Parte 1

Página 1 de 30 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parte 1

Mensagem por Hugar em Sex 13 Dez 2013, 23:03

Oberyn
Você recobra a consciência e examina seus arredores. O homem a sua frente, sentado em um tronco de árvore e comendo uma coxa de galinha, te observa irredutível. Finalmente, após tensos minutos, ele te faz uma série de perguntas em malês com voz severa:

- Qual é o seu nome? E o de seu pai? E o de seu avô? A qual lorde você serve? O que faz aqui neste reino?

Abadrel
Earl termina de limpar a taverna e pergunta a você:

- Está bem? O tombo da cadeira foi bem severo.

A examinar sua expressão quase demoníaca e o sorriso de orelha a orelha, ele comenta:

- Ih, pelo visto alguém teve um plano infalível. Diga-me qual a parte do Coice-de-Mula nele e quanto vou faturar.

Nierom
A meia-noite se aproxima e você bebe um copo de cerveja na taverna onde está alojado. Os clientes no local não passam de vagabundos, bêbados, estupradores e prostitutas. O lugar perfeito.

Um dos cretinos conversa com o taberneiro no balcão:

- Você viu só? Aqueles tais heróis vieram do sul do país, chegaram hoje a tarde. Bando de impostores oportunos eles são. Estavam mais pra lá do que pra cá. Até eu seria capaz de derrubar um daqueles muleques no braço, feito o homem que sou. Eu ouvi de uma vagabunda qualquer que viu quando eles chegaram na cidade que estavam feridos. Papo furado, são um bando de miseráveis que fugiram das terras que deviam lavrar e querem viver as custas do rei agora.

Thartalion
A cidade de Donatar é arborizada, as ruas são calçadas e não formas poças de lama, os prédios possuem uma peculiar arquitetura élfica - que você estranha demais, nunca havia algo similar na vida. No centro da cidade, atrás de um largo fosso, fica o castelo onde reside a família real e a corte. Sua comitiva chegou antes do almoço e foi muito bem recebida nos salões com fartos banquetes. Ainda não tiveram a chance de ver o rei, porém confraternizaram com diversos nobres e agregados.

Você, assim como os demais guardas da comitiva, foram alojadas na caserna do forte. A comida, mesmo para a guarnição do castelo, é farta e variada. Nos quartéis em Verrogar os homens são criados a pão e água, quando muito com leite azedo.

Às nove horas da noite, um homem chega até você no pátio e diz que Roderick Karp o chama em seus aposentos.

Bael
A viagem foi longa e cansativa - os volins param pouco para descansar e havia poucos animais para carregar as bagagens. O reino vizinho é muito diferente de Eredra. Campos de grãos deram lugar a corpos de florestas e pastagens verdes. Os volins parecem incomodados, talvez seja o clima quente e úmido. Os camponeses parecem alegres e bem dispostos a enfrentar o trabalho de todo dia. Apesar das diversas estalagens à beira da estrada, os volins preferiram montar acampamento e dormir ao relento, deixando a comitiva ao risco de ser atacada por criminosos - ou no pior dos casos, pelos terríveis orcs!

Você não via a hora de chegar em Donatar, e que cidade bela! Arquitetura élfica fundida com humana, ruas calçadas e arborizadas, mulheres bonitas! Meio-elfas lindas! Elfas estonteantes! No centro da cidade, sua comitiva é recebida no castelo real. Vocês almoçam um farto banquete e o hábito selvagem dos volins te provocam vergonha de pertencer a ele. Vocês ainda não foram recebidos pelo rei. Aposentos no castelo são preparados a sua comitiva. Você divide quarto com o arauto Arthur Viestou, que acabou de chegar no quarto vindo do jantar. Ele parece ansioso a te contar novas.

Thalles, Anya, Bonnie e Lezard
Vocês estão repousando em um cômodo comunal na Catedral de Selimon. É tarde da noite e a cidade está quieta. Os sacerdotes os acolheram, alimentaram, enfaixaram, remediaram e agora os deixaram para dormir. Terry está gravemente ferido e inconsciente há várias horas. Vocês todos dormem em um quarto grande com seis camas e uma única janela, fechada logo cedo para manter o quarto aquecido.

A hora mais fria do noite acorda Bonnie com um calafrio e com sede. Vento assovia pelas fendas da janela. Bonnie sai do quarto e encontra uma jarra com água nos corredores iluminados por archotes. Mata a sede e lava os braços escoriados e feridos pelo incêndio. Bonnie retorna ao quarto e observa longamente as seis camas, a luz da lua banhando o assoalho entrando pela janela aberta.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 626
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por bcsaulo em Sex 13 Dez 2013, 23:52

Acordo de sobressalto levando a mão até a adaga sempre escondida na bota, e logo sentiu-se desprotegido, ao perceber que estava apenas com roupa do corpo. Caminhou pelo quarto a procura de minhas armas, minha busca me levou até o corredor "Mas claro que eu não ia encontrar armas num templo de Selimon", falou consigo mesmo. Aproveitava para tomar água e lavar o rosto, agora tinha que tomar cuidado, estava amostra de meus inimigos. "Quem sabe não conseguiria furtar alguns itens do rei e fugir para longe novamente, umas 100 moedas de ouro, um local tranquilo, uma vila, longe de orcos dessa vez. Poderia conseguir uma boa esposa e viver em paz", pensou, enquanto tomava outro gole de água e seguia para o quarto. Olhou para as camas e em seguida para a janela "Ei ela não estava fechada?", pensou lembrando da frieza que escorria pelas frestas da janela. Pegava uma das tochas e caminhava furtivamente até a janela, tentando ouvir qualquer barulho suspeito.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH: [58] [-9 -20] = 29     ABSORÇÃO: = 22      EF: 20 =      KARMA: 0     DEFESA P2/P4

EQUIPAMENTOS: Couraça Parcial, Elmo Fechado, Escudo Grande, 2 Machados de Batalha, 1 Montante, Ração para viajantes (Frutas, pães e carne seca), Cantil com água e 11 moedas de ouro e 5 moedas de prata.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 35xp


FICHA DO PERSONAGEM - A SOMBRA:


FICHA DO PERSONAGEM - A FLORESTA DO SILÊNCIO:

avatar
bcsaulo

Mensagens : 514
Data de inscrição : 07/10/2013
Localização : [roll="d20"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por bcsaulo em Sex 13 Dez 2013, 23:55

Vou antecipar e rolar, escutar, observar e ações furtivas, se for necessário, senão desconsidere.

bcsaulo efetuou 3 lançamento(s) de dados d20 (Imagem não informada.) :
, ,

_________________
INFORMAÇÕES:
EH: [58] [-9 -20] = 29     ABSORÇÃO: = 22      EF: 20 =      KARMA: 0     DEFESA P2/P4

EQUIPAMENTOS: Couraça Parcial, Elmo Fechado, Escudo Grande, 2 Machados de Batalha, 1 Montante, Ração para viajantes (Frutas, pães e carne seca), Cantil com água e 11 moedas de ouro e 5 moedas de prata.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 35xp


FICHA DO PERSONAGEM - A SOMBRA:


FICHA DO PERSONAGEM - A FLORESTA DO SILÊNCIO:

avatar
bcsaulo

Mensagens : 514
Data de inscrição : 07/10/2013
Localização : [roll="d20"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por arabedoido em Sab 14 Dez 2013, 00:17

Ao acordar, ainda tentando entender tudo, levanto chamando pelos primeiros de quem me lembro:

Terry! Markas!

Levanto, pergunto por eles e corro para onde Terry está, querendo saber tudo sobre como ele está Se houver um sacerdote, começo a perguntar para ele, em uma mistura de idiomas, causada pela desorientação:

Vamos, me diga, preciso saber do estado dele, o que foi feito e como ele está reagindo aos tratamentos. Sou curandeira, contem com minha total ajuda aqui.

E fico aguardando a resposta, segurando a mão dele e trocando o olhar entre Terry e o sacerdote que conseguir abordar. qualquer que seja a resposta, pretendo ficar junto ao leito dele, esperando que acorde.

(Estou presumindo que todos sucumbimos ao esgotamento e estamos acordando agora.)

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por arabedoido em Sab 14 Dez 2013, 14:01

Tinha esquecido o dado para Medicina, só para conferir se ele está tratado corretamente e se há algo mais que possa ser feito.

arabedoido efetuou 1 lançamento(s) de dados d20 (Imagem não informada.) :

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Vercenorax em Sab 14 Dez 2013, 15:14

Penso antes de responder:
[Se me perguntou o que faço neste reino certamente sabe que a ele não pertenço. Se perguntou sobre minha ascendência deve duvidar sobre quem eu sou.]

Olho bem para o homem em minha frente perscrutando-o, sei que minha situação não é muito boa, mas agirei como de costume, respondo com todo o meu orgulho leva:
Sou Oberyn Nymeros, dito o Víbora Vermelha, filho de Lewyn Nymeros, filho de Manfrey Nymeros, da Grande Casa Leva de Martell, Senhores de Lançassolar, Kaliafs de Sika, meio pai serve a meu tio Baruk Nymeros, Kaliaf de Sika ao qual eu também serviria se não estivesse no exílio. Bem, estou neste reinozinho úmido e desgraçado, pois não posso ficar em Levânia e porque ainda não consegui ir para Verrogar, um reino que diria ser muito melhor que este. Agora se me desculpa.

Vejo que Alamut está inquieto e se mexendo muito, olho para ele e grito um comando:
ALAMUT! QUIETO ZEBRA BURRA!

Volto minha atenção ao homem e lhe pergunto:
Poderia me dar um gole d'água? Minha garganta tem estado seca há um bom tempo.

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 334
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Ares em Sab 14 Dez 2013, 15:58

Estava sentado na cama cuidando do meu alaúde quanto vejo o Arthur entrar, digo com um sorriso simpático no rosto.
-Tudo bem Arthur? Finalmente um bom lugar para descansar após esta viagem. Parece um pouco ansioso, vamos la, sente-se e fale o que de deixou assim.
Olho para ele demonstrando atenção e esperando saber o que ele quer falar.

_________________
Somente uma pessoa pacifica querendo atirar umas flechas nos joelhos alheios.
Tarefa em Revisão: As Línguas

Ares

Mensagens : 96
Data de inscrição : 09/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Hugar em Sab 14 Dez 2013, 20:00

(Árabe: só o Bonnie acordou no meio do noite com sede, o resto de vcs continua dormindo)

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 626
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por arabedoido em Sab 14 Dez 2013, 21:36

Certo, disfarça. Entendi errado.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por aurhus em Dom 15 Dez 2013, 11:34

me viro para o bebado e digo:Quem lhe disse isso?Onde estão estes "herois"?

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:3       EF:15       KARMA:6

EQUIPAMENTOS: 2 bumerangues de corte, 1 punhal, flauta longa de metal e armadura de couro leve

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 9xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
aurhus

Mensagens : 227
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Maedhros em Dom 15 Dez 2013, 21:27

Ainda no chão, digo rindo:

Quero Earl, você não vai faturar nada! Eu lhe darei de tão rico que ficarei! Agora me ajude a levantar daqui.

De pé falo para o taverneiro:

Amigo, esta diante daquele que fará o rei chorar de tão bom cantor. Eu vou ganhar esse torneio musical e levar todo ouro daquele castelo! E se estiver de bom humor, posso até te trazer o cetro real pra você deixar pendurado bem ali, ó.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!
avatar
Maedhros

Mensagens : 262
Data de inscrição : 07/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Samyaza em Dom 15 Dez 2013, 23:15

opção 1 - Caso o homem seja verrogari e eu o conheça eu me levanto da mesa e vou agradecê-lo:

opção 2 - Caso o homem seja verrogari e eu não o conheça, eu me levando da mesa, agradeço pelo aviso e pergunto seu nome:

opção 3 - Caso o homem não seja verrogari eu não me levanto da mesa, pergunto o seu nome e quem lhe pediu que me avisasse, mesmo que ele não responda eu:

Coloco o elmo e pego o escudo e a lança (é um hábito do Thartalion de não se separar de suas armas enquanto estiver em serviço), caso eu esteja subordinado a alguém além de Roderick (um capitão talvez) comunico-o que fui chamado (deixo claro quem me deu o aviso) e que estarei indo falar com o senhor Roderick.

Assim que chegar ao senhor Roderick assumo uma postura firme, coloco ambos os braços em 90 graus segurando num o escudo e no outro a lança de forma reta, na vertical e digo aguardando que ele me dê suas ordens:
Senhor Roderick...
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Hugar em Seg 16 Dez 2013, 17:44

Bonnie, Anya, Thalles e Lezard:
Bonnie caminha passo a passo extremamente devagar sem fazer ruído algum, carregando uma tocha dentro do quarto. Quando chega próximo ao centro do quarto, vê sombras se projetando na janela aberta. Uma "mão" se agarra às frestas da janela e seus dedos finos se esticam desumanamente. Bonnie dá um passo para o lado para ver quem está projetando a sombra. Um frio doloroso desce sua espinha, paralisando Bonnie de pavor. Ele viu somente a lua no céu, não havia corpo algum.

A sombra se estica e o resto do seu "corpo" vai escalando a parede lentamente. Primeiro um braço, depois outro, a sombra escorre para dentro do quarto.

Oberyn:
O homem escuta muito atento cada palavra sua, seus olhos denunciando claramente uma dúvida em seu âmago. Quando enfim você termina, ele se arca para trás, um pouco incomodado talvez, e responde:

- Meus perdões, mestre das areias de Blirga. - ele te passa o odre com água - Deve desculpar meus modos, sabe exatamente o tipo de precaução que devemos ter com nossos inimigos. Meu nome é Sevério Draco, sou capitão de uma tropa verrogari.

Ele assovia e um soldado trás uma tigela de ferro pra você. Ele continua:

- Atacamos uma comitiva real em busca de um fugitivo perigoso. Um dos soldados relatou ter avistado um aliado cavalgando junto com nossos inimigos, e mandei verificarem a informação. Crezir abençoa nossa campanha colocando-te em nosso caminho. É um sinal de que venceremos com certeza. Perdoe-nos novamente se foi mal tratado em alguma ocasião, não podemos confiar em ninguém. Aqui tem uma canja fria, é o melhor alimento que podemos lhe oferecer no momento, não podemos acender fogo.

Bael:
Ele entra no quarto luxuoso, fecha e tranca a porta, se observa por um tempo no espelho do guarda-roupa e se joga na cama descalçando as botas.

- Ah, Bael, eu te digo! Podemos ter sido enviados para colher informações militares para o Portentã, mas eu te digo que há muito mais coisas interessantes por aqui! Coisas que podem nos favorecer, se é que você me entende - ele pisca o olho para você - Outras comitivas diplomáticas chegaram a pouco em Donatar, entre elas uma de Verrogar! E ontem chegou uma tão aguardada comitiva real que devia escoltar os heróis que eles tanto comentam que defenderam a vila ao Sul que foi atacada pelos orcs. Adivinhe! Foram atacados e quase todos morreram na estrada! Os sobreviventes foram enviados para a Catedral de Selimon para cuidarem dos ferimentos.

Ele retira a incomodativa roupa nobre e veste pijamas.

- Não percebe? São esses heróis que presenciaram todo o ataque! E exterminaram os selvagens! É de nosso interesse que eles fiquem vivos e bem. Imagine como o Portentã ficará feliz em recebê-los em Eredra, os próprios envolvidos no ataque! Eles devem saber de tudo!

Arthur pede silêncio, destranca e abre a porta e pede para um guarda no corredor trazer-lhe uma jarra de vinho, depois se volta a você:

- Eu nunca saberei se aquele guarda estava ouvindo ou não, e vinho me faz adormecer melhor.

Nierom:
O homem se vira pra você e se espanta com sua aparência. Com repulsa, ele responde:

- Eu ouvi isso na rua, estão todos comentando. O rei enviou uma comitiva para escoltá-los em segurança. Ora essa, Ludgrim tem estradas seguras! Sabe onde estão os soldados da comitiva agora? Mortos! Eles estão todos mortos! Sou só eu que acho isso sinistro? Eles não deveriam estar aqui em Donatar. Os mandaram para a Catedral de Selimon para que os padres os curem!

Abadrel:
Earl ri descaradamente de você.

- Ganhar o torneio dos menestréis? Você? Com essas roupas? Com este alaúde? Com essa voz??? Terá de fazer muito bem, os melhores bardos do reino estarão lá amanhã. Eu lhe digo o que o Coice-de-Mula vai fazer, eu vou te ajudar, porque nunca ninguém jamais ganhou algo justo nesta vida! Eu vou lá e vou ajudar você a trapacear e ganhar essa competição. Nem que seja colocando pimenta no meelbernil dos seus concorrentes!

Thartalion:
O homem é de Ludgrim, e é soldado da guarnição do castelo. Ele lhe diz que seu nome é Lino Thad e que o senhor Roderick Karp é que pediu para chamá-lo. Você obedece somente a Roderick.

Você sobe as escadas da torre e percorre os corredores da muralha, evitando circular pelo mesmo caminho que a gente rica do castelo. Os aposentos de Roderick são ricamente mobiliados e decorados, o que o faz pensar que se os quartos dos convidados são assim, como será o quarto do rei?

Roderick manda você entrar e relaxar e tranca a porta.

- Muito bem Thartalion, jamais se separe de suas armas enquanto estiver em serviço. Mesmo que este castelo fosse protegido por mil guardas, eu não confiaria em um sequer. Agora sente-se.

Ele te serve um pouco de uísque - e que uísque!

- Ainda não fomos recebidos pelo rei. Na verdade, ninguém foi. Há outras comitivas diplomáticas aqui, notei uma de Eredra e espero fazer boas alianças com eles. A corte diz que a majestade só irá se apresentar novamente quando seus convidados vindos do sul estejam em condições. Escute bem Thartalion, porque você está entre os poucos verrogaris que ouviram esta notícia até agora. O reino de Ludgrim foi atacado por bestas selvagens do sul que romperam a Muralha de Goguistá, certamente você já ouviu falar dela em algum momento da sua vida. Forasteiros salvaram uma vila do ataque e o rei enviou uma comitiva atrás deles. Agora descobri que os soldados do rei foram atacados e quase todos morreram na estrada.

Ele aguarda você digerir tudo.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 626
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Samyaza em Seg 16 Dez 2013, 21:21

Aguardo que Roderick sente-se e então sento-me na cadeira (caso ele não sente eu apenas encosto o escudo e a lança na parede mas mantenho-me de pé) apoiando a sola dos pés ao chão de forma reta, coloco a lança no chão paralela ao meu corpo de forma a pegá-la com mais facilidade caso haja necessidade, o escudo eu apenas retiro do braço e encosto-o na perna. Pego o copo de uísque na mão mas não bebo, não finjo beber, apenas seguro o copo com uma das mãos e escuto-o.

Quando Roderick termina pergunto:
O senhor pretende fazer algo a respeito?
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1032
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por bcsaulo em Seg 16 Dez 2013, 21:34

Logo que a sombra aparece na janela, vieram os calafrios, meu corpo parou por uns instantes não consegui me mover, da minha boca apenas um sussurro "macacos me mordam...", até que o restante da sombra apareceu... sem um corpo. Em seguida uma adrenalina se espalhou por por todo o meu corpo me tirando do transe e então dei um passo para trás, me movi rapidamente para minha cama, mais precisamente para minha mochila onde estava meus itens pessoais, pegava o odre de aguardente e então sem tirar o olho da sombra, corria para a cama de Anya. "Somente ela poderia convocar aquilo! Ela havia convocado os demônios, ela abriu a porta para que a sombra entrasse", pensou enquanto posicionava o cantil na boca:

- PELOS DEUSES, AFASTE-SE DEMÔNIO, EU JURO QUE EU TOCO FOGO NA SUA CRIADORA! - Grito a plenos pulmões, enquanto esperava o próximo passo da criatura.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH: [58] [-9 -20] = 29     ABSORÇÃO: = 22      EF: 20 =      KARMA: 0     DEFESA P2/P4

EQUIPAMENTOS: Couraça Parcial, Elmo Fechado, Escudo Grande, 2 Machados de Batalha, 1 Montante, Ração para viajantes (Frutas, pães e carne seca), Cantil com água e 11 moedas de ouro e 5 moedas de prata.

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 35xp


FICHA DO PERSONAGEM - A SOMBRA:


FICHA DO PERSONAGEM - A FLORESTA DO SILÊNCIO:

avatar
bcsaulo

Mensagens : 514
Data de inscrição : 07/10/2013
Localização : [roll="d20"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Hugar em Seg 16 Dez 2013, 23:31

Anya, Thalles e Lezard: vocês todos acordam com os berros de Bonnie.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 626
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por arabedoido em Ter 17 Dez 2013, 09:12

Levanto e quando consigo discernir que quem gritou foi Bonnie, falo para ele:

Vamos, grite mais alto. Acho que o resto da cidade ainda está dormindo. O que foi que deu em você?

Enquanto isso, olho os outros, procuro por Terry, Markas e Thalles para ver como eles estão.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Leo Ralth em Ter 17 Dez 2013, 12:23

Acordo a assustado e quando vejo Bonnie com a tocha digo:

-Senhor Bonnie o que faz co essa tocha, da última vez que você teve uma nas mãos não deu muito certo pra gente não foi??

Nesse momento me dou conta de tudo que tínhamos passado e passo a perceber o lugar onde estou.

-Onde estam...

Olho ao redor.

(Onservar)

Leo Ralth efetuou 2 lançamento(s) de dados d20 (Imagem não informada.) :
,

_________________
[roll="d10"]X[/roll]



INFORMAÇÕES:
EH:42        ABSORÇÃO:0       EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: Nenhum

EXPERIÊNCIA: 22xp


FICHA DO PERSONAGEM:

Leo Ralth

Mensagens : 118
Data de inscrição : 23/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Ares em Ter 17 Dez 2013, 12:42

-Não que a historia que eles vão contar seja mais verdadeira que qualquer outra, sabe tão bem como eu que as historias tendem a ser aumentadas para se tornarem mais emocionantes.
Levando os ombros como se não pudesse fazer nada.
-Mas caso aconteça, vão ser eles que vão estar mentindo, e nós teremos feito um excelente trabalho.
Dou uma ultima limpada no alaúde, guardo no estojo e deito para dormir.

_________________
Somente uma pessoa pacifica querendo atirar umas flechas nos joelhos alheios.
Tarefa em Revisão: As Línguas

Ares

Mensagens : 96
Data de inscrição : 09/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Vercenorax em Ter 17 Dez 2013, 13:28

Agora eu entendo toda a situação ou senão boa parte dela, quando me é ofericada a água e a canja eu as aceito estou com fome, e depois de comer falo:
Ora não seja o caso meu caro amigo Sevério, eu em sua situação e em uma missão tão delicada como a tua faria o mesmo. O seu soldado viu corretamente, eu seguia a acho que deveria seguir com eles sabe, um ataque de orcs a Timor e eu no local deu combate a eles como os demais, agora somos heróis e estávamos indo para a capital. Creio eu que em minha situação posso a vir a ajudá-los e muito já que não suspeitam de mim e na posição como estou. Mas diga-me o que lhes trouxeram aqui foi somente a caçada a um fugitivo perigoso ou existem mais planos?

Espero ele responder e depois eu digo:
Já que decidiu que sou aliado, poderia me soltar não que eu esteja me ferindo com as cordas, estou até confortável levando em conta que estou amarrado, mas já estão me incomodando estas cordas.

Se ele me soltar respondo:
Como deseja que eu lhe ajude?

_________________
"Sete Anéis para os Senhores Anões em seus Rochosos Corredores"

"Se for pra acabar em fogo, todos queimaremos juntos!"


INFORMAÇÕES:
EH:62       ABSORÇÃO:15      EF:18       KARMA:0

EQUIPAMENTOS: corvo Roac.

EXPERIÊNCIA: 55xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Vercenorax

Mensagens : 334
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 23
Localização : Cachoeira de Minas/Lavras

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por aurhus em Ter 17 Dez 2013, 18:55

Ao ouvir o que o bebado disse me levanto deixando o pagamento pelo o que eu consumi em cima do balcão e me dirijo ao templo de Selimon.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:3       EF:15       KARMA:6

EQUIPAMENTOS: 2 bumerangues de corte, 1 punhal, flauta longa de metal e armadura de couro leve

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 9xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
aurhus

Mensagens : 227
Data de inscrição : 07/10/2013
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Blanchard em Ter 17 Dez 2013, 19:51

Abro os olhos (ainda tristes) e não posso acreditar que Anya e Bonnie estão brigando novamente. tente perceber meus ferimentos e minha perna...

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:24       ABSORÇÃO:11      EF:13      KARMA: 07
EQUIPAMENTOS: Alaúde, estojo de higiene, estojo de jogos, roupa nobre, botas de couro, capa, cinto e luvas, 3 cantis, lanterna, roupa para inverno, Barraca de lona, Algemas, Giz, Pederneira, Fumo, Ferramentas para manusear armadilhas, 3 garrafas de vinho, mochila com jóias (17 p.o.), gema (manga rosa). Gládio e Escudo Grande. 
CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento
EXPERIÊNCIA: 36xp


FICHA DO PERSONAGEM:
avatar
Blanchard

Mensagens : 652
Data de inscrição : 06/10/2013
Localização : [roll="D6"]x[/roll]

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por arabedoido em Ter 17 Dez 2013, 23:58

Depois da pergunta de Thalles, comento:

- Pelo pouco que pude entender, ele tomou outro porre e inventou de se assustar com sombras. Se apagar a tocha, não vai ver mais nenhuma sombra.

_________________
INFORMAÇÕES:
EH:15        ABSORÇÃO:0      EF:13      KARMA:7/12

EQUIPAMENTOS: manto com capuz, cinto, pederneiras, mochila de couro, pena e tinta, pergaminho e bracelete (focus).

CARACTERÍSTICAS GASTAS: Nenhuma até o momento

EXPERIÊNCIA: 28xp


FICHA DO PERSONAGEM:


Jetro:
avatar
arabedoido

Mensagens : 511
Data de inscrição : 05/10/2013
Idade : 41
Localização : São Paulo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Maedhros em Sex 20 Dez 2013, 14:22

Digo a Earl:

Ora, amigo, não sabia que duvidavas do potencial de minha angelical voz! HAHAHAHAHA! Posso até aceitar a tua ajuda, mas não deixarei você ficar com toda diversão! A única coisa que preciso saber é quem e a outra corja de cantores. Se eu souber disso, estaremos com os dois pés no trono.

_________________
What the hell kind of name is Soap?

A cobra está fumando!
avatar
Maedhros

Mensagens : 262
Data de inscrição : 07/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Hugar em Sex 20 Dez 2013, 17:48

Thartalion
Roderick serve-se igualmente de bastante uísque e bebe a grandes goles.

- Sim. Esse foi o motivo do seu rei desejar uma comitiva diplomática a este reino. Veja bem, a Muralha é guardada por dois reinos, sendo um deles - Eredra - de grande interesse militar para nosso país. Se selvagens podem romper a Muralha aqui, o que impedem que a atravessem em outro ponto? Em qualquer caso, sabemos muito pouco a respeito. Quem sabe os selvagens não sejam capazes de transpor exércitos inteiros e movê-los até as fronteiras dos reinos civilizados? Se Eredra for atacada massivamente pelo sul perdemos toda nossa vantagem tática e qualquer apoio militar expressivo dos volins contra Dantsen. Consegue compreender isto?

Roderick vai até a janela e a abre esperando por uma brisa.

- Céus, este reino sabe ser quente e úmido. Bem, voltando ao assunto. Esses convidados do rei combateram diretamente os orcs e sabem mais do que qualquer outra pessoa. Talvez tenham informações concretas e é vital que as obtenhamos. Agora eu escuto que eles foram atacados na estrada e estão a beira da morte! Pelos deuses! Nada poderia ser pior. O estranho é que relatos de ataques são pouco comuns neste país, quanto mais um ataque a uma comitiva enorme e protegida pelos brasões do rei!

Ele se levanta e diz solenemente a você:

- Thartalion Menelcar, preciso que você vá atrás destes convidados reais e se torne amigo deles, descubra o máximo que puder das circunstâncias do ataque e, acima de tudo, que os proteja.

Bael
Alguém bate a porta, Arthur abre e recebe a jarra de vinho que pediu.

- Acorde Bael! Tem funções nesta comitiva! Escute bem, quero que você vá atrás dos heróis, converse com eles, pergunte se estão bem, finja que está preocupado com o estado deles... enfim, se torne um bom amigo. Isto tornará tudo mais fácil. Obter informações será mais fácil, pedir para que viagem conosco a Eredra será mais fácil, deixar de arcar com as despesas de viagem deles será mais aceitável também.

Ele coloca um copo cheio de vinho e pergunta se você também quer.

- Mas primeiro, você tem que se tornar o melhor amigo deles. Nem que tenha que gastar do seu próprio bolso, se ferir e usar seus poderes para isso.

Oberyn
A um sinal de Sevério, soldados retiram suas amarras. Sevério esboça um sorriso sobre suas falas.

- Não faria muito sentido cavaleiros verrogaris atacarem uma tropa que veste os brasões da casa real de Ludgrim, não é mesmo? Se me pergunta isto, então seu tio não informou a seu pai, ou seu pai não informou a você, os secretos planos que acordam com meu país. Talvez aja um motivo para essa omissão, talvez ainda não havia chegado a hora de terem lhe contado. Mas eu acredito que não devemos esconder nossos planos de nossos aliados.

Ele se levanta e convida você a dar uma volta pelo rústico acampamento enquanto explica.

- Os sábios conselheiros do rei Attos II sugeriram uma cirúrgica intervenção militar neste país em que pisamos, um plano aprimorado ao longo dos anos e que conta com a ajuda de nossos aliados do deserto. Nos anos vindouros, Verrogar conta a com ajuda militar de Eredra e de Levânia. Nossos vizinhos e inimigos, sentido-se acuados e ameaçados, juntam forças em coalizões injustas, como as formadas por Âmien e Ludgrim. Não é preciso ser um estrategista ou gênio militar para saber que meu país não pode vencer tantos inimigos em tantas frentes.

- Então eu e os soldados de minha tropa fomos selecionados a dedo para este missão. Desestruturar o reino de Ludgrim, para que nunca apoie nossos rivais. Atravessamos a fronteira secretamente com a ajude de seu tio, o Kaliaf de Sika. Lentamente transpomos homens, armas, suprimentos e animais sem levantar suspeitas. Agora que estamos completos e na ativa, nossa linha de comunicação e logística é extremamente limitada, e nossa posição a mais perigosa possível. Estamos no coração da colmeia e podemos ser devastados pelas vespas a qualquer momento. Mas vamos matar a rainha primeiro...

Nierom
Você se informa o caminho para chegar até a Catedral de Selimon e deixa a taverna.

No caminho pelo labirinto de ruas estreitas e desertas, os guardas da cidade observam você com atenção, mas ninguém lhe aborda diretamente. Após quinze minutos, chega até a Catedral. É um prédio enorme, construído de pedras de coloração levemente esverdeada. A frente dela há uma praça e três curtas porém largas escadarias. Árvores e uma fonte enfeitam o local. A luar banha o local e projeta sombras compridas e assustadoras.

Há três acessos para o interior da Catedral de Selimon: um frontal principal e dois laterais secundários. Todos os três estão fechados - e provavelmente trancados por dentro. Há vitrais a frente e nas laterais, e você observa que há várias janelas na parte mais superior. Quase todas estão fechadas, exceto uma, por onde você vê a luminosidade de uma tocha dançando. Repentinamente, um grito escapa do local. Algum homem gritou a plenos pulmões, mas você não compreende o que ele disse. O templo todo deve ter ouvido.

Um minuto depois, uma brisa gélida percorre seu corpo e você sente uma terrível sensação na espinha. Você está na praça, vendo a fachada e uma das laterais da Catedral.

Abadrel
Earl responde:

- Pois então vai se deitar logo, que amanhã bem cedo eu vou te acordar pra não perder o início da competição. Será no pátio interno do Templo de Lena e vai levar o dia todo. Acho que vão servir comida de graça!

Bonnie, Anya, Lezard e Thalles
A maioria de vocês acordam com um pulo com o berro de Bonnie. Atordoados, vocês observam o redor e tentam recordar como foram parar lá. Estão num grande quarto com seis camas na Catedral de Selimon. Vocês foram tratados pelos sacerdotes assim que chegaram na cidade, mas as lembranças estão muito confusas, pois desmaiaram logo em seguida. Seus corpos doem e reclamam do esforço sobrehumano que tiveram que realizar para chegar na cidade. Deve ser por volta de meia-noite, talvez mais tarde. Há apenas uma janela, ela está aberta e o luar entra por ela. Um vento frio invade o quarto e lhes atormenta. Bonnie segura uma garrafa de aguardente e uma tocha próximo a Anya. Joquina e Terry não acordaram mesmo com os berros e estão provavelmente inconscientes. O estado de Terry era o pior de todos.

Mesmo com todo o alvoroço causado por Bonnie, vocês mal são capazes de levantar de suas camas, dominados pela exaustão. Lezard leva a mão ao ferimento e não sente quando o toca. Ou perdeu a sensibilidade da perna, ou o ferimento está tão profundo que já necrosou até os nervos, ou os sacerdotes de Selimon aplicaram algum sedativo forte em você. Ou talvez uma combinação disso tudo.

Bonnie é o único que percebe a sombra se esticar e se fundir com a penumbra do ambiente, desaparecendo por completo.

_________________
Best job I ever had...
avatar
Hugar

Mensagens : 626
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 23
Localização : Itajubá - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parte 1

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 30 1, 2, 3 ... 15 ... 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum