Sétima parte - Caminhada até as minas assombradas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sétima parte - Caminhada até as minas assombradas

Mensagem por Samyaza em Seg 07 Out 2013, 00:45

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:11:38
- Muito bem senhor líder, você é quem manda. Jered pode levar essa mochila para o acampamento - Espero que ele responda, e então entrego a mochila com o estojo de trabalhos em metais junto com algumas tochas, logo digo - Já podemos ir? - Digo sorrindo.

(Off: estamos levando, 10 tochas, 1 lanterna, 1 odre de óleo, estojo de 1º socorros, 100 metros de corda e gancho. O resto deixo junto a outra mochila).

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:14:34
É bom que saiba quem está no comando Connor! Mas no mais podemos ir. Vamos Cletus, Náin retorno para o jantar diga a seu pai.

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:20:46
- HAHAHA, resposta errada Glóin. Se você está na liderança fui eu quem permitiu. E eu vou você queira ou não.

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:25:48
Zurra feito um burro e faz menos sentido do que um, você não me daria permissão para ABSOLUTAMENTE NADA, nem sequer que eu deixasse, estou na liderança pois tenho capacidade para tal, além de ser um Anão para asuntos do povo da pedra, e em momento algum Connor, disse que não iria, sua interpretação foi incorreta no mais restando PODEMOS IR.

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:28:41
(Off: Foi mal... Li outra coisa)

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:31:46
(Off: De boa.)

Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:33:07
-Por que não resolvem esta briga nas minas vendo quem salva o grupo mais vezes?Seria algo mais produtivo a fazer não concordam?Então se podemos ir aquele que puder guie o grupo para as minas.
Alguem vai se matar antes de chegarmos a mina.E tenho que arranjar flechas.
-Por acaso não teria Flechas no meio deste equipamento?Pois não estou em condições de comprar algumas.

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:36:09
Cletus a honra é sua, vamos então.

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:43:48
- Não sabia se você viria conosco então não tem nenhuma flecha. Mais tenho algumas moedas, compraremos no caminho algumas flechas pra você.

(Off: Thiago tenho ainda algumas moedas, retire 1 MP e compro 10 flechas para o DERIN. A proposito ajuste minha EH para 21 e A EF em +2 por causa do escudo grande).

Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 15:55:36
-Obrigado Connor,espero que possa lhe retribuir em breve.

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 22 de novembro de 2011 16:51:50
Pego as folhas que Connor me entrega. Faço um gesto de agradecimento. Digo a ele:

Agradecida. Agora posso registrar todos os feitos do grupo. E talvez algumas informações a mais sobre essas minas. Quem sabe os segredos que se escondem lá dentro?

Se ninguém fizer objeção, pego também uma das lanternas e um frasquinho de óleo. Coloco na bolsa e tomo caminho.

Quando os dois discutem, penso comigo: [Esta viagem vai ser interessante.]

Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 16:58:54
Me dirijo a Pammala ao ouvir ela falar sobre os segredos e falo:
-Acho que seria prudente deixar os segredos dos anões pros anões.E não revela-los sem as permissões destes,a não ser que queira outra briga e esta não se resumira a palavras.

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 22 de novembro de 2011 19:23:00
Sorrio para Derin:

Eu sei. E já concordei com os termos dados pelo Senhor Gloin. Se houver algo que ele não queira que seja revelado, com certeza terei o maior respeito. Seria o mesmo caso de alguém querer revelar os segredos de Âmien, que nos protegem ou então, alguém que quisesse revelar ao mundo os segredos de Gironde.

Meu interesse não é esse. Como historiadora, quero registrar somente a parte histórica mesmo. E os Anões, com toda a razão, são bastante orgulhosos de seus feitos e de sua História. Imagino que eles não se oporiam a isso. Mas meus registros serão submetidos à aprovação deles. Disso todos têm minha palavra.

Além disso, apenas preciso fazer o relatório ao Governante de Marna que me mandou aqui investigar sobre os fantasmas. Isso não revelaria nada sobre as minas em si.

Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 19:45:25
-Sendo assim pode evitar futuras brigas,deve saber melhor que eu dos desentendimentos de elfos com os anões e vise-e-versa.Eu só me pergunto,e se não foram fantasmas e sim alguma coisa mais maligna e poderosa comandando as mortes,ou isto seja parte de intrigas diversas.Quanto encontrei Jered pela primeira vez ele não me pareceu alguém que se embebedava,tudo isto me deixa com certas duvidas e suspeitas,mais nada que possa confirmar de nenhuma forma.
"Será que tudo isto é uma trama dos anões para tomar o poder da cidade através de rumores que enfraqueçam o poder de Jacus?Ou talvez o contrario.E estes tais elfos sombrios,se elfos já odeiam os anões de certa forma,imagina estes tais sombrios.Sem mencionar que poderia não ser fantasmas e sim algum monstro ou até um mago.Tantas hipóteses e será que estamos preparados para tais."

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 22 de novembro de 2011 20:01:07
Fico pensando um pouco.

Realmente,não ignoro os problemas que alguns Anões têm conosco. Sei que também muitos elfos não os vêem com bons olhos. Outros, como os de Gironde, não simpatizam com praticamente nenhuma outra raça.

Eu, particularmente, até agora não vi nenhum motivo para ter antipatia pelos Anões e acredito não ter dado nenhum motivo para que qualquer um deles tenha algo contra mim.

Me interesso depois pelo outro assunto.

Acha mesmo que pode haver algo lá que não sejam fantasmas? De que outra coisa desconfia? Quanto ao Senhor Jered, o conheci quando consegui a audiência com o Lorde Jacus e o Senhor Rarurg. Para mim, ele pareceu bastante prestativo. Foi o primeiro que falou em favor de nos darem a permissão de ir às minas. Acha que ele pode ter alguma outra intenção nos ajudando assim?

Acho estranho um ponto: se ele esconde algo, por que nos mandaria lá, principalmente sabendo que vim em missão pelo Reino para investigar o que ocorre lá?

Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 20:13:45
-Não sei,só tinha visto Jered quanto fui contratado pra ir na caravana,mais que me parece estranho ele ficar bêbado antes de entrar nas minas me parece.Mais não sei se seria útil pra ele este caso,ele não deve querer algo de ruim aqueles que lhe ajudam na caravana.Mais não sei se sabe de certas intrigas.-Começo a falar mais baixo para que ninguém possa me ouvir-Não me lembro bem os detalhes,mais parece que existe certas intrigas entre a Liga dos Forjadores,se não me engano este é o nome e o prefeito.Não sei direito os detalhes mais há uma certa briga entre o atual chefe da liga e um outro anão,que parece contar com o apoio de Jacus.Só não vejo como isto se encaixa com o grupo,podemos ser uma simples ferramente ou pode ser realmente fantasmas nas minas,só especulações.Além de que pode ser qualquer outro fator que causa estes sumiços,tantos que só podemos nos preparar pro inesperado e que os deuses nos pretejam.

Enviado por: arabedoido77 - terça-feira, 22 de novembro de 2011 20:52:48
Baixo a cabeça e fico com um ar pensativo.

Tem razão. Que os deuses nos protejam. Acho que estamos em boas mãos. (Aponto para o grupo como um todo). Os deuses têm aqui, pelo que me parece, ótimos instrumentos para proteger a todos.

Falo baixo, em um tom discreto:

Por enquanto, acho que temos algo que potencialmente pode nos proteger de uma possível armadilha que é a pessoa que me enviou. Creio que quem quer que seja que está por trás dos boatos vai querer que pelo menos saiamos de lá vivos para que pelo menos eu possa ir lá a Marana relatar que não encontrei nada.


Enviado por: Ares - terça-feira, 22 de novembro de 2011 21:35:42
Continuo falando baixo.
-A não ser que este seja o objetivo de quem queira que entremos lá,colocar certo panico com nossas mortes e ganhar certa influencia com isto,podendo assim aumentar seu poder.E aconselharia a falar com Benjen sobre isto depois,ele possui muito mais fatos que eu ou você sobre fantasmas e provavelmente sobre vários fatos que tem ocorrido,tenho certeza que uma conversa com ele poderá ser muito esclarecedora.Possuo algumas ideias através de informações que este passou,mais acho que se chegar as suas próprias conclusões sem interferência das que tive,mais o que sabe sobre elfos sombrios?

Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 11:01:58
Fecho um pouco a expressão, de forma pensativa.

Os sombrios... Ouvi falar muitas cosas sobre eles e praticamente tudo o que ouvi foram coisas bem desagradáveis. Rumores dizem que eles andam por aí, de um lado par ao o outro às escondidas e seus fins são desconhecidos. Meu mestre me advertiu várias vezes que boatos devem ser ouvidos com cautela. Da mesma forma que carregam verdades, muitas mentiras também são acrescentadas. O difícil é separar uns de outros.

Quanto a Benjen, posso conversar com ele sim. É sempre bom ter maiores informações sobre o que vamos enfrentar. Isso sem falar que quanto mais detalhes forem acrescentados ao relatório, melhor. Sabe que os governantes precisam da maior riqueza de informações possível para poderem tomar as decisões de maneira mais eficiente.

Enfim, se encontrarmos sombrios lá embaixo, não sei se isso não seria preferível. Ao menos seriam adversários materiais, de carne e osso, mais fáceis de serem feridos pelas armas dos guerreiros do que fantasmas sem corpo. Ainda mais se esses sombrios forem magos. Os guerreiros podem acabar com eles facilmente se conseguirem chegar perto deles.

Enviado por: Ares - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 12:17:28
"Magos?Se estes elfos forem magos só aumenta o problema"
-Me diga,seria possível um mago controlar os espíritos de alguma forma?Pois se sim espero que minhas previsões estejam erradas.
"Se Benjen estiver certo sobre estes serem estarem vindo para perto,e confio na palavra dele.Então se o caso com a mina tiver algo haver com isto não vai ser uma boa coisa"

Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 13:50:10
Paro para pensar um pouco.

Pelo menos as magias que conheço não permitem isso. Não tenho muita certeza, mas pelo que me lembro, necromantes podem controlar e até criar mortos-vivos. Até onde sei o controle não é eterno, mas os que são criados são leais até o fim.

Falo baixo, só para Derin escutar:

Não sei, mas se ele (aponto com o olhar na direção de Jered) souber de algo a mais, talvez seja esta uma boa oportunidade, aproveitando que ele bebeu um pouco a mais. A bebida tem um efeito de "soltar a língua" de quem a consome a mais.

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 15:08:35
Muito bem meus caros, acho que já é hora de partir, Cletus, vamos então, que o dia promete.

Depois disso, passo Röac para o ombro, e falo a ele:
Diga, Grão! Grão!

(Esperando a ação dos outros.)

Enviado por: Maedhros - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 15:11:17
apenas puxo o capuz, ajeito a mochila e acompanho os outros da equipe.

[que os deuses nos ajudam...]

Enviado por: Ares - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 15:13:33
Fico pensativo por uns segundos e respondo com a voz baixa
-Poderia soltar a linguá dele,mais acho que este é o ambiente errado.Além do fato de ter uma pequena confiança nele e duvido que ele seja um suicida pra entrar numa emboscada já sabendo desta.Então diria que se é uma emboscada talvez ele não saiba e se for para outros assuntos provavelmente terão momentos mais adequados.
Olho pras outras pessoas e vejo como esta a preparação pra sairmos.
-Parece que Gloin esta chamando todos pra sairmos
Me encaminho para onde Gloin esta e espero até que a comitiva se encaminhe.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 15:14:31
Arrumo mochila nas costas, dou um ultimo gole no meu vinho e começo a segui-los.

Enviado por: arabedoido77 - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 16:58:40
Sigo o chamado de Gloin.

E que os Deuses nos protejam.

Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 23 de novembro de 2011 19:37:01
Acompanho os outros. Antes de sair, pego uma mochila que eu tenha capacidade de carregar. Vou andando próximo de Connor.

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 24 de novembro de 2011 13:48:56
OFF:
Caramba, quanta postagem, estive ausente pq estava com um vazamento de água em casa, mas parece estar tudo resolvido.
Pessoal, por favor, me mandei por e-mail o que cada um está carregando e Connor me manda a lista de equipamentos já somados os materiais que os outros personagens pediram por gentileza.

TODOS:

Após as ordens de Glóin, Cletus e Náin tomam a frente do grupo e os conduzem pela cidade. Normalmente algumas pessoas olham curiosas o grupo misto que atravessa a cidade, tendo à frente um dos líderes entre os mineradores.

Já próximos da saída norte de Lubliana, alguns curiosos se reuniam e já era possivel ouvir as pessoas cochichando sobre o que vc´s estariam indo fazer, alguns, até acertavam em suas deduções. Crianças os rodeavam fazendo-lhes as perguntas que os mais velhos por vergonha ou medo, não faziam. Algumas vezes vc´s até percebiam que um ou outro adulto chamava uma criança e cochichava com ela antes que ela viesse lhes interrogar.

Após um pouco menos de uma hora de caminhada vcs chegam às minas. Alguns mineradores humanos descansavam distraidamente e levantaram-se num susto ao ver Náin e Cletus se aproximando, a presença de vocês trouxe muito dos mineradores, completamente imundos e suados e questionarem Náin sobre o motivo de suas vindas.

Dentro das minas vc´s caminham por uns 15 minutos, o terreno é irregular, as paredes são trabalhadas na própria pedra, não há colunas ou vigas de sustentação, comuns em minas humanas, Náin e Cletus o tempo todo se vangloriam do trabalho. Logo, Náin faz um aceno com as mãos, sinalizando para pararem.´Na frente de vc´s está um burcao circular feito com uns 10 braços de raio. Náin diz:

"É Aqui, são nas escavações feitas lá embaixo que os boatos se originaram"

O ar sopra frio vindo do buraco, Náin e Cletus começam a girar uma engrenagem semelhante a um timão de navio, porém, bem maior. Aos poucos vc´s começam a ouvir o som de um equipamento em movimento, ao olharem pelo buraco vc´s percebem que uma espécie de elevador de carga está sendo erguido conforme Náin e Cletus giram suas engrenagens. Em pouco tempo o elevador esta rente ao tunel.

Náin diz:

"Aqui está! Vc´s deverão começar as investigações lá embaixo, Cletus vai com vc´s e eu fico para descer o elevador. Não se preocupem que Cletus conhece bem as minas, estão em boas mãos.

Padrinho, qualquer coisa, vc sabe como trazer-me informações.

Que os deuses estejam com vc´s"

Náin diz essas palavras e então com um gesto de mão ele indica para que entrem no elevador, por ser um elevador de carga ele não possui corrimão ou local pra apoio. Cletus é o primeiro a subir no elevador.

Após todos entrarem, Náin começa a liberar lentamente as engrenagens fazendo com que o elevador desça vagarosamente. Vc´s descem aproximandamente uns 20 metros, na minas, a escuridão é a única coisa que vc´s enxergam até que Cletus acende uma tocha.

Finalmente vc´s chegam o solo da mina.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum