Cena 2: O Dia das Cinzas

Página 31 de 31 Anterior  1 ... 17 ... 29, 30, 31

Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Sab 08 Set 2018, 10:47

Vieira olha para os superiores e diz

"O que é um peido pra quem ta todo cagado?!
Por mim, acho que nossas chances de sobrevivência é acompanhar a maioria desse contingente e se optarmos por seguir os gaúchos da Europa aí" - aponta para os russos com a cabeça - "podemos convencer o restante tbm, mas olha só... Arrrgh" - Geme enquanto se ajeita na maca improvisada - "Sou só um porra de um soldado raso que agora nem serve mais pra atirar com um rifle que era minha especialidade... Vcs é quem mandam... Só peço uma coisa... Quando essa doideira acabar, deixa eu dar um tiro na cabeça daquele russo gigante por favor..."

Fala o soldado em português com um sorriso sarcástico no rosto que ainda contorce de dor pelos ferimentos...

_________________
INFORMAÇÕES:

EH:22     EF:36    KARMA: 0
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:




"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 182
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 42
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Status: 4 Lesões / 4 Ferimentos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Blanchard em Dom 09 Set 2018, 21:04

Assim que consigo um descanso dos atendimentos, junto-me – momentaneamente – ao grupo de oficiais e digo-lhes (ing):

Senhores, vocês não me conhecem e também não os conheço, mas creio que somente vocês poderão me ajudar. Procuro por Alaric, trago o posicionamento dos intelectuais e preciso de suas informações.
Além disso, creio que descobrir o espião é tarefa primordial para a resistência, ou seremos sempre esmagados.


Percebo que sequer consegui lavar as mãos de sangue e então digo:
Ah, precisamos de recursos médicos. Urgente.

_________________
INFORMAÇÕES:

EH:14     EF:13    KARMA: 10
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:


avatar
Blanchard

Mensagens : 763
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll] [roll="d20"]1[/roll]

Ficha do personagem
Nome: Thierry Henry
Posto: Partisan
Status: Intacto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Constâncio em Ter 11 Set 2018, 09:52

Dinho ouve atentamente ao que diz Sabão e solta uma curta e discreta gargalhada por entender a referência e o pedido de Vieira e diz em português:

- haha Seu pedido é muito atraente, Vieira. Confesso que se fosse um pouco menos são, já teria feito isso por você. Mas mesmo que não tivesse sugerido é o que eu tinha em mente, não temos outra opção se não acompanhar esse maluco soviético. Pelo menos para nos manter vivos, pense nessa vantagem, Vieira. -

Logo após amparar os irmãos de pátria, Wolff em francês declara sua decisão:
- Nós brasileiros estaremos dispostos e ao lado de Boris! Vamos dar total apoio para o desenrolar dessa missão! -

_________________
" Quem não vive para servir, não serve para viver! "
avatar
Constâncio

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/11/2017
Idade : 24
Localização : Olímpia - SP

Ficha do personagem
Nome: Wolff
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Qua 12 Set 2018, 09:26

Vendo que a situação se desenrola favoravelmente e sem contratempos ou intervenção agressiva eu me viro aos meus soldados e digo:
Следите за бразильцами. Я ничего не верю в этом Вольфе, не говоря уже об этом гребешке. Если они заподозрят что-то, они убьют и сделают это похоже на несчастный случай или немцы. Я просто не убиваю их сейчас, потому что я могу создать еще один бунт, а французы утверждают, что я принял командование только, чтобы убить их. Лучше поймать Виейру и позволить мне сломать ему шею.

Como já resolvemos todo o transtorno eu retorno aos comandantes:
Crrreio que possamos rrretorrrnarrr ao nosso debate e planejamento. Isso DEFINITIVAMENTE foi rrresolvido.

Aos subordinados eu digo:
RRRetorrrnem aos seus afazerrres e sem mais delongas! Os alemães eston em nosso encalço!

Saio sério do celeiro, demonstrando que não estou para brincadeiras.

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 452
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 12 Set 2018, 19:15

Todos
Isabelle fica aliviado que todos concordaram com o novo comando e que não houve cisão da equipe. Os partisans seguem unidos na missão. Os líderes se reúnem novamente para discutir os rumos da operação, desta vez próximos da enfermaria. Inglês e francês são alternados e repetidos para garantir entendimento de todos. Robert é o primeiro:

- Agradecemos seu empenho, Primeiro Sargento Theofilakis, mas acredito que com este pequeno equipamento de rádio que recuperamos do planador não conseguiremos contatar nada muito além de Le Havre, quanto menos a capital do outro lado do Canal. O primeiro objetivo da operação era claro: estabelecer uma linha segura de comunicação com Londres, e perdemos o equipamento quando nosso planador foi abatido, apesar de todo nosso esforço em protegê-lo.

- Neste caso - Isabelle assume - e considerando que o inimigo conhece todos os detalhes da Operação Caranguejo, acredito que estamos por nossa conta agora. O mais racional é suspender todos os procedimentos e focar em nossa própria sobrevivência. Assim que tivermos isso garantido, um lugar seguro para nos abrigarmos e conspirar, então tentaremos contato com Londres.

- Precisamente. - Robert concorda - Acredito que nosso melhor movimento agora é retornar a Le Havre. Os partisans podem ser dispensados, por hora, e retornar às suas atividades normais para não levantar grandes suspeitas. Eles merecem o descanso, assim como todos nós. Quando nos reestruturarmos, os convocamos novamente para a luta.

- Sim. - Isabelle conclui - Retornar a Le Havre e reportar nosso status ao Coronel Rémy. E se algo aconteceu ao nosso esconderijo lá, Deus queira que não, vamos descobrir.

- Há ainda mais uma coisa - Robert acrescenta - O traidor tem um nome. Thierry conseguiu extrair essa informação dos papéis roubados. Ele é identificado apenas como um tal "Capitão Mason". Fico tentado a suspeitar que ele seja inglês, como eu, mas provavelmente isso não passa de um codinome. Se ele está em algum lugar, é em Le Havre. Vi o que passamos juntos aqui, eu não acredito que haja um traidor entre nós. Não, teria arriscado demais a própria pele. Esses canalhas não pensam além da própria sobrevivência e do lucro que podem ganhar.

Thierry aproveita o momento para uma pausa e se aproxima do grupo. Isabelle fica espantado com as alegações do médico.

- Santa Maria! Alaric é um dos meus melhores homens! Alaric, Pierrot e Alceste conduzem missões essenciais para o estabelecimento da Resistência. Alaric é um homem muito culto e tem contatos na elite intelectual do país. Ele é o responsável por nossa comunicação secreta pelos jornais de Le Havre. Sem dúvida que deve ser um dos primeiros que devemos procurar em Le Havre, atrás apenas do Coronel Rémy, é claro.

Narrador: Agora seus personagens devem discutir que rumo tomar. Eu vou fornecer qualquer informação que vocês requisitarem que for necessário para tomar decisão e que faça sentido que seus PJs saibam. Todos devem participar. Após isso, "evoluímos" os personagens e começamos a nova parte com as regras atualizadas. Pendências que o time deve resolver:

1) Considerando que irão a Le Havre, a que hora farão isso? Agora, ainda pela tarde, ou vão permanecer na fazenda até o sol se pôr? O que cada um fará com o tempo livre? Considerem que se não tiverem ao menos 8h de descanso (e nessas horas não podem ficar de sentinela) não se recuperarão sequer das Lesões, e vocês não podem descartar o risco de um ataque à fazenda. Que meio de transporte usarão para chegar em Le Havre? Além do estado do caminhão e o risco de serem descobertos, são muitos partisans para apenas um veículo. Apesar de próximos (Le Havre está logo ao Norte da foz do Sena enquanto que Honfleur está logo ao Sul), foi preciso usar balsas para atravessar o rio na vinda.

2) O que fazer com o prisioneiro alemão capturado por Nate? Ele continua inconsciente, mas o que farão quando ele acordar? Além de ser um ferido a mais para cuidar, há forças inimigas em todo o Norte da França.

3) E quanto a missão brasileira? Dinho, Sabão e Vieira foram enviados pelo comando com um propósito (embora só descobriram isso tarde demais). Além disso, uma parte crítica dos documentos da missão, o Protocolo Vermelho, foi perdido no navio de bandeira brasileira que ainda está no Porto de Honfleur, tomado pelo inimigo. Devem decidir como proceder quanto a isso antes de partirem.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 893
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Guarulhos/SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Sab 15 Set 2018, 22:45

Durante toda a reunião vou traduzindo as falas em inglês para o português para Dinho. Após levantadas as possibilidades, digo em inglês:

Nós do exército brasileiro temos uma missão. Na qual é em conjunto com a sua, Isabela. Em tese estamos mortos. A marinha alemã fez questão de divulga a notícia que o cargueiro brasileiro afundou com todos os tripulantes. Porém a corveta Camaquã, na qual nos escoltou, teve seu destino Caen. Talvez podemos conseguir contato com eles. Além disso, os planos da operação "Paiol a brasileira" estão dentro do navio no porto. O quanto esta documentado lá sobre a Resistência eu não sei dizer, mas posso falar que tudo que estava relacionado ao carregamento das armas deve ser descartado. E por final faço a seguinte consideração, não posso ficar junto dos franceses. Acho que vocês entendem o porque. Então creio que serei mais útil ajudando de forma mais discreta, se for da vontade do meu sargento.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 342
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Status: 1 Lesão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Constâncio em Seg 17 Set 2018, 20:45

Wolff ouve tudo atentamente e em francês dá o seu parecer:
- A missão brasileira só nos foi revelada após perdermos nosso comandante e fugirmos do barco em que estávamos carregando o que conseguimos. Até onde é de meu conhecimento, concordo com o Sgt Francisco, devemos seguir com Isabelle até Le Havre e procurar nossos contatos por lá. Quanto ao traidor, desconfie de todos. Ele usa um codinome sugestivamente inglês, mas talvez porque ele quer que pensamos que ele seja um. Essa é minha opinião, porém ainda sugiro que descansar é também uma boa ideia. Vieira ainda está sendo atendido e nós temos que nos recuperar para estarmos bem para liderar esses soldados e enfrentar os inúmeros conflitos que nos aguardam. A propósito vou me recolher, mas antes vou dar mais uma olhada no tratamento do meu soldado. Permissão senhores! - Wolff encerra seu veredito prestando continência e aguardando possíveis considerações finais dos outros líderes antes de ir descansar.

_________________
" Quem não vive para servir, não serve para viver! "
avatar
Constâncio

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/11/2017
Idade : 24
Localização : Olímpia - SP

Ficha do personagem
Nome: Wolff
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Qui 20 Set 2018, 10:18

Virira apenas escuta.
"Agora é briga de cachorro grande... Melhor eu ficar quieto"

Então ele se deita e percebe q o sono vem... Então sorri e pensa...

"Será que se eu dormir vou acordar?! Hehehe"

_________________
INFORMAÇÕES:

EH:22     EF:36    KARMA: 0
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:




"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 182
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 42
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Status: 4 Lesões / 4 Ferimentos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Blanchard em Qui 20 Set 2018, 18:11

Ao ouvir sobre Alaric, digo:
Então meu caminho está junto ao de vocês.

Ao olhar para Walter, digo:
O jovem não tem culpa acerca das decisões de seus oficiais, mas nossos recursos são tão pequenos que talvez seja melhor dar-lhe uma morte limpa e honrada.
Reitero a necessidade de conquistar recursos médicos.


_________________
INFORMAÇÕES:

EH:14     EF:13    KARMA: 10
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:


avatar
Blanchard

Mensagens : 763
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll] [roll="d20"]1[/roll]

Ficha do personagem
Nome: Thierry Henry
Posto: Partisan
Status: Intacto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Sab 22 Set 2018, 19:08

Off: vou por travessão onde for fala, tô postando pelo celular.

Depois de ouvir todas as ponderações dos demais digo:

_ O prrrimeirrro passo é estabilizador os ferrridos, esperrro que até o final da tarrrde. Parrrtimos ao anoitecerrr. Os descansados fiquem de guarrrda caso os alemães aparrreçam.

_ O segundo passo é irrrmos até La Havrrre. O caminhon serrrvirrrá parrra levarrr os ferrridos até onde está a balsa. Lá aguarrrdarrron os demais chegarrrem parrra fazerrr a trrravessia. Irrremos a pé, pois até agora é a única opçon que temos. Quando estivermos todos lá adianto o que estou pensando depois que verrr a situaçon.

_ Ao chegarrr em La Havrrre, estabelecerrremos nossa base em segurrraça e trrratarrremos de descobrrrirrr quem é o espion. Rrrémy ficarrra no aguarrrdo até terrremos essa informaçon. O trrraidor pode agirrr se souberrr que o contactamos.

_Vamos verrr esses inforrrmantes antes de agirrr. A respeito desse Capiton Mason, crrreio que seja frrrancês, outrrra nacionalidade levantarrria suspeitas.

_ A misson de vocês brrrasileirrros terrrá continuidade assim que forrrmarrrmos a base. Estou com ideias em mente.

_ O prrrisioneirrro levem no caminhon, ele serrrá útil na balsa, se non forrr, jogamos no rrrio.

_ Porrr horrra é só. Alguma considerrraçon?

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 452
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Sab 22 Set 2018, 19:09

Se não houver nenhuma resposta vou tentar repousar um pouco.

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 452
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por †_Junior_† em Sab 22 Set 2018, 19:26

Apenas escuto as ponderações de todos e concordo com a cabeça sobre primeiro descansarmos. Fecho os olhos e tento dormir, não falarei nada.




_________________
INFORMAÇÕES:
EH:9        ABSORÇÃO:12      EF:14       KARMA:8

EQUIPAMENTOS: Punhais, Roupa Tingida, Flauta de Madeira, Calçado e Luvas, Capa, Cachecol, Par de Botas, Cinto, Mochila de Couro e Cantil.

EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:


avatar
†_Junior_†

Mensagens : 397
Data de inscrição : 06/10/2013
Idade : 24
Localização : Recife PE

Ficha do personagem
Nome: Cristhian Theofilakis
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões / 4 Ferimentos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 31 de 31 Anterior  1 ... 17 ... 29, 30, 31

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum