Parte 5 - Ao acampamento do inimigo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parte 5 - Ao acampamento do inimigo

Mensagem por Samyaza em Sex 11 Out 2013, 23:48

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 23:17:32
FIRIOM:
Considerando que ninguém vai se opor, faça um teste de Navegação.

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 23:17:33
FIRIOM:
Considerando que ninguém vai se opor, faça um teste de Navegação.

Enviado por: bcsaulo - sábado, 9 de fevereiro de 2013 10:57:02
Quando Firiom larga Vardem e anuncia que voltará para Lubliama digo enquanto ele se afasta:

- Espero que faça a coisa certa!

Logo que Firiom se vai, pego a adaga que eu havia arremessado no chão e então corto as cordas que prendem Vardem:

- Está livre, mas saiba que não confio em você! Como você disse ganharemos mais ao seu lado, isso se cumprir com sua promessa e não nos apunhá-lar! Agora nos ponha a par de tudo! Os sombrios estão aqui por causa de um livro que está com Irvem Calard e depois... voltarão para o inferno ou seja lá onde vivam ou continuarão nas minas? E esse tal Irven onde e com quem ele está? Qual o paradeiro de Jacus, onde você o escondeu? Além disso quero que você me nomeie agora como capitão da guarda de Lubliama e nomeie Glóin como regente da liga dos forjadores no lugar de Rarurg. Esses são os termos.

Olho para Glóin, Sam e Derin e digo:

- Algo a acrescentar?

Enviado por: Aurhus - sábado, 9 de fevereiro de 2013 11:07:55
Teste solicitado:
[1d20]

Enviado por: Aurhus - sábado, 9 de fevereiro de 2013 11:19:06
Percepção que eu esqueci: 2

Enviado por: Ares - sábado, 9 de fevereiro de 2013 15:14:53
Depois da confusão passar pergunto para o Vardem.
-De quem são estes brasões? E o que sabe sobre seus donos?

Enviado por: Vercenorax - sábado, 9 de fevereiro de 2013 16:12:28
Quando Firiom sai me sinto um pouco aliviado falo:
Largue a pedra primeiro Vardem, agora responda a minhas perguntas anteriores. Quanto a ser nomeado chefe da liga dos forjadores, mantenha isto em mente não tenho intenções, mas posso arranjar.

Enviado por: †_Junior_† - sábado, 9 de fevereiro de 2013 17:40:22
Apenas permaneço calado e espero as decisões dos demais.

Enviado por: Samyaza - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 12:21:32
TODOS:
Irvem solta a pedra e se levanta apoiando as mãos no chão. Já de pé ele bate mas mãos uma na outra para limpá-las, olha novamente pra frente e então começa a falar enquanto caminha na direção de Sam apoiando a mão no ferimento causado por Derin:

Não é simplesmente um livro, os sombrios querem Irvem, magos costumam escrever suas anotações através de códigos e cifras para ocultar seus segredos dos curiosos.

Já perto da comida ele se inclina para pegar um pouco de pão e mastiga com força e rapidez denunciando muita fome, ele termina de mastigar engolindo rápido e continua:

Irvem está com os verrogaris seu livro era a minha recompensa em troca da adaga e depois que entregássemos um carregamento inteiro de armas e armaduras eles entregariam Irvem aos sombrios e todos ficariam felizes, os verrogaris, os sombrios e nós.

Ele se abaixa novamente e pega um cantil inteiro e toma um gole novamente apoiando a mão no ferimento, ao terminar ele olha para Derin e diz com expressão de raiva e cinismo:
Belo disparo rapaz! Mais um pouco e vc´s perderiam essa barganha que estou lhes oferecendo e ainda seriam capturados.

Em seguida ele continua:
Como disse, Jacus está na Lutrúcia. Para nomeá-lo capitão eu precisarei de papel, pena e tinta e meu sinete, mas lhe aviso, só haverá validade enquanto eu estiver vivo para confirmar-lhe a veracidade ou quando eu enviar um emissário de Lubliama a capital para que o rei o homologue como tal. Além disso há outra observação, não posso nomear dois capitães e Náin foi promovido de forma vitalícia, então, vc já sabe o que precisa acontecer para que você assuma correto? Resta saber se vc vai querer sujar suas mãos ou se vai esperar que os verrogaris invadam o forte onde ele está instalado e façam o serviço por vc. Quanto a Glóin, vale o mesmo, mas o cargo de líder da liga neste caso é de Rarurg. E, além disso, para que tudo isso funcione, precisamos guardar esse presente.

Nesse momento ele caminha até o pequeno baú onde estava a adaga, caminha até Connor e abre o baú esperando que ele a guarde ali. Sem olhar para Derin ele fala:

Esse é o brasão de uma casa nobre dos verrogaris, na verdade, é um brasão modificado, para representar uma linhagem que não é digna de toda a honra da casa, apenas um homem utiliza esse brasão, seu nome é Xartas Krum e ele é o responsável pela prisão da Lutrúcia onde Jacus está. Não sei porque Xartas foi expulso de sua família mas sei que recebeu o cargo como "presente" a alguma coisa que ele fez.

FIRIOM:
O som das vozes vai desaparecendo quando começa a caminhada em direção a Lubliama lamentando a corrupção dos seus camaradas.





Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 16:59:39
Olho para Glóin e falo em Voz da Pedra:

- O que você acha? Entramos no jogo dele? Podemos ficar do lado dele, seguir o plano dele, porém quando em Lubliama poderíamos organizar um ataque a tropa de Jered. Buscaremos ajuda de Dantsem. E faremos uma armadilha para Jered! Depois disso acusaríamos Verrogar de ter capturado Jacus e invadido o território de Marana. Poderíamos usar Jered como moeda de troca para ter Jacus de volta. Mesmo que a contra-gosto o rei declará guerra a Verrogar. Mais por outro lado Jacus poderá nos traír a qualquer momento!

Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 17:00:13
Olho para Vardem e digo:
Sou endereçado a um cargo maior que Líder da Guilda, apenas desejo passar o cargo a um anão, devidamente escolhido e capaz. Onde fica este tal forte que os verrogaris pretendem invadir?

Dou uma pausa para considerações prossigo:
Está livre Vardem, e tem seus pertences de volta. Exceto a adaga, Connor vai carregá-la, livro-te deste peso. Vamos até o encontro de Jered, lá trataremos dos demais assuntos. Só mais uma pergunta: Derreteu o machado?

Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 17:30:55
Fico obervando a expressão de Vardem enquanto falo na língua da pedra.

Enviado por: Aurhus - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 22:19:33
Sego direto para Lubliana fazendo apenas paradas para me alimentar e descansar um pouco mas não acendo fogueiras e tento não ser visto:

Dados se necessario:[1d20]

Enviado por: †_Junior_† - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 23:23:17
Quando Connor fala na voz de pedra, olho confunso e digo:

O que disse Connor? Não entendi uma palavra.

Depois, digo aos outros:

Então vamos até Lutrúcia, resgatar Jacus?

Mas olho para Vardem e digo novamente:

Mas me diga Vardem, o usuário da adaga sofre algum mal?


Enviado por: Ares - segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 23:39:05
Tinha o possível culpado da morte de seu mestre, ignoro tudo a minha volta e fico remoendo aquele nome e falando baixo para mim mesmo seu nome repetidamente.

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 11:04:51
Respondendo as indagações de Connor: (Voz de Pedra)
Acho que já estamos até o pescoço nisso Connor, não temos mais volta, o jogo nos englobou. Confio em Vardem e Jered o mesmo que confio em uma raposa, mas é o que temos. Dantesem está perdida, pedir ajuda àquele reino é o mesmo que pedir ajuda a um maneta, para disparar um arco. Daremos um jeito, isto eu ti garanto.

Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 11:27:40
Respondo a Sam com um olhar de repreessão.

Após a resposta de Glóin, baixo a tampa da caixa que está a mão de Vardem. Então comento:

- Acho que ficarei com a adaga..! E Vardem, me morda e morrerá envenenado! - Coloco a adaga na bainha e deixo a cintura, em seguida ponho a mochila nas costas e volto a dizer - Acredito que estejamos atrasados!

Monto no cavalo.

off: Thiago quero ver um local pra esconder a adaga e o contrato, existem arvores?

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 13:31:57
GLÓIN:
off: vc´s passaram por esse forte enquanto ainda eram cativos de Vardem, dá uma olhada no epilogo do arco 2.

Vardem come outro pedaço de pão e responde a Glóin ainda com a boca cheia:
Um machado foi derretido não posso dizer que seja o que vc procura, mas apostaria uma boa quantidade de moedas que sim.

SAM:
Vardem olha pra vc, engole o pedaço de pão e diz sorrindo enquanto se serve de mais água e ainda usa o resto do cantil para lavar o rosto e as mãos:
Não que eu saiba pequenino, se bem que sua ideia seria interessante, já imaginou um batalhão inteiro sofrendo de algum mal que suas armas carregam? Que passada de perna os sombrios dariam nos verrogaris correto?

Neste instante ele faz uma pausa, reflete, franze a testa e prossegue:
Se bem que a culpa disso cairia sobre mim provavelmente, melhor investigar isso depois. Grato a vc pequenino, não quer ser meu conselheiro e porta-voz?

CONNOR:
Off: vc´s estão embaixo de uma árvore e há algumas outras próximas também.
Para onde vc´s pretendem ir?

Vardem faz uma expressão de curiosidade ao ouvir vc falar na Voz de Pedra, como se indagasse como poderia um humano dominar tal língua.

Quando vc repreende Sam, Vardem sorri ao perceber sua preocupação em ocultar-lhe informações e lhe diz:
Vc´s são precavidos, gosto de ter aliados inteligentes.

Quando vc decide ficar com a adaga ele tenta esconder a raiva com um sorriso e em seguida diz:
Não vá perdê-la, nossas vidas dependem dela.



Enviado por: †_Junior_† - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 14:34:33
Dou de ombros depois da repreendida de Connor e digo:

Tudo bem.

Quando Vardem me oferece para ser seu conselheiro e porta-voz, respondo amargamente:

Preferiria comer vermes à isso Vardem. Não confunda as coisas. Estou ajudando Gloin e Connor, e com esperanças de resgatar Jacus. Não pretendo ser um lacaio seu.

Olho para Connor depois e digo:

Posso guardar a adaga se quiser. Não irei usá-la, mas ficaria em segurança comigo.


Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 18:02:25
Comento novamente com Glóin na voz da pedra:

- Não tenho um bom pressentimento e do jeito que Sam fala nos entregará mais cedo ou mais tarde. Por mim mataríamos Vardem agora e negociaríamos a arma diretamente com Jered ou esse tal Xartas Krum!

Enviado por: Ares - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 18:32:44
Ao ouvir o nome de Xartas Krum sendo falado pelo Connor(duvido que a pronuncia mude), olho para ele e pergunto.
-O que disse sobre Xartas Krum nesta lingua dos anões?

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 19:46:46
Olho para Vardem e digo:
Então vamos queimar quem derreteu o machado, para forjá-lo de novo, nada mais justo.

Respondo a Connor:
Vamos manter um olho aberto nele. E quanto a matar Vardem, sua lábia ainda vai me ajudar.

Respondo a Derin:
Dissemos que ainda vamos encontrá-lo.

Dou um jeito de montar no cavalo e digo:
Vamos que o tempo está escorrendo!

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 20:02:38
Derin e Sam, vc´s vão acompanhar Connor e Glóin?

Connor e Glóin para onde vc´s pretendem ir?


Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 08:57:28
Vou acompanhar Connor e Gloin.

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 16:54:26
Acho que iremos encontrar com Vardem.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 19:46:11
Digo logo após Glóin montar no cavalo:

- Derin vá na frente com Glóin, ficarei aqui com Sam para apagarmos nossos rastros em pouco tempo acompanhamos vocês!

Enviado por: †_Junior_† - quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013 23:16:18
Quando Gloin e Derin vão na frente, começo a ajudar Connor a apagar nossos rastros (precisa de dado para isso?)


Enviado por: Ares - quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 10:47:21
Monto no cavalo e sigo do lado do anão.

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 19:38:29
TODOS:
Vc´s cavalgam de forma lenta tentando recuperar as forças e evitar o cansaço, não confiavam em Vardem e não sabiam o que poderia acontecer, se precisem lutar era bom que estivessem descansados.


GLÓIN E DERIN:

Já tarde, um pouco antes de chegarem no mesmo desfiladeiro em que enfrentaram os soldados de Vardem vc´s "dão de frente" com um grupo de verrogaris com cavalos, um deles possui um tapa olho, cabelos longos e encaracolados, vc´s o conhecem, seu nome é Jubelus e é um inimigo.

Derin reconhece seus movimentos, ele estava rastreando alguma coisa quando percebem vc´s ele assovia e ergue um braço começando a girá-lo no ar. O grupo de aproximadamente 10 soldados começa montar e a se organizar ao redor dele, apenas um dos soldados ao montar libera algumas coisas presas na sela do cavalo, talvez para cavalgar mais rápido, e começa um galope em direção ao acampamento.

Vardem diz:
"Defendam-se apenas até que eu consiga falar com eles, vou mostrar o baú e dizer que trouxe a adaga, isso vai refrear suas lâminas mas preciso que o filantiano me entregue a adaga ou irão tomá-la a força e matar a todos nós.Só confio em Jered e em nenhum outro verrogari.


CONNOR E SAM:
Mesmo cavalgando um pouco devagar Glóin e Derin se afastam algumas centenas de metros e vc´s ficam despreocupados livrando-se dos rastros, nesse momento vc´s se recordam que não apagaram os rastros de quando estavam no desfiladeiro.


FIRIOM:
Vc anda por algumas horas, lembrava-se do caminho e não precisava se preocupar com isso, dedicando toda a atenção para observar alguma coisa que servisse de comida para poupar as que trouxe consigo.

Lamentava a decisão dos seus amigos e como isso atrapalhava seus objetivos mas em pouco tempo se conformava, para uma mente inquieta como a sua e um barril de pólvora prestes a explodir como Lubliama seria fácil encontrar o que fazer.

Vc ver algumas árvores que poderiam ter frutos vc decide se afastar um pouco da trilha que seguia e se surpreende quando, antes de chegar as árvores, se depara com um grupo de soldados mortos, no chão, uma bandeira de Verrogar denuncia de onde são. Todos foram mortos a flechadas, flechas de penas negras e quase não há sangue pelo chão e poucos sinais de luta, denunciando um combate rápido e letal, ao menos para os soldados.


Enviado por: bcsaulo - terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 20:27:56
Fico para trás de propósito, deixo que pensem que iremos apagar nossos, quando vejo Sam apagando nossos rastros digo:

- O que pensa que está fazendo? Ajude-me a achar um local para esconder a adaga e a carta! Não confio em Vardem...

Enquanto cavalgamos procurarei um local para esconder a adaga e o mapa.

off: Se quiser descrever o cenário ou caso precise de algum teste. Vou esconder separados e marcar com algum simbolo na língua dos anões.

[1d20] Caso precise.

Enviado por: †_Junior_† - terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 20:43:51
Olho surpreso para Connor e pergunto enquanto procuro algum canto para esconder qualquer coisa que seja:

Mas não devíamos guardar a adaga conosco? O baú até entendo em escondê-lo por aqui, mas a adaga pode vir até a ser útil.

E inspeciono o local enquanto aguardo a resposta de Connor.

(observar?)

[1d20]

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 07:46:32
- De que adianta esconder o baú, se o importante é a adaga? Não entende Sam, não sabemos o que Vardem pensa em fazer, então essa arma escondida será a nossa garantia de viver.

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 10:11:06
(Só pra me situar, os verrogaris retornaram para o acampamento DELES né?)

Olho para Vardem e digo:
Eles devem estar por perto, batedores numerosos só para lugares próximos.

Enviado por: Aurhus - quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 12:19:09
Olho para aquela cena e falo:
Pelo o que temos aqui meu caro Firiom nosso camardinhas terão uma pequena surpresa em breve, ao descobrirem que o acordo de Vardem não é tão sólido assim! Vão ter sim Firiom á se vão ter!

Esboço um pequeno sorriso em comemoração ao final merecido destes malditos verrogaris e continuo:
Bemmeu caro Firom, aqui não ha mais nada para vermos! De volta a nossa pequena jornada!

Enviado por: Aurhus - quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 12:20:40
Olho para aquela cena e falo:
Pelo o que temos aqui meu caro Firiom nosso camardinhas terão uma pequena surpresa em breve, ao descobrirem que o acordo de Vardem não é tão sólido assim! Vão ter sim Firiom á se vão ter!

Esboço um pequeno sorriso em comemoração ao final merecido destes malditos verrogaris e continuo:
Bemmeu caro Firom, aqui não ha mais nada para vermos! De volta a nossa pequena jornada!

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 1 de março de 2013 09:47:46
GLÓIN E DERIN:
OFF: os verrogaris avançam sobre vc´s.
Os verrogaris liderados por Jubelus cavalgam na direção de vc´s aumentando a distância entre cada cavaleiro formando um arco que se transformará num círculo assim que estiverem perto o suficiente.

Os cavalos começam a ficar irritadiços, Vardem olha preocupado, sorri cinicamente e fala para Glóin e Derin:
Tudo bem que pedi que mantivessem a calma mas esses homens costumam matar primeiro e perguntar depois, seria interessante se estivessem preparados para algum problema. Onde estão os outros dois? Precisaremos deles!


b]SAM E CONNOR:[/b]
Vc´s encontram uma fresta no tronco da árvore, bem perto de suas raízes, enrolam num pano a adaga e a carta e ocultam a fresta com uma pedra.

Assim que terminam e se viram na direção de seus amigos percebem um grupo de cavaleiros se organizando ao redor deles.


FIRIOM:
OFF:vou "avançar no tempo" para vc não ficar parado até os outros resolverem a situação deles portanto talvez seja necessário fazer algumas limitações nas ações.

Já durante a noite vc chega no pequeno e velho fortim onde Vardem passara com Glóin e Sam como prisioneiros. Náin está ali, no comando de alguns poucos e desestimulados soldados, pelo menos lhe é um território amigo.

Vc está oculto por entre árvores acompanhando o movimento do local, aparentemente há apenas um guarda patrulhando no alto com uma lanterna.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1056
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum