Cena 2: O Dia das Cinzas

Página 19 de 30 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20 ... 24 ... 30  Seguinte

Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Dom 28 Jan 2018, 15:01

O membro 'Samyaza' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'd20' :

#1 Resultado :


--------------------------------

#2 'D6' :

#2 Resultado :
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1292
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 33
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Blanchard em Dom 28 Jan 2018, 19:52

Corro, escada abaixo. Ao me aproximar do alemão caído, diminuo a velocidade, miro em seu peito e o fuzilo. Depois recolho o rifle e procuro – no corpo - por uma luger. Caso ache, guardo o revólver na cintura, passo a alça do rifle nas costas e empunho a pistola alemã, engatilhada.

Corro novamente, gritando em francês:
Agora, aaaagoooooraaaaaa. Ataquem os portões, aaaaagooooraaaa...
Por Napoleão, por Marx, pela revolução.


Penso:
Queria morrer pilotando. Vou morrer falando merda.
Blanchard efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :

_________________
INFORMAÇÕES:

EH:14     EF:13    KARMA: 10
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:


avatar
Blanchard

Mensagens : 760
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll] [roll="d20"]1[/roll]

Ficha do personagem
Nome: Thierry Henry
Posto: Partisan
Status: Intacto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Seg 29 Jan 2018, 17:17

Teste de Camuflagem: Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Seg 29 Jan 2018, 18:14

Nate
Resultado do Teste:
Atenção (Nate) 6+0 vs Dificuldade 9+3. Falha.
Norman aponta para a entrada da fazenda, um portal de madeira bem construído, limitando a cerca-viva, a menos de 20 metros à esquerda da estradinha de terra.

- É uma ordem, senhor! - o soldado responde prontamente ao seu pedido - Como eu disse antes, alguns de nós se separaram em grupos para cumprir alguns objetivos menores. A maior parte de nós, soldados, partisans e soviéticos, ficou aqui na fazenda. Montamos vigilância, mas o principal é recuperar as energias depois desta noite terrível. O Tenente Locksley e um certo partisan foram investigar o porto. Isabelle, o líder dos soviéticos, uma partisan e o Sargento Theofilakis foram para a cidade, esperam recuperar peças para fazer um rádio funcional e descobrir informações sobre o paradeiro da tripulação do navio que contrabandeava a carga secreta. Tudo indica que a tripulação foi atacada também. A ordem para todos os grupos é retornar até o nosso QG de campo até a meia noite.

O soldado já se preparava para contar uma longa história sobre o navio de bandeira falsa responsável pelo contrabando, quando movimentação diretamente a frente na estrada alertou a todos vocês. Uns 30 ou 40 metros a frente, saindo da entrada de outra fazenda, à direita, surgiu um grupo de soldados alemães. Eles vestem uniformes militares e carregam rifles de serviço, sendo provavelmente uma patrulha que investigava os campos próximos do porto.

Os dois grupos se avistaram mutuamente na distância curta, e saltam para as laterais da estrada, se jogando ao chão de terra batida e preparando as armas. Pierre salta para a margem direita, se ocultando atrás do tronco de uma árvore e sacando o revólver. Norman te empurra para a esquerda, para dentro da cerca-viva, e ele próprio deita bem no meio da estrada com a submetralhadora pronta.

- Merde! - Pierre, o partisan, xinga enquanto tenta carregar as balas no tambor - Eles vão descobrir o esconderijo!

São quatro soldados alemães, sendo que dois se ocultaram na margem esquerda (junto a cerca-viva) e outros dois na margem direita (uma fileira de grandes árvores bem espaçadas). A cerca da fazenda à direita aparece uns 3 metros passado as árvores. A estrada aqui é estreita e essencialmente reta e plana.
Iniciativa:
Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Seg 29 Jan 2018, 19:19

Cristhian
Suas mãos apavoradas revistam os corpos dos inimigos caídos, mas não encontram nada de interesse além das armas. Você não conseguiu encontrar munição compatível com sua Colt, então toma posse da pistola e dois carregadores cheios. Trata-se de uma Walther PPK, com capacidade para 7 munições .32 ACP. Além disso, nenhum sinal de chaves ou documentos relevantes.

Sem tempo para perder, vocês sobem os degraus da escada às pressas, quase tropeçando no meio do caminho. No andar superior, foi fácil encontrar a sala apontada, já que a porta foi largada aberta. Ao que parece, o alerta que vocês provocaram foi o suficiente para fazê-los deixar a sala imediatamente.

O cômodo é uma sala de comunicações, com uma grande bancada de madeira disposta ao longo de toda uma parede, onde está montado um enorme equipamento de rádio, com capacidade para alcançar toda a foz do Sena e arredores. Na parede oposta, há diversos armários metálicos tomados de arquivos e registros em papel. A parte inferior da bancada serve de abrigo para ferramentas e peças de reposição. Acima, e até o teto, está instalado um grande armário repleto de caixotes de madeira e papéis.

Ao fundo da sala, uma grande janela retangular está aberta. Lotta corre até ela, observa rapidamente o pátio, e se apressa em fechar seus estrados de madeira, escurecendo o interior.

- Tem mais dois deles vindos e o diabo sabe quantos mais estão aqui. Apresse com isso, Cristhian! - e você percebe que é a primeira vez que ela lhe trata pelo nome.

O grande equipamento de rádio possui sintonizadores de canais, caixas de som, diversos pares de fones de ouvido, e um microfone, além de conexões e apetrechos para retransmitir mensagens e enviar sinais em loop. Neste momento, o rádio recebe simultaneamente 5 canais, cada um sendo emitido por um fone de ouvido ou caixa de som. Você rapidamente examina seus conteúdos e descobre algo interessante: o rádio monitorava duas transmissões em alemão!

- Pelotões 21 e 22 em posição e sob fogo inimigo! Fomos antecipados! Requiro permissão de fogo! Repito, preciso de permissão de fogo!

- Estamos sendo atacados no porto! Eles estão tentando assassinar o Oberleutnant! Todas as tropas de prontidão, recuar para a Ponte de Comando!

Você não sabe se as duas partes estão se comunicando, mas, dado o conteúdo da mensagem e os sons de disparos que se distinguem da estática, eles certamente foram surpreendidos. Você escuta sons de tiros vindo da cidade.

Walther PPK .32 ACP encontrada.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Mingo em Seg 29 Jan 2018, 20:13

Dados para iniciativa.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:17        ABSORÇÃO:3       EF:19       KARMA:2

EQUIPAMENTOS: cinto, pederneira, par de botas, capa, par de luvas, aljava com 20 flechas, faca, arco e armadura de couro leve

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 4xp


FICHA DO PERSONAGEM:

Mingo

Mensagens : 88
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 31
Localização : Osasco/SP

Ficha do personagem
Nome: Nate
Posto: Aspirante
Status: 1 Lesão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Seg 29 Jan 2018, 20:13

O membro 'Mingo' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' :

Resultado :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:14       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro e gládio.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1292
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 33
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por †_Junior_† em Seg 29 Jan 2018, 20:51

Olho para Lotta e digo em francês:

Da pra interceptar algumas transmissões! Ao que parece os alemães estão sendo atacados em duas frentes e foram pegos de surpresa. Estão tentando assassinar o Oberleutnant. Espere...

Fico um momento pensativo, até que reúno mentalmente meu melhor alemão e digo pelo microfone, transmitindo:

Fiquem em prontidão e não ajam até segunda ordem. Aguardem novas ordens, recuem, mas não entrem em contato com o inimigo. (e desligo a transmissão do rádio).

Me viro novamente para Lotta e digo:

Isso irá confundi-los por um momento, mas não durará. Me ajude aqui, pegue a caixa de peças.

Depois, tento decorar os canais que o rádio está sintonizado para depois tentar sintonizar o mesmo da fazenda, assim como ajudo Lotta a pegar a caixa de peças de reposição e analiso as melhores peças para ser carregado apenas o necessário.

(primeiro dado para raciocinio acredito para decorar os canais e segundo dado para investigação nas caixas).

†_Junior_† efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

†_Junior_† efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,






_________________
INFORMAÇÕES:
EH:9        ABSORÇÃO:12      EF:14       KARMA:8

EQUIPAMENTOS: Punhais, Roupa Tingida, Flauta de Madeira, Calçado e Luvas, Capa, Cachecol, Par de Botas, Cinto, Mochila de Couro e Cantil.

EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:


avatar
†_Junior_†

Mensagens : 393
Data de inscrição : 06/10/2013
Idade : 24
Localização : Recife PE

Ficha do personagem
Nome: Cristhian Theofilakis
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões / 4 Ferimentos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Mingo em Seg 29 Jan 2018, 21:21

Nate ficou um pouco transtornado, realmente haviam entrado em um vespeiro e provavelmente não iriam sobreviver, mas se as mortes servissem para ajudar os aliados teria caído a pena.

Após ser arremessado na cobertura precária da cerca viva ele rapidamente engatilha seu rifle e procura um alvo nos alemães do outro lado da estrada meio que escondidos por árvores. Faz a mira com calma, atirar naquele terreno, com pouco vento era muito simples se comparado aos treinamentos com seu pai.

Assim que visualiza um alemão ele atira para matar, utilizando-se de seu tiro preciso, existem momentos para salvar vidas e momentos para ceifar.

- Norman, não seja estúpido! Procure cobertura.

Mingo efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:17        ABSORÇÃO:3       EF:19       KARMA:2

EQUIPAMENTOS: cinto, pederneira, par de botas, capa, par de luvas, aljava com 20 flechas, faca, arco e armadura de couro leve

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 4xp


FICHA DO PERSONAGEM:

Mingo

Mensagens : 88
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 31
Localização : Osasco/SP

Ficha do personagem
Nome: Nate
Posto: Aspirante
Status: 1 Lesão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Mingo em Seg 29 Jan 2018, 21:29

Morre diabo

Mingo efetuou 1 lançamento(s) de dados (D6.) :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:17        ABSORÇÃO:3       EF:19       KARMA:2

EQUIPAMENTOS: cinto, pederneira, par de botas, capa, par de luvas, aljava com 20 flechas, faca, arco e armadura de couro leve

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 4xp


FICHA DO PERSONAGEM:

Mingo

Mensagens : 88
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 31
Localização : Osasco/SP

Ficha do personagem
Nome: Nate
Posto: Aspirante
Status: 1 Lesão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Ter 30 Jan 2018, 19:39

Retaliação dos alemães: Hugar efetuou 2 lançamento(s) de dados (d20.) :
,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 31 Jan 2018, 20:54

Wolff, Boris, Vieirinha e Sabão
Resultado do Combate:
Vieirinha ataca Soldado 1
Acerto Crítico! Morte em 3 rodadas.
Poder Ofensivo = Sorte (20) + Explosivo (0) = 20
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Alcance (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (20) / Poder Defensivo (10) = 2

Vieirinha ataca Soldado 2
Poder Ofensivo = Sorte (16) + Explosivo (0) = 16
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Alcance (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (16) / Poder Defensivo (10) = 1

Vieirinha ataca Soldado 3
Acerto Crítico! Morte em 3 rodadas.
Poder Ofensivo = Sorte (20) + Explosivo (0) = 20
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Alcance (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (20) / Poder Defensivo (10) = 2

Vieirinha ataca Soldado 4
Poder Ofensivo = Sorte (14) + Explosivo (0) = 14
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Alcance (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (14) / Poder Defensivo (10) = 1

Soldado 5 ataca Vieirinha
Poder Ofensivo = Sorte (7) + Rifle (3) = 10
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) = 5
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (10) / Poder Defensivo (5) = 2

Soldado 6 ataca Vieirinha
Poder Ofensivo = Sorte (10) + Rifle (3) = 13
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) = 5
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (13) / Poder Defensivo (5) = 2

Soldado 1 recebe 2 Lesões e 1 Ferimento adicional e cai em combate.
Soldado 2 recebe 1 Lesão e continua em combate.
Soldado 3 recebe 2 Lesões e 1 Ferimento adicional e cai em combate.
Soldado 4 recebe 1 Lesão e continua em combate.
Vieirinha recebe 4 Lesões e continua em combate.
Quando o Primeiro Sargento Wolff e seus compatriotas chegaram até a porta, eles foram imediatamente identificados pelos soldados alemães. Por algum motivo, contudo, os inimigos não abriram fogo, se limitando a apontar seus rifles em sua direção e a se colocar em posição de tiro, a maioria ajoelhados, e a buscar um abrigo próximo nas esquinas do campanário. Talvez eles não soubessem a aparência de quem emboscavam e evitassem ferir civis, aguardando alguma ordem. Isso deu tempo suficiente para que Dinho recolhesse seus homens para dentro, sob a ameaça única de brados de ordem em alemão, que ali ninguém entendia.

Nesse momento, quando as suspeitas de Vieirinha se confirmaram aos seus olhos em dois grupos armados avançando em sua direção pelos flancos do campanário, seus lábios começaram a tremer, porém não de medo, como ocorreria a qualquer pessoa sã, mas sim de excitação. O soldado deixa o rifle cair das costas, libertando-se de sua camuflagem desonrosa e atingindo o piso marmoreado, e, ainda nas sombras da igreja, acende os pavios de duas bombas incendiárias que ele mesmo preparara. Erguendo-as com uma única mão, o fogo ilumina sua face triunfante, e seus passos firmes ecoam no recinto santo, dirigindo-no para a luz externa. Fogo na destra e Colt na canhota.

Suas mãos não conheciam nem o ardor da chama nem o peso da pistola, nem seus inimigos o medo do inferno. Quando Vieirinha alcançou o sol, oito canos apontaram em sua direção, mas apenas ameaças em um idioma que ele não compreendia foram cuspidas. Era tarde demais, pois com um único movimento magistral, Vieira arremessou uma garrafa contra o primeiro dos grupos e, antes que ela alcançasse a altura de um homem, detonou seu conteúdo explosivo com um disparo da pistola na mão esquerda, ignitando uma chuva incandescente contra seus inimigos. Tão rápido quanta a primeira, a segunda garrafa voou contra o outro grupo, girando várias vezes no ar antes de trazer desespero aos homens.

As chamas cobrem uma grande área, e o óleo encharca os uniformes de dois homens, além de atingir tangencialmente outros dois. Os soldados fogem em desespero, abandonando armas e posição, e gritando de pavor sem conseguir controlar o incêndio sobre seus próprios corpos. Seus companheiros tentam ajudar, inutilmente. No momento de máximo êxito, Vieira mal pode controlar a gargalhada. Isso tomou seu preço pois, ignorando quaisquer ordens, soldados dos dois grupos dispararam seus rifles contra o brasileiro, exposto. Vieirinha pode contar cinco acertos, dois deles de raspão e, por pura sorte, nenhum contra órgãos vitais, antes que Dinho pudesse aparecer para tirá-lo de seu transe megalomaníaco e o salvasse para a cobertura da igreja. O brasileiro sabia que em breve o efeito da adrenalina passaria, e então os buracos em seu corpo o paralisariam de dor.

Enquanto tudo isso acontecia, Boris e Isabelle cruzaram as naves entre dezenas de fiéis que se jogavam ao chão entre os bancos comuns e busca de abrigo. Às suas costas vieram rajadas intermitentes de metralhadora, estourando os vidros das janelas mais baixas e perfurando as paredes de madeira, fazendo a luz do sol passar feito uma peneira. A metralhadora se silencia, as mulheres gritam, e Boris arromba a porta lateral com seu próprio corpo. Em sua mente soviética, ele julgava mal o atirador alemão, rajadas altas demais, é quase como se não quisessem matá-lo. Mas então, quando a porta de madeira cedeu de uma vez, ele mudou de ideia.

Quatro soldados alemães, armados de submetralhadoras, estão de prontidão na fileira transversal de prédios, guardando o beco e a saída da praça em direção à marina. Eles apontam suas armas contra o soviético, ajoelhados detrás de bancas de feira, e gritam ordens de rendimento. Eles estão a cerca de 10 metros da porta.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Constâncio em Qua 31 Jan 2018, 23:33

-DESGRAÇADOS!!! Acertaram o Vieira, porra! Francisco, volta aqui e de cobertura a gente, vou tentar retardar esses alemães filhos da puta.- O ódio tomava mais uma vez o Sargento Wolff. Aquele mesmo ódio que o consumiu naquela ocorrência da carga misteriosa. Aquele mesmo ódio que o deixou "cego" e o fez inconsequentemente combater aqueles inimigos. Não podia ser verdade, Wolff não queria acreditar que aquilo pudesse estar acontecendo. Ele prometeu aos companheiros que saíram com vida.
Com o Sgt Francisco dando cobertura, Wolff pega sua granada, se dirige à porta e a arremessa contra os infelizes inimigos alemães.
-VÃO PRO INFERNO ALEMÃES!!!-

_________________
" Quem não vive para servir, não serve para viver! "
avatar
Constâncio

Mensagens : 40
Data de inscrição : 17/11/2017
Idade : 24
Localização : Olímpia - SP

Ficha do personagem
Nome: Wolff
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Constâncio em Qua 31 Jan 2018, 23:44

Buscando um meio de se proteger, Wolff se aproxima da porta para lançar a granada...

_________________
" Quem não vive para servir, não serve para viver! "
avatar
Constâncio

Mensagens : 40
Data de inscrição : 17/11/2017
Idade : 24
Localização : Olímpia - SP

Ficha do personagem
Nome: Wolff
Posto: Primeiro Sargento
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Qua 31 Jan 2018, 23:44

O membro 'Constâncio' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' :

Resultado :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:14       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro e gládio.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1292
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 33
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Qui 01 Fev 2018, 00:08

Assim que Vieira arremessa as garrafas, Francisco parte em disparada em direção a porta ao qual o russo se dirigia. Porém no meio do caminho percebe a reação do mesmo e os gritos na língua estrangeira:

[Meu São Cristóvão!!!! Tâmo cercado!!!]

De repente Francisco percebe os tiros de metralhadora vindos do outro lado e abaixa a cabeça enquanto empurra algumas pessoas pro chão falando em português:

Se protege, criatura de Deus!!!

Nessa indecisão de aonde ir, ele escuta os tiros vindos da porta onde Viera esta e a ordem de Dinho. Corre em direção a porta e aproveitando o embalo arrasta um dos bancos e o usa de cobertura de tiro, enquanto diz em português:

Dinho!! As duas portas do russo tão ocupadas de alemão! - Retira o bornal dos ombros e coloca no chão ao lado para não atrapalhar o tiro, se abaixando para ganhar cobertura continuando a falar - Senhor! Os tiros da metralhadora estão altos, como se não quisesse acerta nóis!!! - Francisco então efetua alguns disparos e continua porém falando em inglês para o padre em um tom que ele escute - PADRE!! HÁ OUTRA SAÍDA DAQUI??? UMA FOSSA OU O FUCKING BURACO QUE FOR!!! ESSA GENTE TE ME FOGO CRUZADO!!! PODEM FICAR AQUI NÃO!!!

Termino falando para Wolff em português:

Sargento! Não tô muito afim de virar peneira não!!! Tudo isso pra morrer na praia?! Eu não!

(off: Dados de iniciativa se precisar. É 3d6 também?)

Maedhros efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 339
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Status: 1 Lesão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Qui 01 Fev 2018, 08:12

Quando vejo que realmente estamos cercados, antes que os alemães disparem eu me jogo pra dentro da igreja gritando:
INFERRRNO!!!! ESTAMOS CERRRCADOS!!! PUTA QUE PARRRIU! CARRRALHO!!!!!

Me viro a Isabelle e digo:
Honfleurrr tem esgotos que possamos usarrr como rota de fuga? Pergunte ao sacerrrdote se há outrrra saída da igrrreja!

Grito a Francisco:
TEMOS QUE SAIRRR DO SALON! SE ELES ENTRRRAREM AQUI SERRREMOS ALVOS FÁCEIS!!!! TEMOS DE NOS ESCONDERRR NA IGRRREJA E PENSARRR EM ALGO!

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 447
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Qui 01 Fev 2018, 11:13

A gargalhada cessa e vira um respirar ofegante...

"Os braços mal se recuperaram ainda dos cortes e eu já tenho mais três furos e dois rasgos pra me preocupar..."

O soldado nem tem muito tempo para agradecer o sargento, bate no peito, olha em volta e procura o rifle... Ao mesmo tempo que procura um lugar seguro pra se abrigar... Observa o Sabão empurrando o banco e ouve toda a gritaria... "Droga, estamos mesmo cercados" - Pensa - "Eu avisei que a conversa estava se estendendo demais... Talvez se tivéssemos saído mais cedo eles não teriam tempo de se organizar em volta da igreja" - Maneia a cabeça e volta a si... A ideia agora é evitar ser alvo e fazer o máximo de vítimas com seu rifle...

Teste de iniciativa...

_________________
INFORMAÇÕES:

EH:22     EF:36    KARMA: 0
EQUIPAMENTOS: nenhum
EXPERIÊNCIA: 0xp


FICHA DO PERSONAGEM:




"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 179
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 41
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Status: 4 Lesões / 4 Ferimentos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Qui 01 Fev 2018, 11:13

O membro 'Vieirinha' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D6' :

Resultado :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:14       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro e gládio.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1292
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 33
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Status: 2 Lesões

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 02 Fev 2018, 18:50

Teste de Resistência do soldado que enfrenta Robert: Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 02 Fev 2018, 19:51

Robert e Daniel
Resultado do Teste:
Atletismo (Robert) 12+4 vs Resistência (Soldado) 10+3. Sucesso.
Os pés de Daniel se atropelam, suas pernas gemem doloridas pelo esforço contínuo. No pé da escada, o soldado alemão acidentado está desacordado, e sangra de ferimentos superficiais causados pela queda. O acidente foi severo, e é provável que morra em virtude de hemorragia interna e ossos quebrados. Daniel não corre nenhum risco e descarrega a pistola no peito do inimigo.

Revistando o corpo de sua vítima, sangue quente borbulhando dos buracos de bala, o partisan encontra a lendária pistola Luger P08. Uma rápida análise revela sinais de idade no metal e no corpo de madeira, induzindo à conclusão de que seja uma relíquia da Grande Guerra ou, no melhor dos casos, tenha sido produzida no período entre-guerras. Além da pistola, Daniel coleta também o rifle Karabiner 98k, o rifle de serviço alemão, e alguns poucos clipes de munição que encontrou nos bolsos do soldado abatido.

Enquanto isso, Robert luta para enfrentar o outro soldado, ambos atracados feito boxeadores num ringue do submundo. Os dois estão tão próximos que Robert pode sentir o hálito desagradável exalando de seu oponente, o suor molhando sua pele, as veias pulsando intensamente do esforço físico. O inglês tenta golpear a garganta do inimigo outra vez, mas é desarmado pela mão esquerda do adversário, que segurava o pano, e a faca militar cai nos degraus da escada. Robert se defende de um soco mas é afastado para perto da parede, e o alemão comete o erro de tentar empunhar o rifle em combate corpo a corpo.

Em um movimento rápido, o tenente desvia a boca do cano e o rifle dispara para cima. Imediatamente, Robert agarra a arma pelas duas pontas e a pressiona contra a garganta do inimigo. Sem apoio para os pés, o alemão não consegue se salvar e fica a mercê do inglês. No último instante, Robert percebe sua vítima como um rapaz que dificilmente alcançou os 20, barba melhor feita que sua própria, e a constituição física típica de um rapaz do campo. Robert não hesita e executa o movimento final, pressionando o rifle contra a garganta, e derrubando o jovem do alto da escada. A colisão contra o piso do porto soou como um saco de ossos se partindo. O rifle quebrou na queda.

A porta da Ponte de Comando se fecha violentamente e é trancada por dentro. Dificilmente retornarão lá agora. No chão, Daniel grita suas palavras de ordens e inspiração. Ele vê, ao piso de concreto e tábuas do cais, homens correndo, abandonando seus postos de trabalho e fugindo ao abrigo dos galpões. Ao portão de entrada do porto, um pelotão inteiro se agrupa em posições de combate, soldados correndo com seus rifles em punho. Antes que a única entrada fosse novamente obstruída pelo metal, Daniel avista um alemão gritando ordens para um caminhão de transporte de tropas que havia acabado de deixar o porto, fazendo-no frear abruptamente e aos soldados saltarem à terra.

Um terceiro se pelotão começa a se amontoar ao portão, já fechado, e o primeiro é guiado por seu líder aos berros, avançando rapidamente em sua direção, dispostos a retomar o centro de operações. Às suas costas, Daniel escuta o assombroso som de uma metralhadora alemã sendo preparada, e vê os soldados no ninho montado no alto do pórtico, há uns 15 metros acima de sua cabeça, engatilhando a arma.

De braço erguido e arma apontada para cima, Daniel se vê cercado de inimigos e sozinho. Sua única chance de sobrevivência seria correr até uma entrada lateral do galpão adjacente, ao lado da Ponte de Comando, na corrida mais rápida que seus pés já fizeram. Robert tem apenas um momento de alívio até que o pelotão o alcance também, porém está fora da vista da metralhadora.

Luger encontrada por Daniel.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 02 Fev 2018, 21:45

Ataques de Norman e Pierre: Hugar efetuou 2 lançamento(s) de dados (d20.) :
,
Ataques dos patrulheiros: Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (d20.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 02 Fev 2018, 22:39

Nate
Resultado do Combate:
Nate ataca Patrulheiro 1
Acerto Crítico! Quebra do fêmur.
Poder Ofensivo = Sorte (20) + Rifle (8) = 28
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) = 5
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (28) / Poder Defensivo (5) = 5

Norman ataca Patrulheiro 2
Poder Ofensivo = Sorte (9) + Submetralhadora (5) = 14
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) = 5
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (14) / Poder Defensivo (5) = 2

Pierre ataca Patrulheiro 3
Poder Ofensivo = Sorte (11) + Pistola (3) = 14
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Alcance Máximo (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (14) / Poder Defensivo (10) = 1

Patrulheiro 2 ataca Norman
Poder Ofensivo = Sorte (17) + Rifle (3) - Lesões (2) = 18
Poder Defensivo = Exposição Mínima (10) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (18) / Poder Defensivo (10) = 1

Patrulheiro 3 ataca Pierre
Poder Ofensivo = Sorte (9) + Rifle (3) - Lesões (1) = 9
Poder Defensivo = Exposição Mínima (10) + Retardo (5) = 15
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (9) / Poder Defensivo (15) = 0

Patrulheiro 4 ataca Nate
Poder Ofensivo = Sorte (19) + Rifle (3) = 22
Poder Defensivo = Exposição Parcial (5) + Retardo (5) = 10
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (22) / Poder Defensivo (10) = 2

Patrulheiro 1 recebe 3 Lesões e 3 Ferimentos adicionais e cai em combate!
Patrulheiro 2 recebe 2 Lesões e continua em combate.
Patrulheiro 3 recebe 1 Lesões e continua em combate.
Norman recebe 1 Lesão e continua em combate.
Nate recebe 2 Lesões e continua em combate.
Nate se ajoelha, buscando o máximo de cobertura que pode na cerca-viva, tentando manter uma linha de tiro desimpedida. Sua maestria em preparar o rifle para o primeiro tiro é inigualável, é quase como se a arma fosse uma extensão do seu próprio corpo. Já os inimigos e, até certo ponto, alguns aliados, sequer eram capazes de carregar as munições sem derrubá-las no chão, estabanados.

Em poucos movimentos rápidos, a primeira munição entra na câmara e você tem a massa e as alças de mira alinhadas, caçando sua primeira vítima. Os alemães são jovens e assumem posição de tiro ajoelhados, uma postura experta que permite rápida movimentação e alguma proteção. Mas são inexperientes, por melhor que tenha sido seu treinamento. Seus rifles de serviço são bons, contudo. Você analisa friamente o campo de batalha e, antes de todo mundo, puxa o gatilho.

O projétil ainda quente rasgou os ares e levou consigo folhas da sua cobertura, perfurou tecido, pele, músculos e ossos e continuou seu trajeto até atingir a terra batida da estrada. Você mirou na coxa esquerda do alemão, e o disparo atravessou tudo que encontrou no caminho, rasgando artérias e fraturando o fêmur. Ao sair, a bala levou consigo sangue, fragmentos ósseos e uma massa de carne que mais parecia um mingau. Você sabia de tudo aquilo, era um médico de combate e já vira ação antes.

Seu inimigo cai no chão imediatamente, antes que sequer pudesse puxar o gatilho, vítima de uma dor insuportável. Seria questão de minutos, talvez segundos, até que o choque o matasse, mas seus aliados não sabiam disso e tentariam salvá-lo, expondo-os ainda mais. Mas sua satisfação no ataque bem sucedido lhe deixou superconfiante, e você se vê vítima de tiros sucessivos de rifle, por sorte mal preparados.

Norman dispara rajadas rápidas com a submetralhadora e Pierre faz o melhor que pode com o revólver, mas está distante demais. O francês se esconde completamente atrás da árvore, mas Norman se expõe demais e é ferido de raspão algumas vezes. Sob sua ordem, ele rola pela estrada até a cerca-viva e te puxa pra baixo.

- Deite no chão, senhor! Ficar ajoelhado o deixará muito exposto! - Ele recarrega a submetralhadora e diz - O senhor precisa de tempo para mirar? Eu posso tentar suprimi-los por alguns segundos com a Sten!

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sab 03 Fev 2018, 14:44

Teste de Raciocínio do operador de rádio alemão: Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,
Dificuldade do teste de Investigação de Cristhian: Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sab 03 Fev 2018, 15:02

Cristhian
Resultado dos Testes:
Persuasão (Cristhian) 9+0 vs Raciocínio (Operador de Rádio) 4+1. Sucesso.
Investigação (Cristhian) 10+2 vs Dificuldade 12+3. Falha.
Você transmite a mensagem com o melhor que pode reunir de alemão e de conhecimento militar. Não imaginava que os protocolos de comunicação dos alemães fossem muito diferentes dos seus próprios. Você solta o botão e o rádio fica mudo por um minuto, tempo que você usa para investigar o interior das caixas de peças de reposição. Finalmente, uma comunicação retorna, confirmando a ordem:

- Entendido! Pelotões 21 e 22 recuando para a Tenência da Marina! Vamos usar fogo supressor de cobertura!

E você e Madame Lotta comemoram juntos! Afastaram o inimigo de quem quer que os tenha surpreendido. Mas rapidamente cai a ficha... Eles recuariam para a Tenência da Marina, que é exatamente onde vocês estão! Deus sabe em quanto tempo chegariam aqui!

Você volta a investigar a caixa de peças de reposição desesperado por componentes úteis, e Madame Lotta fica entre o pavor e a fúria. Então vocês escutam um estrondo seguido por gritos de ordem em alemão. Soldados acabam de arrombar uma das portas do andar debaixo e investigam a sala de recepção onde vocês estavam. É questão de segundos até que os encontrem aqui em cima.

- São dois deles. Eu vou enfrentá-los e tentar ganhar tempo, mas mais deles virão. Encontre as malditas peças!

Madame Lotta se coloca em posição na porta, vigiando o topo da escada. Você precisa de mais tempo para encontrar as peças mais úteis.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 888
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 24
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 19 de 30 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20 ... 24 ... 30  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum