e tento descansar um pouco.


Enviado por: Vercenorax - sábado, 25 de fevereiro de 2012 18:30:26
Antes de Ardras partir digo-lhe:
Nós Anões somos baixos, mas condizemos com nossa aparência.
Esboço um sorriso.

Aceito a bebida e digo:
Quando voltarem partiremos. Se tudo estiver certo. Quanto a Connor, me parece ser meio impetulante e um pouco obtuso, mas é um valoroso guerreiro.

Enviado por: arabedoido77 - sábado, 25 de fevereiro de 2012 20:38:39
Depois fa bronca, baixo a cabeça e respondo a Benjen:

Desculpe-me, vou deixá-lo trabalhar em paz. Também vou me concentrar em meus afazeres.

Me afasto um pouco e paro para estudar com mais detalhes as coisas que peguei com a maga e aproveito para anotar as descobertas e matar a curiosidade.

Enviado por: Samyaza - segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 14:04:05
CONNOR:
O baú está trancado e vc não possui conhecimentos para abri-lo, pode tentar quebrá-lo com um golpe de machado.
Ardras em silêncio começa a ajudá-lo a desmontar as barracas e em pouco tempo tudo está pronto porém, a carga é muito pesada para apenas vc´s dois carregarem, no mínimo mais uma pessoa, ou, um sucesso num teste de Força Muito Díficil.

Quando Ardras vê vc com o baú diz:
Ei! o que pretende fazer? Isto pertence a Jacus, se saquear o Regente de Lubliana sou obrigado a prendê-lo!


SAM E PAMMALA:
Benjen ignora vc´s enquanto termina os cuidados com Derin e vai ver o prefeito.
Ele praticamente não foi ferido, só algumas escoriações, desconheço o motivo da inconsciência, talvez um desmaio de medo ou susto, mas ele já deveria ter acordado. Na cidade, vou deixá-lo sob observação, não sabemos o que a elfa fez com ele.
Após deitar Jacus ele se aproxima de vc´s e começa os cuidados.


GLOIN:
Uma fumaça começa a subir dos corpos empilhados e queimados por Náin. Rarurg diz:
Lamento por estas mortes, a maior parte deles eram homens de Lubliana, mortos por estes malditos e mortos novamente por mim e por Náin, as vezes penso, com o devido temor, se um dia terei que erguer meu machado contra outro anão e muitas vezes, não sei se teria coragem para tal...

Náin que voltava da fogueira com sua arma no ombro diz:
Pai, padrinho, enquanto queimava os corpos pensava no ataque que sofremos, extremamente bem organizado, letal, foi realizado em pouco tempo, se não fosse aquele soldado sobrevivente ter-nos avisado, estaríamos cercados de mortos vivos e sendo alvejados pelas flechas e magias dos orelhudos, nossas chances seriam bem menores, assim, deduzo que sofremos uma cilada, e,se houve, que alguém delatou nossa posição.

Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 14:53:26
Ao ouvir as palavras de Benjen, começo a procurar no grimório e nos pergaminhos algo que possa explicar ou nos dar alguma pista sobre o que foi feito a Jacus e o que deve ser feito para ajudá-lo.

Comento com ele:

Tenho aqui o grimório da sombria e alguns pergaminhos e outros apetrechos que estavam com ela. Pode ser que nos diga algo sobre o que foi feito ao Prefeito. quer ver também se há algo que o ajude, Senhor Sacerdote?

Entro em estado de total concentração analisando os escritos.

Dado caso seja necessário. Não tenho certeza se seria Misticismo, ou Observar.

[1d20}

Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 14:54:31
Digitei errado, disfarça.

[1d20]

Enviado por: arabedoido77 - segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 14:57:42
Considerando a falha, vou tentar de novo.

[1d20]

avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1056
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum