Parte 2 - Em terras verrogaris

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parte 2 - Em terras verrogaris

Mensagem por Samyaza em Sex 11 Out 2013, 21:23

nviado por: Ares - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 21:32:43
Paro o cavalo e viro em direção ao soldado, com o arco apontado em direção dele e falo.
-Não precisamos de você vivo, mas nem por isto precisamos matar você, então recomendo não fazer uma besteira. Entendido?

"Isto esta cada vez pior, agora temos um prisioneiro, dois se o outro que acertei sobreviver."

Enviado por: Aurhus - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 21:47:49
Vou até a arvore e tento indentificar qualquer coisa ou sinal estranho na mesma.
dado caso necessario:[1d20]

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 23:02:33
Vou me aproximando, o sorriso está estampado no meu rosto:

- Muito bom Derin, um ótimo disparo! - Desço do cavalo com um salto e retiro a espada da bainha - Vamos levá-lo para o acampamento, nossa noite não terminará aqui. Antes que o sol volte a aparecer no céu, Lubliama será salva! - Vou proximo do guarda e escoro meu pé no peito dele derrubando-o de volta ao chão, então finco a espada no chão rente a sua cabeça - Mexa-se e abro você no meio da mesma forma que fiz com seu líder - Retiro armas que porventura estejam com ele e guardo comigo- Derin continue apontando a flecha pra ele enquanto eu o amarro - Vou até os cavalos e procuro corda, se não houver usarei as redeas do cavalo dele, para amarrar seus braços e pernas. Em seguida coloco ele sobre o cavalo e volto para o acampamento. Se em algum momento ele oferecer resistência mato ele.

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 23:03:49
off: levarei minha espada também.

Enviado por: Ares - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 23:33:26
Continuo mirando no soldado durante todo o percurso.

Enviado por: Ares - sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 23:33:27
Continuo mirando no soldado durante todo o percurso.

Enviado por: Vercenorax - sábado, 22 de dezembro de 2012 16:16:01
Olho para o soldado com merecida pena e digo:
Seu líder deveria ter se rendido quando teve chance, Connor é muito burro e teimoso, pior que uma pedra. Fique aí se não quiser estar em uma situação pior da que já está.

Depois saio e antes de que Firiom se distâncie lhe respondo:
A árvore disse:Profanadores e hereges. Violadores, pagarão pelos seus pecados, todos vocês! Tenho fortes pretenções que ela se referia ao circúlo que quebramos.

Enviado por: †_Junior_† - sábado, 22 de dezembro de 2012 23:04:15
[tchau cavalos...]

Após Connor e Derin partirem, vou até onde Gloin se encontra e digo:

Connor e Derin pegaram os cavalos e partiram atrás do soldado restante. O que restou para nós fazermos, mestre Gloin?


Enviado por: Aurhus - domingo, 23 de dezembro de 2012 12:00:27
Dou um tapinha na cabeça e faço um sinal para Gloin e Sam tentando dizer que se o que a arvore disse for verdade estamos mortos.
Dados:[1d20]

Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 09:38:09
Respondo a Sam:
Creio que o mais sensato é esperar, pelo amanhecer, enquanto isso...enterrar o líder morto? Ele combateu ferozmente, o que me dizem?

Esperando para ver se entendi o que Firiom disse.

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 13:37:13
DERIN:
o soldado ferido e cansado acena com a cabeça em sinal de positivo sem conseguir esconder o medo e ansiedade.

FIRIOM:
A árvore lhe é estranha, apesar do material, galhos, folhas, seiva, raízes e madeira todo o resto dela parece humano. Mesmo depois de morta seus "olhos" parecem emanar vida.

CONNOR:
Quando o soldado cai no chão e vc o ameaça ele acena ainda mais nervoso, olhando para Derin como uma criança que se decepciona por ver a promessa de um adulto quebrada e pedindo a intervenção para retirá-lo daquela situação.

DERIN E CONNOR:
Depois de amarrar o soldado vc´s regressam para o acampamento estando a poucos metros da cabana.

SAM E GLOIN:
Vc´s conversam decidindo o que fazer com o líder morto. Enquanto isso Connor e Derin estão regressando com o soldado amarrado e Firiom tenta falar alguma mas pela dor apenas gesticula um movimento que parecer estar relacionado com morte ou com luta.

Enviado por: Ares - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 13:58:40
Após chegarmos a cabana, desço do cavalo e ajudo a descer o soldado do cavalo, colocando ele apoiado numa arvore no chão e pergunto.
-Aonde coloco este soldado? E Sam, procure o cavalo que o Connor deixou pelas redondezas, ele esta carregado de armas.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 13:59:25
Pergunto ao guarda enquanto voltamos para o acampamento:

- Qual o seu nome? - Espero ele responder então volto a falar - Tem familia? Filhos?

Quando chego proximo a cabana vou dizendo:

- Sam, Glóin... Estão bem? Venham aqui precisamos conversar - Retiro o guarda do cavalo e deixo no chão proximo a cabana.

Digo a Derim:

- É melhor buscar o outro cavalo que ficou lá atrás com os equipamentos.

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 18:05:16
Olho para Connor e digo:
Deixe o soldado na tenda, já tenho outro lá. Agora o que quer falar?

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 18:22:34
CONNOR:
O medo nos olhos do soldado é maior do que a dor que ele sente pelos ferimentos, desesperado ele diz como uma criança medrosa:
Randor, m-m-meu nome é Randor, t-t-tenho uma esposa.


Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 19:27:42
Respondo Glóin:

- Não, é melhor que o outro guarda também esteja aqui - Deixo o guarda onde está e vou até a tenda buscar o outro. Quando chego a tenda arrasto o guarda vivo para fora e então chamo Sam e Firiom para conversa.

Enviado por: Ares - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 19:32:20
Dou um suspiro quanto vejo o Connor não dar a minima pros guardas e falo.
-Um pouco menos de violência talvez fosse bom, não é como se eles fossem culpados por isto, eles seguem ordens.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 19:35:41
Respondo a Derin enquanto caminho para a tenda:

- Sim, e se tudo correr bem continuarão recebendo. Agora faça-me um favor para adiantar as coisas, peque o cavalo com os equipamentos, pode ser?

Seguirei a ação do post anterior.

Enviado por: Aurhus - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 20:10:01
Sigo Connor para escutar oque ele tem a dizer.

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 21:57:02
TODOS:
Connor arrasta um dos soldados, deixando-os juntos, ambos se entreolham duvidosos de que suas vidas durariam mais do que aquela noite.

OFF: amanhã to viajando pro RJ é provável que não poste até o dia 05, até lá podem ir postando, s houver necessidade intervenho e aviso de onde a ação deve ser interrompida (pelo menos dou uma folga de encher o saco do mingo).

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 23:28:19
Após todos reunidos começo a falar:

- Creio que estão imaginando o que eu estou fazendo aqui... Pois saibam que eu e o sacerdote somos por demais parecidos, então dois Connor’s não caberiam no mesmo ambiente, algum dos dois acabaria ficando pelo caminho, então optei por não matá-lo. Agora ao que interessa. Cruzamos a fronteira do reino que estava abandonada, as torres não haviam guardas, no caminho nos deparamos com mais de dez soldados de Lubliama sobre o comando de Vardem, matamos todos, mais antes conseguimos que nos dissessem o que havia ocorrido no dia seguinte a partida.

Olho para Glóin com compaixão e então continuo a falar – Em seguida estivemos em território Verrogari – Faço uma pausa dramática e digo – Haviam mais de cem homens e Jered estava no comando, estavam esperando apenas uma ordem para entrarem no território de Marana. Voltamos para Lubliama na intensão de avisar a Rarurg do plano de Vardem. Porém no caminho nos deparamos com Vardem e pelo menos doze guardas eles estavam indo para Seviala, se encontrar com Jered. Ele dividiu o grupo em dois, cinco deles estavam atrás de vocês e Derin conseguiu rastreá-los até vocês. Vardem está a menos de um quarto de dia a nossa frente é muito provável que estejam acampando agora, se partirmos nesse instante chegaremos até eles um pouco depois da meia noite. Ele tem sete homens consigo, nada que não possamos dar conta.

Pergunto a Derin:

- Consegue rastrear Vardem à noite?

Enviado por: Ares - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 23:39:24
-Vai ser complicado, e podemos acabar nos perdendo. Acho que o melhor plano é descansarmos agora e comermos um pouco, precisamos reunir forças se quisermos ficar vivos e amanhã partimos.

-Alguém sabe por que esta arvore veio nos atacar?

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 23:43:25
- Descansar para partir amanhã? Partir pra onde? Amanhã Vardem encontrará Jered, Lubliama estará perdida. Precisamos capturar Vardem, e precisamos de suas habilidades Derin!

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 10:32:46
Quando Connor trás o outro soldado arrastado, levo a mão ao rosto pensando:
[O que está besta vai fazer agora?]

Após a fala de Connor faço minhas considerações:
Veja o meu ponto de vista Connor: seguir em frente a matar o homens de Vardem e capturá-lo em seguida, resolveria algo? Aos olhos dos que são neutros perante nossas ações, daríamos motivos para se tornarem ofensivos; além do mais ter Vardem preso não adiantaria de nada, Jered tomaria a cidade igualmente. Digo que você e mais alguém, deveria voltar para Lubliana e levando consigo dois dos guradas da cidade, teria afirmações testemunhadas e confirmadas.

Viro-me para os soldados e falo a eles:
Sua esposa, Randor, sentiria vergonha de você. Os pais de vocês dois sentiriam vergonha de vocês; ajudarem um demente como Vardem a vender a cidade onde nasceram, ainda mais para os verrogaris, eles vão fazer de vocês servos e não aliados, aqueles que resistirem serão mortos, na melhor das hipóteses. Uma mácula! Um ultraje! Mas vocês podem impedir isso, vão com Connor e confirmem o que ele vai dizer. Digam a Náin que defender a cidade e a função do Senhor Comandante da Guarda, não deixá-la ser tomada por outros, mesmo que mancomunados com o Regente. O que me dizem? Defender Lubliana ou ser escravo de Verrogar?

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 11:56:53
Respondo a Glóin:

- Escutamos Vardem dizer que Jered esperava apenas uma confirmação, para dar o ataque. Se pegarmos Vardem, obrigaríamos ele a escrever para Jered dizendo que o rei em pessoa esta em Lubliama e com ele uma tropa com mais de duzentos homens, ele estaria investigando os boatos sobre a cidade. Ganharíamos tempo! O bastante para em seguida voltarmos para Lubliama e avisarmos Náin. Além disso poderíamos descobrir o paradeiro de Jacus, dos elfos negros e tudo o mais. Não entende? Vardem possui metade dos guardas da cidade a seu comando eles entregarão a cidade de bandeja.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 10:19:27
Prossegindo com minha linha de raciocínio:
Connor, você não entende. Jered saberá que Vardem não escreverá um carta a ele se o mesmo tem perseguidores sobre Pammala e o outros, além do mais Vardem embutiria na carta uma mensagem secreta. Entendo perfeitamente o que disse, mas se Vardem detém metada da guarda, os anões compõem 2/3 da cidade, eles não aceitaram imposição verrogari. Agora quanto a esse NÓS, não me incluo nele porque TENHO de ir a Seviala.

Enviado por: bcsaulo - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 11:56:19
Após a resposta de Glóin saio do acampamento indignado e visivelmente irritado, vou até o cavalo onde estava os equipamentos e trago ele de volta pro acampamento, quando estou de volta digo:

- Há gládios, punhais, lanças, armaduras de couro e escudos pequenos. Peguem o que precisarem! - Enquanto isso vou verificar os equipamentos dos guardas que estão no acampamento.

Em seguida separo comida em um cavalo e então vou para perto de Derin e digo:

- Eu vou caçar Vardem! Você vai me ajudar ou não?

Enviado por: Ares - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 12:03:06
-Seguirei com o anão pra Seviala em qualquer caso.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 14:23:32
Sacudindo a cabeça negativamente falo:
Connor é burro e teimoso! Deixe cagar na retranca! Vá com ele Derin e ajude-o a não morrer, nos encontramos ao redor dos muros de Seviala.

Enviado por: Ares - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 14:47:21
-Se quer que eu siga com o Connor preciso que pelo menos procure saber sobre meu mestre, não me lembro se já lhe contei a historia, mas de qualquer forma, seu nome é Hartoz e foi assassinado, as únicas pistas que eu tenho é o brasão que alguns moradores virem.

Procuro me lembrar das informações que eu tinha e continuo.

-Um escudo negro com uma hidra por cima, possuindo ao todo seis cabeças, pelo que o Benjen falou é o brasão da Casa Dracanarii e que o lider desta casa é um tal de Stefron.

-Não sei se posso confiar nestas informações, mas me foi falado que este tal de Irvem talvez saiba algo, em qualquer caso peço que procure informações sobre isto, pois preciso descobrir o que realmente aconteceu. Acho qu deve entender meus problemas, Hartoz me criou e me ensinou muita coisa e preciso pelo menos descobrir o que aconteceu com ele e caso necessário até o vingar.

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 14:54:12
Olho para Derin complacente:
Casa Dracanarii, Lorde Stefron. Irven. Pode deixar Derin, saberemos o que fazer.

Enviado por: Ares - sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 16:08:44
Falo para o Gloin.
-Obrigado então.
Pego o cavalo que tinha seguido o soldado e vou em direção ao Connor.
-Vou junto com você, mesmo achando isto inútil.

Enviado por: Aurhus - sábado, 29 de dezembro de 2012 20:57:49
Pego uns dois punhais e se houver também pego cordas.

Enviado por: †_Junior_† - domingo, 30 de dezembro de 2012 19:23:08
(malz galera, voltando aos posts normais)

Tento recuperar o cavalo que Derin me pediu. Após isso, me aproximo dos guardas capturados e digo:

Tentem não mentir por favor e falem tudo que sabem. Mestre Connor é meio estressado e ávido por respostas claras e rápidas.

Depois, após as discussões, digo:

Acho que o melhor a fazer é avisar Náin o mais rápido possível, para que ele possa se preparar para o ataque inevitável. Mesmo com Vardem em mãos, o que não seria nada mal, o ataque continuaria. É preciso avisar primeiro a cidade.


Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 11:41:20
Após verificar os pertences dos guardas, pego um cavalo e coloco no lombo dele os dois guardas ambos amarrados pelos pés e mãos, também usarei um pano amarrado há uma corda, para tampar a boca deles. Em seguida respondo Derin:

- Inútil é voltar a Lubliama e vê-la cair de uma forma ou de outra. Você mesmo estava lá quando Vardem DISSE que estaria indo ao encontro de Jered fazer uma ENTREGA. Isso COMPROVA que Jered só MARCHARÁ para Lubliama quando Vardem entrar em contato. Se capturarmos Vardem ganharemos tempo e teremos como chegar as respostas que procuramos, incluindo as suas...

Deixo de falar e então monto noutro cavalo, levarei equipamentos que estavam no cavalo ferido, enquanto cavalgo puxo pelas redeas o animal onde estão os guardas. Quando cruzar o caminho de Glóin, Sam e Firiom, paro e digo:

- Eu poderia seguir para Seviala ou qualquer outro lugar e então perseguir meus objetivos pessoais. Mais algumas pessoas morreram para que eu estivesse aqui e isso tem um peso maior do que apenas objetivos egoístas.

Ainda assim digo olhando para Sam:

- Pensei que tivesse saído debaixo da saia de sua mãe para se tornar alguém melhor... Venha comigo! Certamente Lubliama precisará de seus serviços, muito mais que Glóin em sua busca pessoal.

off: Thiago quais os equipamentos dos guardas?

Enviado por: Samyaza - segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 13:38:55
SEMPRE FICO FELIZ EM VER AS POSTAGENS ENQUANTO ESTOU FORA, VC´S JOGAM MELHOR SEM MIM!
MAIS UM ANO VAI ACABAR E AINDA ESTAMOS JOGANDO JUNTOS SEM MATARMOS UNS AOS OUTROS (CERTO SAULO?) E FICO FELIZ DE VER QUE A MAIORIA NÃO ABANDONOU, ESPERO QUE AINDA ESTEJAM GOSTANDO E QUE NÃO ESTEJAM JOGANDO SÓ POR JOGAR.

FELIZ ANO NOVO A TODOS (DESSA VEZ ATÉ PRO SAULO - NÃO QUE ELE NÃO SEJA CHATO) E QUE VC´S TENHAM MUITOS 20´S ANO QUE VEM!!

Enviado por: Vercenorax - segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 15:37:29
Para terminar de uma vez por todas com esta conversa entre Connor e eu, falo:
Ótimo Connor! Se acha que Jered nasceu ontem, continue assim e veremos no que vai dar. Agora, se está pensando que irei em frente e esquecerei o que os outros fizeram por mim, bem está errado e não conhece nós anões, não esquecemos favores facilmente, muito menos injúrias. Terei minha mão na vingança contra Vardem e na recuparação de Lubliana se ela cair, nem que seja daqui a cem anos. Então vá e faça o que por ti estiver certo.

Enviado por: †_Junior_† - segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 16:52:39
Escuto com atenção as palavras de Connor. Começo a ver a lógica por trás delas e digo para Glóin:

Mestre Gloin, acho que Connor começa a ter razão. Poderíamos capturar Vardem e impedir essa tal "entrega". Lubliana precisa de nós e ir até Seviala está em segundo plano agora. Lembre-se que Vardem ainda irá mandar capangas atrás de nós e não descansará enquanto não tiver nossas cabeças. Não importando o que façamos com ele, mas essa é a melhor oportunidade de pegarmos Vardem e nos livrarmos dele de uma vez por todas.

Depois, olho firme para Connor e digo:

Não irei fraquejar agora. Ainda pretendo ajudar Gloin em sua busca, mas primeiro quero quitar minha dívida com Lubliana e com aqueles que morreram por nós.


Enviado por: bcsaulo - segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 19:35:20
Após os comentários de Sam digo:

- Pelos deuses alguém está pensando além de mim! - Retiro do meu cavalo, um couro leve, um escudo pequeno, dois gládios e dois punhais e estendo para Sam - Vista-se e arme-se decentemente, você vai com Derin, ele cavalga mais leve.

Em seguida digo para Glóin:

- Estou contanto com isso. Então cancele sua busca por agora, e venha comigo atrás de Vardem, depois disso tudo acabado, me terá de corpo e espírito nessa empreitada que tanto procura!

Enviado por: Vercenorax - terça-feira, 1 de janeiro de 2013 18:18:57
Sendo que me vejo por voto vencido:
Vamos então, inferno! E que meu tempo não seja perdido, se os deuses querem que eu ajude a Rarurg agora, que seja agora!

Dou uma pausa e falo a Firiom, terminado me dirijindo a Connor:
Pelo visto nossa jornada a Lubliana terá de esperar. Então leve-nos a Verdem, Connor.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 11:43:03
- Ótimo... Montem nos cavalos restantes e sigamos caminho. Não deve ser tão dificil achar um acampamento no meio da noite. Certo Derin? Pode achar a trilha deles?

Enviado por: Aurhus - quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 17:21:57
Monto em um cavalo que estiver disponível e começo a rir logo após mostrar o numero cinco com as mãos e simbolizar pescoços cortados.

off:feliz ano novo pra vc tambem samyaza e pro resto dessa cambada toda!!!!!XD

Enviado por: Ares - quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 17:43:15
Já confuso com tanta conversa, e planos e mais planos desisto de falar qualquer coisa.
"Já não estou entendendo mais nada"
Tiro os pensamentos da cabeça e falo.
-Vardem esta indo pra onde? Ele não estava indo pra Seviala se encontrar com Jered? Se ele vai pra Seviala podemos simplesmente ir para lá e interceptarmos ele, ou simplesmente enquanto os dois conversam dispararmos algumas flechas e deixarmos ambos se matarem?
Balanço a cabeça tentando entender isto.
-Bem, não importa.
Espero o Sam subir no cavalo, ajudo ele e começo a cavalgar em direção a Seviala, num ritmo moderado.

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 10:05:46
Subo num cavalo disponível, seja na garupa ou onde for e espero que sigam em frente.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 12:10:16
Digo a Derin:

- Qual o seu problema? Estava comigo quando encontramos Jered e ouvimos Vardem e francamente disparar flechas enquanto Vardem e Jered conversam? Eu planejo manter minha cabeça acima do pescoço - Então digo para que todos escutem - Vardem encontrará Jered nos limites da fronteira entre Verrogar e Donatar. Ele está pelo menos a 1/4 de dia a nossa frente, anoiteceu agora a pouco com sorte e se Derin for bom em seguir rastros poderemos achar Vardem antes do amanhecer - Volto a dizer para Derin - Nos leve de volta para o ultimo local onde encontramos Vardem, de lá você poderá rastrear para onde eles seguiram... Agora vamos!

Enviado por: Ares - quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 14:04:01
-Meu problema é esta maldita viagem e estas malditas conspirações.
Sem mais delongas(eu espero), cavalgo junto com os outros até o ultimo lugar aonde vimos Vardem.

Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 15:57:47
Penso:
[Se não fosse por Rarurg e pelo que ele fez por mim, não estaria indo de encontro a esta loucura.]

Enviado por: Samyaza - terça-feira, 8 de janeiro de 2013 18:54:18
TODOS:
Não me lembro se há regra para movimentações em longas distâncias nem sobre administração do tempo, então vou improvisar algumas coisas, se alguém discordar pode se manifestar propondo algo mais justo.

Algumas considerações:
Um cavalo anda em média de 40 a 50km/dia (tirei essa informação de outro livro de rpg)
Um dos cavalos está ferido e anda mais devagar.
Vc´s carregam mais peso que o grupo de Vardem.
Vc´s sabem que precisam encontrar ele em pouco tempo portanto não medirão esforços.
Vc´s ainda não pararam para se alimentar e descansar um pouco.
Vardem não sabe que está sendo seguido e portanto vai parar para montar acampamento normalmente.

Vou pedir 3 testes inicialmente:
1 - um teste de Derin de Navegação (Médio) para ver se consegue retornar ao local onde viram Vardem.
2 - Um teste de Derin de Seguir Trilhas (Médio) para seguir a trilha deixada por Vardem e seu grupo.
3 - Cinco testes de Montaria (Médio) por todos os membros que estiverem conduzindo um cavalo onde:
* cada sucesso marginal (na cor mínima necessária) não modifica a contagem;
* -1 na contagem para cada cor abaixo do mínimo;
* +1 para cada cor acima do mínimo;
* uma falha crítica faz com que vc´s cheguem tarde demais;
* uma sucesso crítico faz com que vc´s cheguem a a tempo;

O total de "pontos" define o que acontece:
* total menor que zero = vc´s chegam tarde demais.
* total igual a zero = vc´s chegam "encima da hora", sem chance para descansar, comer ou planejar.
* total maior que zero = vc´s chegam com tempo para descansar e planejar.

Enviado por: Aurhus - terça-feira, 8 de janeiro de 2013 19:07:39
Teste solicitado(pelo o que entendi é um teste para cada um me corrija se eu estiver errado)

[1d20]

Enviado por: Ares - terça-feira, 8 de janeiro de 2013 19:59:53
Alea jacta est

Enviado por: †_Junior_† - terça-feira, 8 de janeiro de 2013 20:01:49
Creio que Sam esteja na garupa, então não lanço dados?

Enviado por: Vercenorax - quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 09:53:51
Creio que tenha subido na garupa, minhas pernas são curtas para cavalos de grande porte.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 10:06:21
Thiago tenho algumas considerações:

1º Iremos deixar o cavalo ferido para trás. Vamos montar os 5 cavalos nos quais os soldados vinham montando. Logo 1º cavalo: Connor, 2º cavalo Derin e Sam, 3º cavalo: 2 soldados, 4º cavalo: Firiom, 5º cavalo: Glóin.

2º Quanto a alimentação, podemos comer no caminho pão, queijo, frutas e beber.

3º O teste de seguir trilhas, deveria ser fácil.

No manual de regras diz: Fácil - A trilha foi feita há menos de 12 horas;

4º Um teste de montar com uma dificuldade média, Não é muito?

No livro de regras diz: manter o animal sob controle durante um ataque, se este não foi ferido; cavalgar a toda velocidade em uma situação adversa (tempestade pesada, chão levemente escorregadio);

NO meu entendimento deveria ser fácil: fazer o cavalo saltar um obstáculo de até 1 metro de altura; manter a montaria calma durante uma situação de perigo (incêndio próximo, grande
tumulto); cavalgar a toda velocidade...

Queria que reconsiderasse as dificuldades nos testes.

Enviado por: bcsaulo - quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 10:07:32
[1d20] Teste de Cavalgar. Eu estou puxando pelas redeas os cavalos onde estão os dois soldados.

Enviado por: Samyaza - quarta-feira, 9 de janeiro de 2013 23:18:26
BcSaulo, analisando suas considerações:

1ª Não tinha entendido a ordem correta, agora que está mais explicado, vc´s perdem a desvantagem do cavalo ferido mas Glóin precisará fazer o teste e a divisão proposta coloca alguns cavalos com um pouco de peso a mais.

2ª Se alimentar enquanto cavalga é possível mas não é a condição mais favorável para descanso.

3ª A dificuldade dada como exemplo não é fixa, note que na descrição da habilidade o texto deixa claro que outros fatores influenciam e que não foram considerados no exemplo.

4ª Sua afirmação, como todas as outras estão corretas, apenas foram feitas sem considerar outras coisas. No caso de Montar Animais, já que deseja-se que façamos uma interpretação do descrito, o teste será Fácil, porém, em caso de qualquer falha todo o progresso considerado será extinto já que o texto diz:
Citação:
Personagens que falhem em testes nesta Habilidade, não poderão conduzir ou controlar o animal de maneira alguma, na verdade, o personagem é apenas carregado pelo animal, estando mesmo um pouco à mercê deste.


Neste caso, se um personagem falhar vc´s deverão decidir seguir sem ele ou parar junto com ele. Pode ser?

Derin já fez o teste de navegação, de seguir trilhas e de montar animais porém são 5 testes de montar animais cada um, portanto, vc´s podem, cada um rolar 4d20 para resolvermos logo a questão.


Enviado por: Vercenorax - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 10:22:05
Como eu não joguei o primeiro teste, acho que são cinco dados.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 10:53:55
off: Tudo certo.



Enviado por: Aurhus - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 12:59:46
Dados restantes:

Enviado por: Ares - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 13:36:32
Não entendi direito, mas vai o dado

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 14:21:58
Galera o Saulo questionou a necessidade do teste de Montar Animais por achar desnecessário já que há tempo de sobra. Como sou ruim de administração de tempo tive que gastar um esforço pra levantar algumas informações. As anotações de horas estão aproximadas para facilitar o entendimento mas não acho que geram prejuízos. Analisem, se não concordarem questionem quais as mudanças que podem ser feitas para que possamos prosseguir. Infelizmente preciso esperar a opinião de vc´s pq o fracasso em encontrar Vardem pode trazer consequências sérias.

Vamos as notações de tempo:
DIA 1
Connor e Derin viajam em direção a Verrogar (epílogo)
DIA 02
A noite Connor e Derin descobrem que estão sendo seguidos (epílogo)
DIA 3
Connor e Derin preparam armadilhas e combatem os inimigos (epílogo)
DIA 4
Connor e Derin encontram o forte abandonado na fronteira com Verrogar, atravessam a fronteira e 3 horas depois encontram as tropas verrogaris (epílogo)
DIA 5
CONNOR E DERIN
06:00 - Vc´s atravessam a fronteira de volta e entram na floresta
12:00 - post 16 - vc´s encontram Vardem e seu grupo
18:00 - post 27 - vc´s caminham pela floresta
18:30 - post 30 - vc´s encontram o lobo grande, note que nesse post está escrito que vc´s caminham por mais um tempo mas não discrimina quanto tempo.
GLOIN, SAM E FIRIOM
18:40 - post 27 - o grupo de Glóin encontram a coruja
18:45 - post 35 - Sam encontra Derin
19:00 - post 120 - fim do combate contra a criatura e contra os soldados, inicio da perseguição ao soldado fugitivo.
19:05 - post 126 - o soldado é abatido
19:30 - post 173 - fim da discussão sobre o que fazer
DIA 6
02:00 - vc´s chegam ao local onde Derin e Connor encontraram Vardem.
Perceba que do momento em que vc´s encontraram Vardem (12:00) até o momento em que Sam encontra Derin (18:45) vc´s caminharam por 6h:45min e que é aproximadamente esse o tempo que vc´s vão levar até o lugar onde encontraram Vardem ou seja vc´s chegam nesse local
por volta de 02:00 da manhã.

A partir desse ponto começa a real perseguição mas ainda teríamos que saber a quantas horas Vardem esta a frente de vc´s, para isso temos que contar quanto tempo se passou desde que Vardem dividiu o grupo em 2 e descontar o período que eles pararam para descansar:

Vardem separa o grupo 12:00 e vc´s retornam ao local onde essa separação ocorreu as 02:00 da manhã do outro dia, passaram-se então aproximadamente 14 horas.

Considerando que o grupo de Vardem durma por 4 horas sobrariam 10 horas, em 6 horas eles atravessam a fronteira (tempo que Connor e Derin levaram pra atravessar a fronteira e encontrar Vardem), sobrariam 4 horas, em 3 horas eles chegam as tropas (tempo que Connor e Derin levaram depois de atravessar para encontrar a fronteira), sobraria uma hora para a recepção e negociação.

Se considerarmos que o grupo de Vardem durma por 8 horas sobrariam 6 horas, tempo suficiente para atravessarem a fronteira e vc´s terem que gastar mais tempo desviando das patrulhas verrogaris.

Sou péssimo para administração do tempo, esta certa a informação?
BcSaulo, vc acha o teste desnecessário ainda? Temos que considerar tbm que tanto vc´s quanto os cavalos estão cansados.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 20:08:14
off: Na verdade thiago o problema não é o tempo e sim as distancias. Agora que vc definiu horários, queria que vc levasse em consideração duas coisas:

1° Acredito que Vardem não tem nenhum motivo para cavalgar a noite, logo ele deveria procurar acampamento por volta das 18 horas e levantar acampamento por volta das 5 horas do dia seguinte. Logo ficaria parado por pelo menos 11 horas.

2° Não há motivo para que Vardem cavalgue a toda velocidade arriscando uma queda, então ele se moveria a galope algo rotineiro, cerca de 12km por hora? Se nós cavalgarmos a toda velocidade algo em torno de 60 km por hora, percorreríamos cinco vezes a distancia que Vardem percorreu no mesmo período de tempo. Isto é, em uma hora de cavalgada, percorreríamos a distancia de 5 horas percorridas por Vardem.

Então tudo bem em relação aos testes de cavalgar. E caso os cavalos cansem seguiremos a pé.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 20:09:40
off: A proposito preciso jogar cavalgar para conduzir o cavalo dos guardas?

Enviado por: Samyaza - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 21:28:17
Não precisa rolar pro outro cavalo não, quanto a questão do tempo, vou avaliar o que vc disse mas, já adianto que numa viagem dessas geralmente não se para durante tanto tempo além de Vardem deixar claro que tem urgência, portanto o tempo máximo de parada a ser considerado será o de 8 horas.

Enviado por: bcsaulo - quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 22:49:52
Ok. Segue em frente e seja o q deus quiser...

Enviado por: Vercenorax - sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 10:10:42
Esta certo para mim. Está nas mãos do destino.

Enviado por: Samyaza - sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 14:02:02
OFf: BcSaulo, acho que vc estava certo, os testes eram Fáceis (amarelos) eu fiz confusão e esqueci que tinha a dificuldade Rotineira (Branco).

Citação:

Resultados parciais:
GLOIN montar animais 0, tirou 6(-1),4(-1),15(+1),19(+3)=+2
CONNOR montar animais 3, tirou 3(-1),7(-1),5(-1),15(+2)=-1
FIRIOM montar animais 0, tirou 13(+0),14(+1),8(-1),6(-1)=-1
DERIN montar animais 5, tirou 4(-1),14(+1),6(-1),4(-1)=-2
Considerando que ninguém ficou pra trás vc´s chegaram com 2 horas de atraso.


Vc´s cavalgam explorando ao máximo as suas forças e as dos cavalos durante quase 16 horas. Quase no final da manhã vc´s encontram sinais do acampamento de Vardem. A perseguição continua e no final da tarde vc´s atravessam a fronteira com Verrogar.

Por sorte ou pela benção dos deuses vc´s não se deparam com nenhuma patrulha e continuam o galope acelerado e por volta das 19:00 vc´s finalmente se deparam com Vardem e seu grupo.

Connor e Derin sabem que estão bem perto do local onde a tropa está acampada. Vardem cavalga com seu grupo por uma espécie de cânion, o mesmo por onde seguiram Derin e Connor antes de se depararem com a tropa, seus homens estão atentos mas não os viram escondidos na parte elevada do cânion atrás de algumas pedras grandes e obviamente muito pesadas. Vc´s estão cansados, com fome e com sede, mas sabem que não podem perder tempo e precisam decidir logo o que fazer.
avatar
Samyaza
Admin

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 04/10/2013
Idade : 32
Localização : Franco da Rocha / SP

Ficha do personagem
Nome: Robert Locksley
Posto: Segundo Tenente
Especialidade: Franco-Atirador

Ver perfil do usuário http://vingadornegro.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum