Cena 2: O Dia das Cinzas

Página 2 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sab 02 Set 2017, 20:19

Dificuldade dos testes (na ordem que foram lançados)

Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,
Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,
Hugar efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sab 02 Set 2017, 21:15

Cristhian e Robert

Resultados dos Testes:
Investigação (Cristhian) 11+2 vs Dificuldade 11+2. Sucesso.
Atenção (Robert) 4+3 vs Dificuldade 6+2. Falha.

Todos se jogam ao chão e tentam se ocultar na relva alta. Cristhian se apressa a retornar a terra que retirou para fazer o buraco, e num segundo a fogueira desaparece, mas a coluna de fumaça branca permanece acima de suas cabeças, e levará algum tempo para se dissipar. Robert usa a luneta para tentar encontrar o inimigo na direção do Sena, mas é inútil, pois a relva e a vegetação ocultam a sua visão. Norman se arrasta lentamente para mais perto de vocês, e informa entre respirações fortes:

- Eu vi um bote entre as árvores, do tamanho para 4 ou 5 ocupantes, mas o barulho sugere três ou quatro deles. - Norman limpa a terra do rosto - Não sei se fui avistado, senhor.

Norman parece preocupado com a possibilidade de ter sido visto. Cristhian examina os arredores e identifica as opções óbvias: 1) voltar para floresta densa ao leste; ou 2) se esconder na encosta do canal. Aparentemente nenhum dos botes abordou, então ainda é seguro se movimentar desde que continuem pelo menos agachados. A relva é alta e há muitas árvores por perto.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Sab 02 Set 2017, 21:35

Falo baixo enquanto ergo um pouco o pescoço tentando olhar por cima da relva:

É cedo, deve ser apenas uma patrulha de rotina. Haviam armas pesadas no bote? Vamos nos esconder no canal por 10 minutos, é tempo suficiente para eles irem longe o bastante e permitir nossa locomoção com mais mobilidade. Então, vamos numa linha reta em direção ao porto, vamos passar pela mata e talvez um pantano, mas vamos estar longe e ocultos das patrulhas, essa região está começando a ficar movimentada demais.

Peguem as armas.


Assim que chegar no canal pego o rifle e o mantenho longe da água, verifico sua condição e quanto tenho de munição, tbm coloco a luneta de volta nele, entao falo:

Fiquem aqui, vou me aproximar um pouco para observar melhor, entendam o rifle faz um som diferente das armas de cano mais curto, numa situação desses eu atiraria a cada 30 segundos para refazer a pontaria e me ocultar, enquanto ouvirem tiros de rifle nesse intervalo de tempo continuem aqui, protegidos, é sinal de que eles ainda não me encontraram. Se os tiros forem num intervalo menor Norman vc deve vir me ajudar, use uma das granadas para desorientar eles, mas não vá na minha direção, posicione-se transversalmente a mim, assim os malditos terão que mirar para duas direções e não apenas em uma. E vc Christian, vai se arrastar em direção à floresta até que esteja seguro o suficiente para correr, o porto fica quase em linha reta daqui, se algo acabar muito ruim vc deve fazer de tudo para chegar lá.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por †_Junior_† em Dom 03 Set 2017, 00:13

Afirmo positivamente com a cabeça para o tenente, enquanto passo o rifle para o mesmo.

A arma talvez falhará em algum momento inoportuno, mas deve ser capaz de fazer alguns disparos.

Continuo escondido na relva, enquanto deixo o revolver pronto para atirar e torço para que não falhe caso seja necessário. Quando o tenente se move para o canal, o sigo de maneira silenciosa. Falo:

Me passe o mapa e as fichas então senhor. Devo chegar com essas informações no porto se for a última opção eu ir sozinho.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:6       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro, gládio, 20 metros de corda e escudo pequeno.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
†_Junior_†

Mensagens : 329
Data de inscrição : 06/10/2013
Idade : 23
Localização : Recife PE

Ficha do personagem
Nome: Cristhian Theofilakis
Posto: Primeiro Sargento
Especialidade: Operador de Rádio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Dom 03 Set 2017, 00:16

Vieirinha termina a ração e coloca a lata em cima de um dos bancos da capelinha, em seguida se volta para o sargento e caminhando rumo à janela da frente faz uma expressão de espanto e comenta...

"Porra! Que merda que deu heim? Parece que tudo que os comandantes planejaram deu em nada, e se for ver o Barca nem era tão estúpido assim, afinal o plano não era dele, talvez tenha sido um pouco estúpido de cumprir à risca, sem ver as possibilidades..."

Faz um barulho puxando o ar dentre os dentes como quem quer tirar uma sujeira qualquer e continua...

"Tem alguma coisa aí nos papéis sobre os demais protocolos? Tenho aqui por mim que nesses tais papéis é que estão definidos nossos próximos passos... Se bem que olha só... Se parássemos por agora, seria interessante se encontrássemos os tal Sei lá o quê de Gaule ou os partinbuns aí... É isso? Não prestei atenção direito nos nomes... O que vc acha sargento?"

Enquanto espera a resposta do sargento sobe na plataforma e olha de novo para a parte da frente da pequena capela, só uma coisa incomoda mais o soldado do que saber que os planos deram nágua e que agora estão praticamente isolados e perdidos em um país onde não falam a língua... Essa calmaria estranha e angustiante...

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 100
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 41
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Dom 03 Set 2017, 17:12

Respondo a Vieirinha quanto ao Barca:

É... Assim como o Tenente, estamos aqui apenas cumprindo ordens. Talvez se tivesse sido diferente, não estaríamos aqui.

Depois falo em relação aos protocolos:

Sim, Vieira. O que nos resta agora é seguir os protocolos. Eles que dirão nossos próximos passos, mas temo que estamos na direção contrária. Se realmente era esperado que os milicianos tomassem o porto, acho que fugimos do nosso ponto de encontro, o que significa que teremos que voltar para Honfleur. A questão é: com um regimento inteiro de alemães, será que um punhado de franceses da conta? Eles já estão esperando por eles lá e ainda por cima com o arsenal do cargueiro. Em outras palavras, se não tiver nenhuma informação sobre o local aonde podemos encontrar a resistência, além de Honfleur, vamos ter que ir direto pra onde a onça dorme.

Vou olhar os próximos dois protocolos.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 303
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Dom 03 Set 2017, 19:10

Vieira da de ombros e pergunta...

"Realmente sargento, se sairmos vivos daqui será um verdadeiro milagre..."

Dá uma coçada na cabeça e pergunta...

"Será que aquela menina não consegue alguma informação do porto pra gente? Mas de uma coisa eu te garanto... Se eu estivesse em uma torre ou local alto de noite posso te garantir que consigo reduzir o contingente dos caras consideravelmente... O que acha sargento... Vamo cutucá a onça ou vamo ficá se escondendo aqui?"

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 100
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 41
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Seg 04 Set 2017, 11:28

Respondo as indagações de Vieira:

Aquela moça parece ser gente de bem e quando lhe indaguei sobre o toque de recolher ela sabia do que estava acontecendo, mas prefiro não depender dela. Na verdade, prefiro até descobrir informações suficientes para irmos embora antes dela voltar. Não sabemos o que ela pode fazer pra ter informações do irmão. Não acha que seria interessante aos alemães saber aonde estamos em troca de um simples "Sim, seu irmão esta vivo." ? Não vamos ficar dependentes dela. - Dou uma olhada no relógio de pulso e continuo - Também quero descontar a raiva do que aconteceu no cargueiro, mas acho melhor esperar pra ver o que esses franceses vão fazer. Nem imagino a reação deles quando ver um regimento esperando por eles. Mas não se preocupe com isso, pois ainda hoje vamos ter que voltar para os arredores de Honfleur.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 303
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Seg 04 Set 2017, 20:40

Aceno com a cabeça em sinal de positivo para o sargento Christian e passo o solicitado.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 06 Set 2017, 01:17

Vieirinha e Sabão
Nas suas pesquisas, Sabão também encontrou um livro de registros pertinentes ao desenvolvimento da missão. A grafia confere com a do Tenente Barca. As últimas entradas foram:
"REGISTROS DA MISSÃO
[...]
03:45 - Protocolo Azul encerrado com sucesso. Protocolo Verde autorizado.
04:05 - Cidade costeira de Honfleur avistada. Iniciando cabotagem. Protocolo Verde iniciado.
04:20 - Recebemos comunicação de rádio da Autoridade Portuária de Honfleur. Estão enviando um rebocador.
04:22 - O Porto não foi tomado pelas tropas aliadas no tempo esperado. Protocolo Cinza autorizado.
04:25 - ALERTA: A Autoridade Portuária se identificou como tropas da Wehrmacht! Presença militar não era esperada! Estou suspendendo o Protocolo Verde indefinidamente.
04:25 - Protocolo Cinza iniciado.
04:28 - A Autoridade Portuária requisitou abordagem e inspeção. Temo que a missão tenha sido sabotada. Vou me apresentar como Capitão Interino com os documentos da missão de ajuda humanitária. Vou levar o intérprete e o imediato comigo. Preciso ganhar tempo e garantir a segurança da tripulação e dos passageiros.
04:30 - Estou autorizando o Protocolo Vermelho. Se o Protocolo Cinza for comprometido, o líder da missão deve suceder imediatamente este protocolo.
04:30 - Tenente Barca cede temporariamente o comando da missão para o imediato."

PROTOCOLO CINZA
Requerimentos: Protocolo Verde iniciado.
Status: A Autoridade Portuária controla o Porto no momento da aproximação.

Objetivo Primário: Impedir acesso e conhecimento à carga de contrabando.
Objetivo Secundário: Garantir a incolumidade da Pátria Brasileira nas questões de Estado.
Objetivo Terciário: Garantir a segurança e integridade dos brasileiros a bordo.

Sumário: No momento da aproximação, o Porto ainda é controlado pela Autoridade Portuária. Suspender temporariamente o Protocolo Verde, selar o porão da carga secreta, e engajar em atividades burocráticas e de resgate. A Autoridade Portuária é de natureza civil e deve priorizar as questões humanitárias. Resumir o Protocolo Verde após o término do assalto.

Descrição: [Aqui são descritos inúmeros procedimentos burocráticos portuários, a maioria deles se tratando de situações de resgate. Aparentemente, cumprir esses procedimentos garantiria até algumas horas sem comprometimento da missão.]

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Qui 07 Set 2017, 08:58

Vendo a delicadeza da situação eu sutilmente faço sinal a Daniel. Com o sinal quero dizer que, assim que ele se movimentar também iremos. Não é minha intenção invadir a igreja atirando porquê não sabemos como estamos nesse lugar. Não irei dar ordens de avançarmos direto pela frente, pois pode bem haver um sniper na frente da igreja. Vou de fato aguardar a ação de Daniel e a dos padre para com ele.

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 368
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Especialidade: Infante de Assalto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Qui 07 Set 2017, 21:06

Leio os últimos relatos com pesar, pensando nos civis mortos no cargueiro. Passo as informações para Vieirinha e a final falo:

Então, parece que temos um plano a seguir. Que seja! Estamos no Protocolo Vermelho, e acho que isso não é uma coisa boa.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 303
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 08 Set 2017, 20:47

Daniel e Boris
O padre mais próximo se assusta com o movimento repentino de Daniel e sua pergunta, mas facilmente abstrai a situação e se aproxima da grade para cochichar:

- Vimos caminhões mais cedo. Militares. Passaram três por aqui, transportando tropas. Foram em direção à Honfleur, e já fazem algumas horas eu acho.

O outro padre, mais distante, condena a ação do companheiro:

- Está maluco, Edmond? Você não o conhece! Não se envolva!

Ao que Edmond responde com um palavrão sussurrado e se volta para Daniel:

- Eu não sei de nenhum militar aqui em Fiquefleur-Équainville. Mas cuidado com as estradas! Ouvimos relatos de bloqueios desde ontem. - Ele fica pensativo por um momento - Achávamos aqui que havíamos sido poupados. - Ele examina o curativo no rosto de Daniel - Onde conseguiu isso? Você é soldado?

Os soviéticos mantém seus postos.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Sex 08 Set 2017, 21:09

Robert e Cristhian
Norman responde às indagações de Robert:

- Eu não consegui ver, senhor. - E então, quando lhe é instruído - Entendido senhor. Posso começar provendo fogo supressor, para lhe dar tempo de se movimentar. Só não tenho munição para isso por muito tempo.

Lockley entrega os documentos a Cristhian e começa a se movimentar ao norte, agachado, tentando manter o corpo oculto pela vegetação. Norman recua para o canal e fica perto do companheiro caído, sussurrando:

- Espero que não se importe, mas vamos demorar para nos encontrar, amigo.

Cristhian prefere esperar um pouco o tenente se afastar, antes de começar a se arrastar, lentamente, de volta para floresta ao leste. O sargento de comunicações espera apenas que seus olhos defeituosos possam reconhecer amigo de inimigo se requisitados.

Robert faz pequenas corridas, parando para observar os arredores, sucessivas vezes, escolhendo então a moita mais alta e mais próxima antes de se movimentar novamente. O tenente percebe a presença de suficientes árvores de galhos baixos e copas volumosas, adequadas para serem escaladas e que lhe encubram. Podem ser úteis, se a necessidade se mostrar.

O atirador movimentou-se cerca de 300 metros quando percebeu o inimigo. São quatro soldados em patrulha, com as armas preparadas, do outro lado do canal, em terreno aberto. Eles avançam lentamente e cautelosos, mas parecem ter um destino bem determinado, ao sul, ao longo do canal. Três deles estão armados com rifles de serviço, enquanto que o quarto carrega uma submetralhadora.

Não é possível ver o bote deles, e a coluna de fumaça está quase toda dissipada. O som dos motores dos outros barcos parece distante e difícil de ser localizado.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Sex 08 Set 2017, 21:49

Ainda abaixado começo a preparar o rifle para efetuar um disparo, verifico a munição, apoio os cotovelos no solo enquanto aproximo o rosto para fazer a mira, aproveito por estar escondido e aguardo um tempo até preparar a mira no soldado com a submetralhadora, aguardo o suficiente para garantir um bom disparo, momentos antes de apertar o gatilho eu prendo a respiração para evitar que a mira oscile e relaxo o ombro.

Acredito que eu possa usar Surpresa 6 Tiro de Precisão 6 para somar com Rifle 10.

avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Samyaza em Sex 08 Set 2017, 21:49

O membro 'Samyaza' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'd20' :

Resultado :
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Blanchard em Dom 10 Set 2017, 22:40

Ao que o outro padre diz que não me conhece, digo:
Sou Henry, um bom filho de Deus.

Respondo ao outro padre:
Padre Edmond, já fui um soldado de nosso exército, quando tínhamos um exército e uma França livre, grande. O senhor já nos deu o que precisávamos, mas se poderem nos dar qualquer tipo de comida e algo para meus ferimentos, nós seríamos gratos aos deuses.

Digo ao outro padre:
Padre, estamos tentando salvar o mundo de uma besta. A besta está aqui.  

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:24       ABSORÇÃO:11      EF:13      KARMA: 07
EQUIPAMENTOS: Alaúde, estojo de higiene, estojo de jogos, roupa nobre, botas de couro, capa, cinto e luvas, 3 cantis, lanterna, roupa para inverno, Barraca de lona, Algemas, Giz, Pederneira, Fumo, Ferramentas para manusear armadilhas, 3 garrafas de vinho, mochila com jóias (17 p.o.), gema (manga rosa). Gládio e Escudo Grande. 
CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento
EXPERIÊNCIA: 36xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Blanchard

Mensagens : 692
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll] [roll="d20"]1[/roll]

Ficha do personagem
Nome: Daniel Blanchard
Posto: Partisan
Especialidade: Piloto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vercenorax em Ter 12 Set 2017, 16:05

Dou sinal para que meus homens ainda permaneçam em posição e mantenho a minha. Só irei agir e me movimentar assim que Daniel o faça. Me mantenho atento a qualquer forma de movimentação.

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 368
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ficha do personagem
Nome: Boris Andravitch
Posto: Primeiro Tenente
Especialidade: Infante de Assalto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Qua 13 Set 2017, 10:05

Vieirinha ouve e sente no tom do sargento que o caldo vai engrossar...

Mas o que raios deve conter nesse protocolo vermelho??
E mais, será que apenas dois homens conseguiriam levar a diante o plano?

O soldado se encosta na parede ao lado da janela da qual permanece olhando e sem esconder a ansiedade fala:

"É sargento... Concordo contigo, coisa boa não deve ser... Mas dá uma fuçada aí e fala logo do que se trata o tal protocolo vermelho pelo amor de Deus!!!"

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 100
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 41
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 13 Set 2017, 21:56

Sabão e Vieirinha
O Sargento Sabão fuça nas muitas folhas que salvou e na pasta dos documentos da missão, mas ele não consegue encontrar o Protocolo Vermelho! Com mil demônios, o documento deve ter ficado na cabine do Tenente Barca!

A raiva e o desespero atingem em cheio, e vocês tem vontade de urrar, atirar e esmurrar tudo o que veem pela frente. Mas Sabão tenta refazer seus últimos passos ainda no navio e faz algumas considerações mentais. Ele apenas pegou o que achou a vista. Certamente um protocolo como este, que supostamente prevê uma situação severa como antecipada pelo Tenente Barca, pode conter instruções e informações comprometedoras para o Estado Brasileiro. Seria razoável de se esperar que o documento ficasse guardado fora de vista, ou que talvez fosse até mesmo cifrado.

De toda forma, ainda há documentos relevantes para serem examinados, esperando a vista dos dois. Vieirinha, que para espantar um pouco a insatisfação foi dar uma volta fora da capela, achou ter ouvido algum barulho suspeito na direção do vilarejo. Seriam os mesmos malditos cachorros latindo novamente?

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por †_Junior_† em Qua 13 Set 2017, 22:38

Vou aguardar escondido onde estou aguardando de acordo com o combinado pelo tenente. (teste camuflagem)

†_Junior_† efetuou 3 lançamento(s) de dados (D6.) :
, ,

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:41        ABSORÇÃO:0       EF:6       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Manto com capuz, gaita, mochila de couro, gládio, 20 metros de corda e escudo pequeno.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 41xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
†_Junior_†

Mensagens : 329
Data de inscrição : 06/10/2013
Idade : 23
Localização : Recife PE

Ficha do personagem
Nome: Cristhian Theofilakis
Posto: Primeiro Sargento
Especialidade: Operador de Rádio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 13 Set 2017, 22:40

Robert e Cristhian

Resultado do Combate:
Robert ataca Soldado 1
Poder Ofensivo = Sorte (2) + Rifle (10) + Surpresa (6) + Tiro de Precisão (6) = 24
Poder Defensivo = Exposto (0) + Visibilidade Parcial (5) = 5
Poder de Ataque = Poder Ofensivo (24) / Poder Defensivo (5) = 4

Soldado 1 recebe 4 Lesões e 2 Ferimentos e cai em combate.

Robert passa longos segundos preparando a arma, cautelosamente, para o primeiro disparo. A munição entra na câmara suavemente, e o mecanismo quase não faz ruído algum quando é armado. Deitado, o tenente encontra alguma dificuldade em obter uma visão limpa, pois a mesma vegetação que o camufla também esconde o inimigo. A cruz desenhada na luneta segue a cabeça do nazista com a submetralhadora, até que Robert decide descer a pontaria para o peito, apenas para garantir que não vai errar o primeiro tiro.

O tenente esboça um sorriso de satisfação quando adianta o resultado, vendo seus anos de treinamento postos em prática. Sua respiração suspende, seu coração acelera de ansiedade, e Robert puxa o gatilho suavemente...

Um estouro súbito assusta as aves próximas, que fogem das árvores em revoada. O projétil deixou o cano do rifle mais rápido que o som e rasgou as folhas da vegetação que estavam em seu caminho. Robert acerta o inimigo no peito! Dois dedos para a direita e teria acertado o coração. A força do impacto derrubou o soldado no chão. Antes que o estouro terminasse de propagar, o ar é preenchido pelos gritos de dor e desespero do soldado abatido e pelos brados dos companheiros:

- Scharfschütze! Scharfschütze!

Os alemães se jogam no chão. Um deles fica sobre o soldado abatido, tentando controlar a hemorragia grave sem sucesso. A vítima convulsiona no chão, incapaz de conter os espasmos musculares e os gemidos lancinantes. Os outros dois atiram a esmo e se arrastam para mais perto do canal. Robert é incapaz de entender o que eles dizem.

Robert, teste Camuflagem. Se quiser usar Tiro de Precisão de novo vai ter que ficar uma rodada sem ação.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Hugar em Qua 13 Set 2017, 22:51

Daniel e Boris
O outro padre faz o sinal da cruz no ar quando Daniel cita a besta. Padre Edmond avalia com cuidado o pedido de Daniel.

- "Nós"? Em quantos vocês estão, senhor Henry? Nossa dispensa nunca esteve muito cheio e, nesses eventos recentes, já fomos roubados mais de uma vez. "Vocês" estão aqui para se esconder em nosso vilarejo?

Enquanto o padre fala, Daniel desvia o olhar para além das grades e dos túmulos do cemitério. O partisan acha ter visto uma lambreta encostada na parede da igreja, nos fundos.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 739
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Vieirinha em Qui 14 Set 2017, 10:25

A volta pra esfriar a cabeça durou pouco...
Vieira volta correndo para a capelinha e avisa ao sargento...

"Sargento, recolhe a papelada e fica esperto, tem uma movimentação suspeita vinda do vilarejo, eu vou me esgueirar pelo caminho pra ver mais de perto o que está acontecendo... Rapidamente Sargento, na pior das hipóteses se nos perdermos qual será o ponto de encontro?"

O soldado parece ansioso e quase não controla as pernas pra verificar o que está acontecendo... Mal da a notícia para o sargento e já vai saindo lentamente, até mesmo pra ouvir qual é o ponto de encontro...

_________________
"A morte é só uma questão de perspectiva...
De quem mata...
e de quem morre...
"

Soldado Aníbal Vieira

"A paz queremos com fervor
A guerra só nos causa dor
Porém, se a Pátria amada
For um dia ultrajada
Lutaremos sem temor"

Canção do Exército
Exército Brasileiro
avatar
Vieirinha

Mensagens : 100
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 41
Localização : Olímpia

Ficha do personagem
Nome: Aníbal Vieira
Posto: Soldado
Especialidade: Guerrilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Maedhros em Qui 14 Set 2017, 10:57

Começo a recolher tudo e colocar nos sacos que pegamos. E falo a Vieirinha:

Pegue um dos sacos e vamos correr em direção à aquele morro. De lá, teremos uma visão privilegiada do que esta acontecendo. Assim que chegarmos lá, ai sim você irá ver mais de perto o que está acontecendo. - Enquanto coloco o bornal nas costas, termino - E dependendo do que virmos, rumamos a cidade na mesma hora. Precisamos saber o que aconteceu com os franceses milicianos.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!

avatar
Maedhros

Mensagens : 303
Data de inscrição : 07/10/2013

Ficha do personagem
Nome: Sabão
Posto: Segundo Sargento
Especialidade: Artilheiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cena 2: O Dia das Cinzas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum